Jô descarta oba-oba diante do Vitória e projeta reação de adversários no Brasileirão

Jô descarta oba-oba diante do Vitória e projeta reação de adversários no Brasileirão

Por Meu Timão

Jô, em ação no treinamento desta quinta-feira

Jô, em ação no treinamento desta quinta-feira

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Na tarde desta quinta-feira, o Corinthians voltou a trabalhar no CT Joaquim Grava, visando a partida diante do Vitória, no próximo sábado, em confronto que sela a estreia do Timão no segundo turno do Campeonato Brasileiro. Depois do treinamento, o atacante Jô concedeu entrevista coletiva e comentou sobre as circunstâncias distintas em que as duas equipes se enfrentam, descartando clima de oba-oba diante do adversário que figura a zona de rebaixamento do Nacional.

''Cada jogo gera uma expectativa muito grande. A circunstância hoje mostra o Corinthians líder e um Vitória na parte de baixo, mas venceu o Flamengo, jogou muito bem. Não podemos entrar nesse oba-oba, não é assim. Vamos começar o turno com a mesma seriedade. E agradeço as escalações no Cartola, é pelo meu trabalho, mas deixo do lado de fora'', afirmou.

Leia também:
Jô diz que Corinthians tem nova preocupação com início do segundo turno
Blogueiros apostam em quem pode quebrar invencibilidade do Corinthians
Apresentado no Barcelona, corinthiano Paulinho diz não temer pressão: 'Estou preparado'

Os comandados do técnico Fábio Carille encaram a equipe rubro-negra envoltos à circunstâncias distintas. Enquanto o coletivo alvinegro segue na liderança isolada do Brasileirão com 47 pontos ganhos, os jogadores de Vagner Mancini amargam a 19ª colocação, totalizando 19 pontos. Diante de tal aspecto, o camisa 7 do Timão projetou uma possível estratégia de reação dos times que estão na temível Z4.

''O campeonato agora começa a apertar um pouco. Quem está em cima tem a pressão de ganhar, e quem está lá embaixo precisa se safar. É procurar estudar, nossa equipe tem êxito nisso. As equipes que estão lá embaixo não vão se fechar tanto porque estão em uma zona desconfortável. Acho que vão arriscar um pouco mais, temos de explorar'', contou.

''Temos de pensar em nós. Procuro colocar isso dentro do grupo, de não ficar olhando para trás. Temos de ganhar nossos jogos e somar o maior número de pontos. Se o outro tropeçou ou ganhou, temos de fazer o nosso. É esse o pensamento. Deixar de se preocupar com os outros, e sim com nossa equipe'', finalizou.

Corinthians e Vitória se enfrentam neste sábado, na Arena de Itaquera, às 16h, em partida válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Vale ressaltar que o time do Parque São Jorge se mantém invicto no Nacional, somando 34 partidas de invencibilidade na temporada.

Veja mais em: e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Marquinhos Gabriel é aposta do Corinthians para triunfar em território hostil. Vale a aposta?

    Contra o Racing, Corinthians decide classificação às quartas da Sul-Americana

    ver detalhes
  • Carille conduziu trabalho do Timão no estádio Presidente Perón

    Carille explica mudanças no Corinthians e pede 'jogo inteligente' por vaga

    ver detalhes
  • Jô falou com a imprensa nesta terça-feira já na Argentina

    Jô admite toque no braço, nega trapaça e abre o jogo sobre polêmica no Corinthians

    ver detalhes
  • Apresentadora Renata Fan fez analogia infeliz com polêmica envolvendo Jô

    Renata Fan compara Jô a 'ladrão' e revolta torcida do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes