Para Marquinhos Gabriel, derrotas do Corinthians servem de aprendizado para manter a liderança

Para Marquinhos Gabriel, derrotas do Corinthians servem de aprendizado para manter a liderança

1.2 mil visualizações 31 comentários Comunicar erro

Marquinhos é uma das peças mais utilizadas por Carille

Marquinhos é uma das peças mais utilizadas por Carille

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Embora não figure o time considerado ideal por Fábio Carille, Marquinhos Gabriel tem sido um dos jogadores mais utilizados durante o Campeonato Brasileiro - são 14 partidas disputadas. Mesmo saindo do banco nas duas derrotas alvinegras na competição, o meia conseguiu tirar lições das partidas e aprendizados que devem servir para dar continuidade a excelente campanha do Timão.

"Se aprende muito. A dor pela derrota é imensa. Tudo que fizemos até aqui na temporada, porém, não pode passar despercebido. Fizemos bons jogos, até contra o Atlético-GO, que a bola acabou não entrando. Então o que a gente tem feito não pode deixar de ser visto. Precisamos manter nosso trabalho, que vem sendo bem feito. A gente perdeu do Vitória e buscou fora contra a Chapecoense. Então agora é buscar contra o Santos", explicou o camisa 31 em coletiva concedida após o treino desta quarta-feira.

"Tem um pouquinho do mérito da outra equipe. Tivemos alguns errinhos que podem ser consertados, mas o goleiro do Atlético-GO pegou tudo no jogo também. Então tem bastante mérito da equipe. Não estou tirando responsabilidade da nossa equipe. Estamos trabalhando nesses detalhes para não errar mais, bola parada, questões de ansiedade depois de tomar gol", completou.

Leia também:
Marciel assume lateral esquerda, e Corinthians vence Sub-20 em jogo-treino no CT
Corinthians perde um jogador, mas mantém domínio na seleção Bola de Prata do Brasileirão
Carille rasga elogios a Léo Santos e projeta joia do Corinthians entre os melhores do Brasil

Mesmo com os dois resultados negativos, o Timão lidera bem o Campeonato Brasileiro. Até aqui, Carille e seus comandados sustentam dez pontos de vantagem para o Grêmio, segundo colocado - vale lembrar que os gaúchos tem um jogo a menos. A distância, no entanto, não pode atrapalhar. Como comprovam os jogos contra Vitória e Atlético-GO, qualquer ponto a menos faz falta no balanço final.

"É manter a concentração, né? A gente tem conversado muito sobre isso. É jogo a jogo. Manter o desempenho. Não podemos deixar coisas de fora entrarem no nosso grupo, que está excelente o ambiente. Não são duas derrotas que vão abalar nosso ambiente. É conversar bastante para manter o desempenho", reforçou o meia.

Apesar de reconhecer a necessidade de maior concentração, Marquinhos faz questão de garantir que a confiança do elenco está em dia. Nada de dúvidas depois dos tropeços, todos confiam na capacidade de se manter na ponta.

"Nossa confiança é dentro de campo, temos de fazer por merecer, merecimento. E estamos fazendo por onde para estar na primeira colocação. Tenho confiança na minha equipe de que seremos campeões, mas temos de seguir fazendo merecer. Começa por aí", concluiu.

Veja mais em: Marquinhos Gabriel e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Renan Areias (no centro) está no Corinthians desde os seis anos de idade

    Corinthians empresta capitão do Sub-20 para o Red Bull Brasil

    ver detalhes
  • Fessin já marcou três gols pelo Corinthians no Paulista Sub-20

    Fessin marca, Corinthians vence no Paulista Sub-20 e diminui distância para rival

    ver detalhes
  • Corinthians fechou a primeira fase na liderança e invicto no Paulista Feminino

    Corinthians vence Portuguesa e fecha primeira fase do Paulista Feminino líder invicto

    ver detalhes
  • Corinthians de Ronaldo foi eliminado pelo Tolima em 2011 e mesmo assim Tite seguiu como técnico

    Tite/11 x Loss/18: diferenças e semelhanças entre as crises corinthianas comparadas por Andrés

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes