Ídolo da Fiel, Marcelinho Carioca aponta principal responsável pela fase do Corinthians em 2017

Ídolo da Fiel, Marcelinho Carioca aponta principal responsável pela fase do Corinthians em 2017

Por Meu Timão

Marcelinho Carioca defendeu a camisa do Corinthians por oito anos

Marcelinho Carioca defendeu a camisa do Corinthians por oito anos

Foto: Placar/Divulgação/Corinthians

Bom conhecedor do Corinthians, o ex-jogador Marcelinho Carioca distribuiu elogios a ótima fase do time alvinegro na atual temporada. Ídolo da Fiel, o eterno “Pé de Anjo” apontou o principal fator das conquistas da equipe do Parque São Jorge: o técnico Fábio Carille. Para o ex-craque, o treinador merece os louros das atuações corinthianas até aqui, que já soma o taça do Campeonato Paulista de 2017 em sua conta, além da liderança invicta e disparada no Brasileirão.

Isso é fruto de um trabalho, estudado, analisado, do Carille há bastante tempo. Ele tem o grupo na mão. O aluno aprende com o grande mestre. Um ataque eficiente, uma defesa extremamente forte e sólida. A aplicação dos jogadores é impressionante, todos voltam atrás da linha da bola e você vê que o gol do Corinthians sai de um passe errado do Flamengo, e o Balbuena serve o Jô. Trabalho de aplicação tática fora do normal”, contou Marcelinho ao Mesa Redonda, da TV Gazeta.

Leia também:
Caio Ribeiro analisa empate do Corinthians, 'alivia' para Giovanni e vê rodada 'ótima' para o líder
Arana detona arbitragem, dá indireta contra Flamengo e enaltece liderança do Corinthians
Corinthians espera Romero para duelo com Atlético-MG; Marquinhos deve ser desfalque
Atual elenco supera marca de 80 anos e se isola com segunda maior invencibilidade do Corinthians

Ainda ressaltando a postura marcante do time de Carille, sejam quais forem as peças inseridas, o Marcelinho Carioca apontou a personalidade do treinador diante do elenco – mesmo sendo novato na função. No Corinthians há quase nove anos, o então auxiliar técnico da equipe assumiu o comando em dezembro do último ano.

Todo mundo queria que o Romero saísse. Ele manteve. Teve a personalidade de manter o Maycon, que é jovem, de tirar alguns medalhões. E quando auxiliar vai tomar à frente, o jogador pensa; ‘pô, era com aquele que eu tinha mais intimidade, que eu contava as coisas’. Hoje o cara tem que respeitar”, analisou o ex-camisa 7.

“O Carille vem desenvolvendo um bom trabalho dentro das peças que ele tem. Ele consegue fazer um time compacto, sólido e está sendo a sensação. É assim que ele vai chegar. O Corinthians espera muito, começa a enervar os adversários e, quando o adversário erra, o time chega. Não adianta querer o futebol refinado, jogada de drible, lançamento de 20 metros. Ele está muito bem dentro do que é possível fazer com essas peças”, acrescentou.

Depois de empatar por 1 a 1 diante do Flamengo no último domingo, na Arena em Itaquera, o Corinthians segurou a ampla vantagem na liderança do Campeonato Brasileiro. Sem derrotas há 32 partidas nesta temporada, equipe alvinegra conta com 41 pontos na tabela – oito a em relação ao segundo colocado –, com 12 vitórias e cinco empates. O time volta a campo já nesta quarta-feira, quando vai a Belo Horizonte enfrentar o Atlético-MG, às 21h (de Brasília), pela 18ª rodada da competição nacional.

No Corinthians por oito anos, Marcelinho Carioca esteve presente em 433 jogos pelo time alvinegro durante suas três passagens pelo clube. O ídolo corinthiano marcou presença em quatro títulos do Campeonato Paulista (1995, 1997, 1999 e 2001), na Copa do Brasil em 1995, em duas campanhas vitoriosas no Campeonato Brasileiro (1998 e 1999), além do Mundial Interclubes da FIFA, em 2000.

Veja mais em: Ídolos do Corinthians, Fábio Carille e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Pablo não deve enfrentar o Atlético Mineiro no domingo

    [Marco Bello] Pablo não deve enfrentar o Atlético Mineiro no domingo

    ver detalhes
  • Corinthians anuncia uniforme especial para partida contra Atlético-MG

    Corinthians anuncia uniforme especial para partida contra Atlético-MG

    ver detalhes
  • Ralf ergueu troféu do hexa do Brasileirão antes de deixar Corinthians

    Ralf diz que não jogaria em rival do Corinthians, explica saída e opina sobre Gabriel

    ver detalhes
  • Pré-temporada de 2018 teve início nesta semana para jogadores do Timão

    Corinthians se antecipa, e jogadores realizam exames cardiológicos para 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes