Dupla Jodriguinho brilha, e líder Corinthians vence Atlético-MG no Mineirão pelo Brasileirão

Corinthians Corinthians 2 x 0 Atlético-MG Atlético-MG

Brasileirão 2017

Dupla Jodriguinho brilha, e líder Corinthians vence Atlético-MG no Mineirão pelo Brasileirão

Jogadores do Timão fizeram a festa no Mineirão, com vitória sobre o Atlético-MG

Jogadores do Timão fizeram a festa no Mineirão, com vitória sobre o Atlético-MG

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Noite de surpresa para as muitas pessoas que, há poucos meses, apontavam Atlético-MG como favorito ao título do Brasileirão e Corinthians como candidato à parte do meio da classificação. Com gols de Jô e Rodriguinho, o Timão de Fábio Carille não deu chances para os donos da casa e venceu por 2 a 0, no Mineirão, nesta quarta-feira, pela 18ª rodada.

Com o resultado, o Corinthians chegou à incrível marca de 44 pontos conquistados em 54 disputados. São 81,5% de aproveitamento, com 28 gols marcados e apenas oito sofridos. O Timão manteve assim os oito pontos de "gordura" para o vice-líder Grêmio, que também venceu na rodada, fazendo 1 a 0 para cima do Atlético-GO, em Goiânia.

Chama atenção ainda o fato de Jô balançar as redes pela segunda partida consecutiva, haja vista ele ter sido o autor do tento alvinegro no empate em 1 a 1 com o Flamengo, domingo passado. Agora com 11 gols passadas 18 rodadas, o camisa 7 é o artilheiro isolado da competição, deixando Lucca (10), da Ponte Preta, para trás.

Em tempo: o Corinthians subiu ao gramado sem três de seus titulares. Pablo, Jadson e Romero, entregues ao departamento médico, foram baixas. Assim, o Timão foi escalado com: Cássio; Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Giovanni Augusto, Rodriguinho e Clayson; Jô.

Vale lembrar que o Corinthians já volta a campo no próximo sábado. Os comandados de Fábio Carille recebem o Sport na Arena, em duelo marcado pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro. O Timão, cabe ressaltar, vive a expectativa de encerrar de forma invicta a primeira metade da competição.

Primeiro tempo

O primeiro tempo começou marcado por muita disputa pela bola no meio de campo. Corinthians e Atlético-MG se estudavam demais e criavam chances de gol de menos.

A primeira das raras oportunidades de abrir o marcador foi do Atlético-MG. Cazares soltou a bomba da entrada da área e obrigou Cássio a fazer boa defesa em dois tempos, evitando que Rafael Moura ficasse com o rebote.

Depois, foi a vez de o Corinthians responder. Jô foi lançado por Rodriguinho e disparou em velocidade. O camisa 7 dividiu com Pablo, venceu e arriscou a batida. A bola passou à direita do gol de Victor.

Não demorou muito para os mandantes assustarem novamente. Marcos Rocha, lá do campo defensivo, fez belo lançamento visando Cazares. O equatoriano dominou muito bem, saiu à frente da zaga corinthiana e bateu forte. A bola estufou as redes pelo lado de fora.

Aos 30 minutos, não teve jeito: placar inaugurado. E o gol foi do Timão! Fagner tabelou com Rodriguinho e disparou pela direita, cruzando bola rasteira. Maycon tentou dominá-la e finalizar. A pelota acabou saindo mascada e sobrou nos pés de Jô. Bem posicionado, o artilheiro deu um toque simples para "matar" Victor e balançar as redes.

Jô voltou a balançar as redes

Jô voltou a balançar as redes

Reprodução/TV

Segundo tempo

A etapa complementar começou do jeito mais previsível possível: o Atlético-MG, tentando fazer valer o mando de campo, pressionando o Corinthians no campo defensivo dos visitantes; o Timão, apostando nos contra-ataques, tentando aumentar a vantagem no marcador.

Neste cenário, foi o Corinthians quem criou a primeira chance de gol. Aos 13 minutos, Rodriguinho recebeu bola preciosa de Fagner e soltou a bomba. Victor fez grande defesa e, no rebote, Maycon chutou para fora, perdendo oportunidade inacreditável de balanças as redes.

Aos 21 minutos, foi a vez de o Atlético-MG retribuir o susto. Fábio Santos cruzou, Guilherme Arana errou o tempo da bola, e Robinho ficou frente a frente com Cássio. O atacante, porém, perdeu grande chance, finalizando à direita do gol de Cássio.

Em um momento no qual o técnico adversário, Rogério Micale, já havia feito suas três substituições, Carille decidiu mexer pela primeira vez: sacou Giovanni Augusto, que não viveu grande noite, e colocou em campo Camacho.

A mudança não surtiu muito efeito. O Atlético-MG seguiu ditando o ritmo da partida no segundo tempo. Aos 30 minutos, Cazares limpou a marcação corinthiana e, de fora da área, bateu cruzado. Cássio caiu e fez defesa segura.

Assim como aconteceu nos primeiro tempo: quem não faz toma! Em contra-ataque mortal, Camacho deu bom passa para Maycon, que enfiou bola cirúrgica na grande para Clayson. O atacante, de primeira, rolou para Rodriguinho. O meia teve calma para dar um drible "seco" no marcador, deslocar Victor e balançar as redes, sacramentando o placar aos 36 minutos.

Rodriguinho fechou o caixão do Atlético-MG no Mineirão

Rodriguinho fechou o caixão do Atlético-MG no Mineirão

Reprodução/TV

Houve tempo ainda para Carille promover as entradas de Kazim e Fellipe Bastos nas vagas de Jô e Rodriguinho, heróis da noite. Nada que alterasse o seguinte fato: o Timão venceu o Atlético-MG fora de casa e segue mais favorito do que nunca na luta pelo heptacampeonato brasileiro.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro, e Rodriguinho.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Atlético-MG

  • 1000 caracteres restantes