Pai de Pedrinho não esconde emoção com narração do gol do filho: 'Chega a arrepiar'

Pai de Pedrinho não esconde emoção com narração do gol do filho: 'Chega a arrepiar'

Por Meu Timão

3.3 mil visualizações 56 comentários Comunicar erro

Pedrinho marcou seu primeiro gol como profissional diante do Patriotas

Pedrinho marcou seu primeiro gol como profissional diante do Patriotas

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Revelado nas categorias de base do Corinthians e mais recente xodó da Fiel, Pedrinho comemorou seu primeiro gol como profissional na última quarta-feira, quando a equipe venceu o Patriotas (COL) por 2 a 0 pela segunda fase da Copa Sul-Americana de 2017, em plena Arena em Itaquera. Pai do meia-atacante e corinthiano de coração, o alagoano Pedro da Silva não conteve a emoção ao ouvir a narração do tento do jovem jogador.

Chega a arrepiar aqui, é uma emoção muito grande. Um gol bem narrado e com um filho fazendo a jogada do gol, acho que não tem o que supera. Você fica nervoso, se arrepia todo, é muito bom de se ouvir uma narração dessa”, comentou Pedro da Silva à Rádio Bandeirantes, após ouvir o gol de Pedrinho na voz do narrador Ulisses Costa. “Cada minuto que passa escutando essa narração, a gente fica mais arrepiado. Sei lá, não tem explicação não”, acrescentou o pai do jogador.

Natural de Viçosa, no interior de Alagoas, Pedro da Silva segue vivendo com a família em Maceió enquanto Pedrinho defende o Corinthians em São Paulo. Aos 56 anos de idade, trabalha como maqueiro em um hospital público da região e fez questão de ressaltar o orgulho por sua profissão. “Eu ganho 1.100 reais, sou funcionário público, trabalho na sala de emergência. Aqui chamam de maqueiro, quando o paciente chega tem que passar por mim”, contou o pai do meia-atacante.

A gente trabalha com amor, gosto muito de fazer o que faço. Sempre podendo ajudar quem precisa de mim. Então, eu fico muito feliz pelo que eu ganho”, completou.

O pai do jovem de 19 anos revelou também onde comemorou o primeiro gol do meia-atacante como profissional do Timão. Ao contrário do filho, que celebrou o feito no Burger King – e faturou um belo brinde, após o assunto ser alvo de brincadeiras com o zagueiro Pedro Henrique –, Pedro da Silva contou que viu o golaço em casa, ao lado da filha Luana Vitória.

“Eu estava em casa com a minha filha, Luana Vitória, que joga futebol também. Era a noite e muita família mora um pouco longe, mas vamos comemorar junto daqui a pouco”, contou. “Eu só tenho esses dois filhos, que é um presente que Deus me deu. Sempre sonhei em ter um filho jogador e Deus tá me proporcionando isso, um garoto aí no meu time do coração”, acrescentou.

Promovido à equipe do técnico Fábio Carille em fevereiro deste ano, após a conquista do título da Copa São Paulo de Futebol Júnior em janeiro, Pedrinho caiu nas graças da Fiel. Seguindo como reserva no elenco, o meia-atacante tem seu nome na boca no torcedor corinthiano, que sempre se anima com a entrada do jovem em campo.

Quando a torcida começa a gritar, eu tenho certeza que é o Pedrinho que vai entrar. Fico ansioso para ver ele entrar logo e a família fica ligando direto, o telefone não para. Eu fico muito emocionado, é uma felicidade pura. [...] Não tem coração não para aguentar esse apoio de todo mundo para ele”, ressaltou Pedro da Silva quanto ao apoio da torcida alvinegra.

Veja mais em: Pedrinho e Copa Sul-Americana.

Veja Mais:

  • Carille, Fagner e Jadson durante o último treino aberto à torcida na Arena Corinthians

    Treino na Arena Corinthians pré-Dérbi será aberto para a torcida

    ver detalhes
  • Carille mandou treino desta quinta, mas optou por fazê-lo sem a presença da imprensa

    Carille fecha parte do treino e faz mistério com escalação do Corinthians para Dérbi

    ver detalhes
  • Antonio Roque Citadini quase não concorreu na eleição de fevereiro

    Citadini lamenta sobre eleição no Corinthians: 'Uma campanha sangrenta me tirou as chances'

    ver detalhes
  • Jean (ao centro) deve sair; lateral Romão também não convenceu comissão técnica

    Entenda por que diretoria do Corinthians ainda não se desfez de jogadores 'encostados' do elenco

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes