Pedrinho revela inspiração em Messi, mas freia ansiedade pela titularidade no Corinthians

Pedrinho revela inspiração em Messi, mas freia ansiedade pela titularidade no Corinthians

Por Meu Timão

3.4 mil visualizações 46 comentários Comunicar erro

Pedrinho comemora seu primeiro gol como profissional na partida contra o Patriotas

Pedrinho comemora seu primeiro gol como profissional na partida contra o Patriotas

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A vitória do Corinthians por 2 a 0 sobre o Patriotas, da Colômbia, na noite dessa quarta-feira, pela Copa Sul-Americana, teve como destaque o meia-atacante Pedrinho. Nas redes sociais, muitos torcedores chegaram a comparar o gol do jovem aos de Lionel Messi. E não estavam tão exagerados na empolgação os internautas... Prova disso foi a entrevista coletiva concedida pelo jogador do Timão no fim de tarde desta quinta-feira, no CT Joaquim Grava.

"Sempre fui admirador do futebol do Messi, canhoto, atua nas posições em que atuo. Na concentração assisto aos vídeos dele, tento pegar um pouco dele. O pouco que eu pegar será fundamental para eu desenvolver meu futebol em campo", revelou Pedrinho.

Engana-se, contudo, quem pensa que o sucesso vem subindo à cabeça do jovem. Apesar de ter citado o craque argentino na entrevista, Pedrinho esbanjou humildade ao falar sobre as perspectivas de assumir uma vaga de titular na equipe do técnico Fábio Carille.

"Sou um atleta com a cabeça muito boa, sei que a comissão técnica trabalha para me lapidar da forma certa. Os titulares estão num nível mais acima. Jadson, Rodriguinho, não tem o que falar deles. Tenho certeza de que Carille, Osmar Loss, estão fazendo tudo e me lapidando para entrar na hora certa e ser titular. Hoje, quem joga na minha posição está muito bem. Tem de respeitar", comentou.

Pedrinho saiu do banco de reservas na noite dessa quarta para entrar na vaga de Clayton. Esse, por sua vez, só jogou porque Romero sentiu desconforto muscular e Clayson estava impedido de entrar em campo (já havia disputado a Sul-Americana pela Ponte Preta). O fato de ser, por ora, "último na fila" de Carille não parece incomodar o jovem formado nas categorias de base do Timão. Aos 19 anos, ele explicou o porquê de ainda não estar pronto para assumir a titularidade:

"Por causa da minha parte física, ainda sinto muito as jogadas que exigem muita força. O time do Corinthians tem de ter intensidade. Todos atacam e marcam da mesma forma. Senti mais nessa parte de atacar e defender igual, por isso estou sendo lapidado para pegar mais ritmo, mais força e cumprir bem as funções", argumentou.

Vale lembrar que o técnico Fábio Carille tem uma dúvida no meio de campo para escalar o Corinthians para o jogo deste domingo, contra o Flamengo, pelo Brasileirão. Sem Jadson, entregue ao departamento médico, o treinador não sabe se escala Giovanni Augusto ou Marquinhos Gabriel. A tendência é Pedrinho iniciar o duelo no banco de reservas.

Veja mais em: Pedrinho.

Veja Mais:

  • Corinthians de Fagner sofreu terceiro revés seguido para o Cruzeiro e segue perto do Z4

    Com um a menos de novo, Corinthians perde do Cruzeiro e flerta com rebaixamento

    ver detalhes
  • Douglas recebeu dois amarelos em apenas um minuto e 25 segundos

    Douglas leva dois cartões em menos de dois minutos e Corinthians tem nova expulsão no primeiro tempo

    ver detalhes
  • Pista do Parque São Jorge deve receber o nome 'SkaTimão'

    Corinthians inicia construção de pista de skate no Parque São Jorge

    ver detalhes
  • Gustavo já vem utilizando a estrutura do CT do Corinthians há meses

    Zagueiro que se recupera no CT fala em sonho de jogar no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes