Corinthians lança máquina de cartões e projeta receita de R$ 50 milhões

Corinthians lança máquina de cartões e projeta receita de R$ 50 milhões

Por Meu Timão

6.5 mil visualizações 49 comentários Comunicar erro

Jadson, Fagner e Gabriel posam com marca da Fielzinha

Jadson, Fagner e Gabriel posam com marca da Fielzinha

Rodrigo Coca/Divulgação

O departamento de marketing do Corinthians anunciou nesta terça-feira a retomada do projeto Fielzinha, máquina de cartões de crédito e débito do clube. A entrada do Timão no ramo de meios de pagamento se dá pela parceria com a empresa Innova Capture, firmada ainda em 2015. Para o diretor de marketing alvinegro Fernando Sales, o negócio, inédito considerando times de futebol, faz parte da estratégia do departamento para alavancar as receitas da equipe paulista.

“Trabalhamos para criar novas oportunidades de negócios e, consequentemente, fontes de receita para o Corinthians. O projeto da Fielzinha, realizado em parceria com a Innova, foi reformulado e tem grande potencial. O clube acredita no sucesso do produto e trabalhará, junto com a empresa, para que se torne realidade”, declara Sales.

Leia também:
Marketing do Corinthians prepara lançamento de plataforma interativa; entenda
Novamente sem acordo, Corinthians e Caixa encerram negociações por patrocínio master

Parte de todas as transações realizadas em cada máquina ativa no mercado será destinada ao Corinthians. Dessa maneira, o Timão espera embolsar, somente nos cinco primeiros anos, R$ 50 milhões (média de R$ 10 milhões por temporada).

“A construção do modelo de negócio teve suas particularidades e foi preciso um período maior do que havíamos planejado. O projeto segue sendo inovador e consiste em levar ao lojista, seja ele corinthiano ou não, uma máquina com opções mais vantajosas do que as que já estão no mercado. O Corinthians receberá um percentual sobre todas as vendas efetuadas pela Fielzinha, sem limite de valor. Enquanto a máquina estiver sendo usada, o clube participará da receita e poderá expandir os lucros exponencialmente, assegurando orçamentos através de fonte de renda recorrente e sustentável”, explica o sócio-proprietário da companhia Vagner de Moraes.

Leia também: Jogadores já usam a nova terceira camisa do Corinthians no CT Joaquim Grava

Para atrair comerciantes e clientes, o clube promete proporcionar visitas ao CT Joaquim Grava e à Arena Corinthians, camisas autografadas, entre outras ações de marketing.

O produto Corinthians estará diretamente ligado à indústria dos meios de pagamento, que representa um dos modelos de negócio mais sério, regulamentado e respeitado do mundo. Isso, com certeza, irá potencializar, ainda mais, a imagem do clube”, conclui Moraes.

Veja mais em: Ações de marketing.

Veja Mais:

  • Uendel, um dos alvos do Corinthians, tem 30 anos; 11 a mais que o atual titular Carlos Augusto

    Corinthians aumenta 'filtro de idade' em buscas indicadas por Carille no mercado da bola

    ver detalhes
  • Memórias do Japão

    [Rafael Castilho] Memórias do Japão

    ver detalhes
  • Carille retornou da Arábia Saudita para assumir o Corinthians em 2019

    Com festa da Fiel, Carille desembarca no Brasil e fala pela primeira vez sobre retorno ao Timão

    ver detalhes
  • Carille explicou perfil de contratações indicadas à direção alvinegra

    Sem estrelas: Carille traça perfil de contratações do Corinthians e rasga elogios a Ramiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes