Goleiro titular na Seleção Brasileira, Alisson comenta concorrência com Cássio na posição

Goleiro titular na Seleção Brasileira, Alisson comenta concorrência com Cássio na posição

Por Meu Timão

3.9 mil visualizações 34 comentários Comunicar erro

Cássio foi convocado pelo técnico Tite e representa o Timão na Seleção Brasileira

Cássio foi convocado pelo técnico Tite e representa o Timão na Seleção Brasileira

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Um dos representantes do Corinthians na atual convocação à Seleção Brasileira, o goleiro Cássio integra a equipe de Tite concorrendo por uma vaga entre os titulares. O gol verde e amarelo tem sido defendido por Alisson, da Roma (ITA), desde a temporada de 2015, quando o time ainda era comandado por Dunga. Destacando a confiança no seu próprio desempenho, o arqueiro titular afastou problemas com a disputa pela posição.

“Sempre confiei muito no meu trabalho. Claro que acompanho o futebol brasileiro, os outros goleiros. Gosto de olhar e sempre aprender com os outros, ver os erros e acertos, acho importante como parte da avaliação. Não sinto medo em relação a isso (perder a vaga), porque eu faço meu trabalho, independente de 30, 40 ou 10 partidas no ano, sempre fiz muito bem feito o meu trabalho e isso me deixou tranquilo”, comentou Alisson em entrevista ao Uol Esporte.

Leia também:
Cássio fala como goleiro da Seleção e abre o jogo sobre disputa com Alisson
Dupla do Corinthians já se apresenta à Seleção Brasileira; veja programação

Se eu tivesse cometido algum erro, talvez teria medo ou insegurança, mas fazendo as partidas que tive e bem feitas, isso me trouxe segurança e ao mesmo tempo e um pouco de tranquilidade para seguir meu trabalho. Sigo respeitando os outros goleiros, o Brasil está muito bem servido, com certeza. A gente vê a mídia falando bastante deles, mas sempre faço meu trabalho”, completou.

Apresentando um grande desempenho nesta temporada, Cássio foi um dos nomes mais aguardados na lista de Tite. O camisa 12 chegou a receber visitas de Taffarel, preparador de goleiros da Seleção, durante seus treinos no CT Joaquim Grava, antes da confirmação de seu nome entre os jogadores convocados. Vale lembrar que a vaga como goleiro titular na equipe não está definida e pode mudar até a disputa da Copa do Mundo da Rússia em 2018.

Cássio já integrou o time verde e amarelo em 2015, sob o comando do técnico Dunga, para a disputa das Eliminatórias. Relembrando o encontro com o goleiro corinthiano na ocasião, Alisson ressaltou o ótimo trabalho demonstrado pelo jogador neste ano e comentou o desempenho de outros goleiros em ascensão no Brasil – como o santista Vanderlei, que ficou de fora da lista de convocados.

Leia também: Preparador da Seleção lista motivos que fizeram corinthiano Cássio voltar a ser convocado

Já tive oportunidade de ser chamado junto com o Cássio na época do Dunga. Eu o conheço, é uma grande pessoa e profissional, com muitas conquistas no futebol e que agora faz um ótimo trabalho no Corinthians com o time à frente dos outros, jogando muito bem, sendo consistente atrás e fazendo uma grande campanha no Brasileiro. O Cássio dispensa palavras, se foi chamado é porque merece. O Vanderlei também, mas infelizmente são só três vagas e não se pode chamar todo mundo. Importante é o goleiro estar da melhor maneira para quem for entrar”, finalizou.

Além de Cássio, o lateral-direito Fagner também representa o Corinthians no elenco da Seleção Brasileira. Os jogadores se apresentaram à equipe nesta segunda-feira, para dar início a preparação para os confrontos ante Equador e Colômbia, nos dias 31 de agosto e 5 de setembro, pelas Eliminatórias Sul-Americanas à Copa do Mundo.

Veja mais em: Cássio e Corinthianos na Seleção.

Veja Mais:

  • Renan Areias (no centro) está no Corinthians desde os seis anos de idade

    Corinthians empresta capitão do Sub-20 para o Red Bull Brasil

    ver detalhes
  • Fessin já marcou três gols pelo Corinthians no Paulista Sub-20

    Fessin marca, Corinthians vence no Paulista Sub-20 e diminui distância para rival

    ver detalhes
  • Corinthians fechou a primeira fase na liderança e invicto no Paulista Feminino

    Corinthians vence Portuguesa e fecha primeira fase do Paulista Feminino líder invicto

    ver detalhes
  • Corinthians de Ronaldo foi eliminado pelo Tolima em 2011 e mesmo assim Tite seguiu como técnico

    Tite/11 x Loss/18: diferenças e semelhanças entre as crises corinthianas comparadas por Andrés

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes