São Paulo insiste e aumenta oferta pela terceira vez; Walter segue no aguardo do Corinthians

São Paulo insiste e aumenta oferta pela terceira vez; Walter segue no aguardo do Corinthians

89 mil visualizações 433 comentários Comunicar erro

Walter aguarda diretoria do Corinthians para selar permanência no clube

Walter aguarda diretoria do Corinthians para selar permanência no clube

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

O Corinthians segue com a possibilidade de perder Walter nos próximos dias. A diretoria do São Paulo nega diante dos microfones, mas insiste nos bastidores na contratação do goleiro reserva de Cássio. E a insistência envolve muito dinheiro.

Conforme revelado pela reportagem do Meu Timão, a diretoria do Corinthians não está disposta a liberar Walter. Mesmo assim, o clube do Morumbi aumentou pela terceira vez a oferta salarial ao goleiro, além de oferecer um vínculo de quatro anos. O valor e o tempo de contrato são maiores do que Walter tem neste momento no Parque São Jorge - vínculo atual termina no dia 31 de dezembro de 2019.

Leia também:
'Preocupado', Roberto de Andrade reforça intenção de ir às compras e freia possíveis saídas
Walter se manifesta nas redes sociais e recebe carinho da torcida do Corinthians

Mesmo diante desse cenário sedutor oferecido pelo rival, Walter está disposto a permanecer no Corinthians, clube que o contratou após ser rebaixado no Paulista de 2013 pelo União Barbarense. O goleiro quer apenas que a diretoria alvinegra coloque no papel o que foi acordado verbalmente. Assinar o novo contrato, que terá melhora nos vencimentos e um vínculo mais extenso, encerraria de vez a esperança do São Paulo de tirá-lo do Parque São Jorge.

O empresário do camisa 27, Fernando Garcia, é o mais interessado na transferência, já que possui 80% dos seus direitos econômicos - Timão é dono de apenas 5%. A diretoria do Corinthians, por sua vez, segue irredutível na decisão de não liberá-lo para o rival. E a explicação está no goleiro titular da equipe.

Como Cássio deve ser convocado por Tite para a Seleção Brasileira, Walter será o dono da posição em alguns jogos. Apesar da confiança nos dois pratas da casa - Caíque França e Matheus Vidotto -, a diretoria não quer abrir mão da experiência do seu principal goleiro reserva, de 29 anos.

Walter chegou ao Corinthians em 2013, após se destacar na Barbarense no Estadual. O goleiro atuou em 55 jogos, levando 46 gols. Ele ainda não participou de jogos oficiais em 2017.

Veja mais em: Walter e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Thiaguinho deve ser titular do Corinthians neste sábado

    Sem Jadson, provável escalação do Corinthians tem três mudanças para encarar Vasco

    ver detalhes
  • Cerca de 300 torcedores na porta do CT Joaquim Grava na tarde desta sexta-feira

    Organizada do Corinthians grita contra Andrés e se reúne com jogadores, diretoria e Jair

    ver detalhes
  • Jadson está relacionado para o jogo deste sábado contra o Vasco

    Corinthians relaciona Jadson e outros 22 jogadores contra o Vasco; veja a lista

    ver detalhes
  • Teu passado é uma bandeira. Não aprenderam a lição?

    [Lucas Faraldo] Teu passado é uma bandeira. Não aprenderam a lição?

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes