'Professor já tem os 11 titulares. Mas nós não nos consideramos reservas', diz Marquinhos Gabriel

'Professor já tem os 11 titulares. Mas nós não nos consideramos reservas', diz Marquinhos Gabriel

2.5 mil visualizações 40 comentários Comunicar erro

Marquinhos Gabriel diz se sentir importante mesmo como reserva do Corinthians

Marquinhos Gabriel diz se sentir importante mesmo como reserva do Corinthians

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Desde o início da temporada, o técnico Fábio Carille vem "pregando" no Corinthians a união do elenco e o ambiente agradável entre os atletas, independente da condição de titular ou reserva. E ao menos no que depender do discurso de Marquinhos Gabriel, o mantra vem sendo bastante absorvido pelos jogadores.

Leia também:
Marquinhos, sobre clássico contra ex-clube: 'Se Corinthians vencer, tira um da briga'
Marciel assume lateral esquerda, e Corinthians vence Sub-20 em jogo-treino no CT

Em entrevista coletiva concedida nesta quarta-feira, no CT Joaquim Grava, o camisa 31 do Corinthians não se iludiu ao falar sobre a perspectiva de assumir a titularidade da equipe ainda em 2017. No entanto, o meia-atacante destacou o papel fundamental de todos os jogadores do elenco na campanha corinthiana na atual temporada.

"O professor já tem os 11 que começam os jogos. Mas nós que estamos entrando ao longo dos jogos não nos consideramos reservas. Nos sentimos importantes. Isso se chama grupo. Precisamos mostrar nosso valor aqui nos treinamentos a cada dia. Então não só os 11, mas todos os jogadores aqui do Corinthians são importantes para o professor", comentou.

No caso específico de Marquinhos Gabriel, a titularidade sob comando de Carille chegou a se tornar realidade. Ainda no início da temporada, o camisa 31 foi o escolhido pelo treinador para atuar no meio de campo deslocado pelas pontas. Entre lesões e atuações irregulares, ele acabou substituído por Ángel Romero, titular absoluto da equipe hoje em dia.

"Minha cobrança em cima do meu desempenho vai ser sempre todos os dias. Não posso entrar na zona de conforto em momento algum, senão não renderei o que posso dentro de campo. A cada treino tento dar o meu melhor, ajudando os companheiros. Independentemente de eu estar recuperado ou não, sempre vou trabalhar em alto nível", declarou, se referindo a seu atual momento no clube.

Marquinhos Gabriel, vale lembrar, chegou ao Corinthians em maio do ano passado. O meia-atacante tem contrato até 2020. A atual comissão técnica não abre mão do atleta.

Veja mais em: Marquinhos Gabriel e Elenco do Corinthians.

Veja Mais:

  • Clayson, Luan, Sornoza, Marciel e Matheus Matias: confira o vaivém no Corinthians neste fim de 2018

    Corinthians no mercado da bola: saiba quem chega, quem sai e quem negocia com o Timão para 2019

    ver detalhes
  • Boa parte da grana deixada pelo torcedor na Arena Corinthians não vai para o Fundo

    Despesas levam R$ 15,5 mi da bilheteria do Corinthians em 2018; veja levantamento do Meu Timão

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians deposita altas doses de esperança no retorno de Carille

    Torcida do Corinthians coloca retorno do Carille no topo dos assuntos mais comentados do Brasil

    ver detalhes
  • Uendel, um dos alvos do Corinthians, tem 30 anos; 11 a mais que o atual titular Carlos Augusto

    Corinthians aumenta 'filtro de idade' em buscas indicadas por Carille no mercado da bola

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes