Gabriel vê Corinthians perto do título brasileiro, mas afirma: 'Temos 19 finais pela frente'

Gabriel vê Corinthians perto do título brasileiro, mas afirma: 'Temos 19 finais pela frente'

Por Meu Timão

Para Gabriel, Corinthians segue no caminho certo rumo ao título do Brasileirão

Para Gabriel, Corinthians segue no caminho certo rumo ao título do Brasileirão

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Mesmo com o Corinthians com líder disparado e invicto no Campeonato Brasileiro, Gabriel não desvencilha a atenção “jogo a jogo” da equipe alvinegra. O volante garantiu que vê o Timão forte e no caminho certo para o sétimo título na competição nacional, mas ponderou afirmando que o time de Fábio Carille segue focado nas 19 rodadas que ainda irá disputar no torneio.

“Estamos no caminho certo espero que esse título venha para gente. Mas como nós mesmos dizemos, são mais 19 partidas, temos 19 finais pela frente”, comentou Gabriel em entrevista à ESPN Brasil.

O Corinthians foi campeão do primeiro turno do Brasileiro como time com melhor desempenho em um único turno desde o início da era dos pontos corridos. A equipe conta com 47 pontos somados na tabela, oito a mais em relação ao vice-líder Grêmio. Foram 14 vitórias e cinco empates, com um aproveitamento de 82,5%. O time não perde há 34 partidas em 2017, o segundo mais índice de invencibilidade da história.

Leia também:
Apoiando 'profecia', jornalista aposta que Grêmio passa Corinthians e leva o título do Brasileirão
Convocações começam a atingir Corinthians nesta quinta; seis jogadores estão cotados
Mais gols do que faltas? Jogadores do Corinthians ainda repercutem marca: 'Louvável'

Ainda assim, para Gabriel, o Timão deve seguir buscando uma evolução. “A gente tem a evoluir. A gente tem até uns exemplos, durante algumas partidas o nível de concentração baixou, o segundo tempo contra o Flamengo. A equipe deixou baixar e nos vimos que podia dar uma coisa pior. A cobrança é sempre disso, poder melhorar. Chega no outro dia o Carille conversa com cada um, se precisar. Então a cobrança é diária para a evolução. E também para manter, isso é indiscutível, a equipe líder no campeonato, se nós conseguimos manter seremos campeões”, analisou.

Desacreditado no início da temporada, o Corinthians vem respondendo à altura as críticas que recebeu. A equipe veio de um 2016 abaixo do esperado, mas vem mostrando força sobre o comando do técnico Fábio Carille, que até então atuava como auxiliar do clube. O time foi campeão paulista pela 28ª vez neste ano e se vê cada vez mais próximo do título do Brasileirão.

“Acredito que desde o início (sabíamos da capacidade do time). Nos internamente conversamos e sabíamos da nossa qualidade. Ficamos com o pés no chão, deixamos falarem, mas nos ali dentro sabíamos que tinha condições de liderar ser campeão. Até porque a camisa do Corinthians é pesada. Acho que faltou um pouco de respeito com o Corinthians. Os jogadores que chegaram viam de uma maneira, mas essas coisas guardamos e deixamos de lado. Sabíamos que podíamos ser campeões, pela qualidade do grupo, pela qualidade e pela camisa”, finalizou o volante.

Veja mais em: Gabriel e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Carille viu seu time tropeçar de novo no segundo turno do Campeonato Brasileiro

    Chances de título do Corinthians seguem caindo; matemáticos colocam arquirrival de vez na briga

    ver detalhes
  • Fotos marcantes da Arena Corinthians com Bruno Teixeira

    SAUDAÇÕES CORINTHIANAS: Fotos marcantes da Arena Corinthians com Bruno Teixeira

    ver detalhes
  • Livro dá chance para torcedores participarem de aula de fotografia na Arena Corinthians

    Workshop de fotografia na Arena é uma das recompensas para quem apoiar o livro do estádio

    ver detalhes
  • Cássio foi mais uma vez chamado por Tite

    Cássio é convocado por Tite e desfalca Corinthians em até três jogos no Brasileirão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes