Pedro Henrique aponta retranca de adversário na Arena e defende atuação de Moisés

Pedro Henrique aponta retranca de adversário na Arena e defende atuação de Moisés

Por Meu Timão

Pedro Henrique foi titular na derrota de 1 a 0 do Corinthians diante do Atlético-GO

Pedro Henrique foi titular na derrota de 1 a 0 do Corinthians diante do Atlético-GO

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Neste sábado, o líder Corinthians foi surpreendido pelo lanterna do Campeonato Brasileiro, o Atlético-GO, e deixou a Arena em Itaquera com uma derrota de 1 a 0, pela 22ª rodada da competição. Entre os jogadores reservas que ganharam uma oportunidades na equipe titular de Fábio Carille, o zagueiro Pedro Henrique ressaltou a postura defensiva do adversário e lamentou as dificuldades de finalização do Timão.

Fizeram gol e ficaram trancados lá atrás. Fizeram duas linhas de quatro, com o Walter voltando as vezes. Infelizmente, tivemos dificuldades, mas tivemos oportunidades também. No primeiro turno fomos cirúrgicos, mas nestes dois jogos não fomos. Eles se trancaram e conseguiram sair daqui com os três pontos”, comentou o zagueiro.

No topo do Brasileirão, com 50 pontos, a equipe alvinegra encarou o último colocado da tabela tentando ampliar sua vantagem sobre o vice-líder Grêmio. Contudo, o Corinthians não passou pela retranca do Atlético-GO e pecou na repetição de cruzamento na tentativa da infiltração na área. O visitante acabou saindo de Itaquera vitorioso com um gol de Gilvan, aos dois minutos do segundo tempo, após uma cobrança de escanteio.

É uma bola que a gente não costuma tomar gol, Carille costuma trabalhar isso. Ficamos tristes, todos nós. Agora é levantar a cabeça, trabalhar mais como o Carille vem trabalhando, como a gente vem trabalhando para não tomar gols bobos”, lamentou Pedro Henrique.

Leia também:
Pablo se diz tranquilo mesmo sem a renovação do contrato com o Corinthians
Kazim, após derrota do Corinthians: 'Quando um homem comete erros, precisa pedir desculpa'
Volante do Corinthians fala em 'sinal de alerta' após segunda derrota seguida em casa

Diante do Atlético-GO, o Corinthians entrou em campo com quatro desfalques em sua equipe titular: os atacantes Jô e Romero, suspensos da partida por conta do acúmulo de cartões amarelos, o zagueiro Balbuena e o lateral-esquerdo Guilherme Arana, que se recuperam de lesões musculares. Para as posições, Carille optou pela entrada de Kazim e Clayson, na frente, o defensor Pedro Henrique, como dupla de Pablo na zaga, e o Moisés, na esquerda.

O lateral-esquerdo acabou sendo substituído pelo treinador alvinegro, durante o segundo tempo, para a entrada do atacante estreante Carlinhos. Ressaltando o preparo de todo o elenco do Timão, Pedro Henrique defendeu a atuação do companheiro de equipe. “A gente tem que estar preparado para tudo. O campeonato é longo, índice de lesão e cartões é alto. Todos tem que estar preparados. O Moisés, na minha opinião, não fez um mal jogo, jogou bem. Mas o professor Carille optou pela substituição”, disse o defensor.

“Não se deve comparar com ninguém, o Arana tem suas habilidades e conquistas que vieram com o tempo. Cada um tem sua forma de jogar, não deve comparar ninguém. Quem entrar tem que dar conta do recado e é assim que o professor Carille pede”, completou.

Com o resultado deste final de semana, o Corinthians soma duas derrotas seguidas como mandante, sendo a última delas contra o Vitória pelo placar de 1 a 0. Pelo segundo turno do Brasileirão, a equipe alvinegra chegou a vencer a Chapecoense por 1 a 0, na última quarta-feira, em Santa Catarina, pelo jogo adiado da 20ª rodada da competição nacional.

“Acho que o Campeonato Brasileiro é muito difícil. Infelizmente, perdemos esses pontos, mas temos total condição de buscar lá fora. Já demonstramos isso no primeiro turno, já demonstramos em Chapecó, a gente tem condições de buscar na casa dos adversários. É confiar no nosso trabalho como a gente vem confiando, manter o pézinho no chão, pensar no Santos e buscar os três pontos lá”, analisou o zagueiro.

Veja mais em: Pedro Henrique, Moisés, Fábio Carille e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Pablo não tem permanência assegurada no Timão para a próxima temporada

    Fim da paciência: Corinthians dá ultimato e cobra resposta de empresário de Pablo

    ver detalhes
  • Corinthians anuncia uniforme especial para partida contra Atlético-MG

    Corinthians anuncia uniforme especial para partida contra Atlético-MG

    ver detalhes
  • Ralf ergueu troféu do hexa do Brasileirão antes de deixar Corinthians

    Ralf diz que não jogaria em rival do Corinthians, explica saída e opina sobre Gabriel

    ver detalhes
  • Pré-temporada de 2018 teve início nesta semana para jogadores do Timão

    Corinthians se antecipa, e jogadores realizam exames cardiológicos para 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes