Jogador que mais atuou pelo Corinthians, Wladimir completa 63 anos

Jogador que mais atuou pelo Corinthians, Wladimir completa 63 anos

Por Meu Timão

Ídolo da fiel, Wladimir soma 805 jogos pelo Corinthians

Ídolo da fiel, Wladimir soma 805 jogos pelo Corinthians

Foto: Foto: Lemir Martins/Placar

Nesta terça-feira, o ídolo da fiel torcida Wladimir Rodrigues da Silva, popularmente conhecido apenas como Wladimir, completa 63 anos de idade. Cria do terrão, o ex-lateral-esquerdo recebeu a sua primeira chance de atuar pelo Timão em 1972. Começava aí a carreira do jogador que mais defendeu a camisa alvinegra, totalizando 805 partidas ao longo dos 15 anos em que fez parte do plantel corinthiano.

Mesmo tendo feito a sua estreia em 1972, durante excursão do Timão pela Europa, Wladimir só se firmou no elenco principal do time do Parque São Jorge no ano seguinte. Dono de espírito de luta e técnica inconfundíveis, o ex-defensor não tardou a cair nas graças da torcida. Como raramente se machucava ou recebia cartões vermelhos, o atleta ostenta outra marca importante à frente do Corinthians: é dono da maior sequência de jogos disputados ininterruptamente, com um total de 163 embates.

Campeão paulista da emblemática campanha de 1977, foi o corinthiano que, de cabeça, exigiu grande defesa do zagueiro Oscar, da Ponte Preta, antes de Basílio, colega de equipe, marcar para dar ao Timão a vitória histórica que o tirou de uma fila de 23 anos sem faturar nenhum título. O ex-lateral também fez parte das conquistas estaduais de 1979, 1982 e 1983.

Leia também:
Pablo revela bastidores do pedido de desculpa de Kazim aos companheiros de Corinthians
Emissora vê Guerrero 'no auge' em rival e vira chacota de torcedores do Corinthians
Léo Santos revela assistir a vídeos de zagueiro ex-Corinthians antes dos jogos: 'Meu ídolo'

Tendo deixado o Corinthians em definitivo no ano de 1987 - antes, deixou o grupo preto e branco para defender as cores do Santo André e da Ponte Preta - partindo, então, para o Cruzeiro, o ex-jogador, além de deter 805 partidas, marcou presença em 372 vitórias, 256 empates e 177 derrotas. Balançou as redes em 32 oportunidades.

Democracia Corinthiana - Além de sua importância dentro dos gramados, Wladimir ficou marcado na história alvinegra por fazer parte, ao lado de nomes como Sócrates e Walter Casagrande, da Democracia Corinthiana - , movimento em que todos, independente de cargo e função, tinham o mesmo peso nas decisões tomadas pelo clube.

Vale ressaltar que, integrando-se ao time de colunistas do Meu Timão em abril, Wladimir tem três textos publicados no site.

Veja mais em: Ídolos do Corinthians.

Veja Mais:

  • Zé Rafael, de 24 anos, tem contrato com o Bahia até 2020

    Corinthians reforça interesse em Zé Rafael, mas tem de esperar até 9 de dezembro; entenda

    ver detalhes
  • Carille quer contar com seu reserva imediato em 2018

    Permanência de Walter é desejo de Carille, mas técnico já tem plano B em caso de saída

    ver detalhes
  • Na Série B do Brasileirão pelo Internacional, Leandro Damião entrou na mira do Timão

    Corinthians inicia sondagem sobre centroavante do Internacional

    ver detalhes
  • Timão monitorava situação de Roger, em fim de contrato no Botafogo

    Alvo do Corinthians, centroavante Roger fecha com clube gaúcho

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes