Presente em todas as listas de Tite, Fagner vê companheiros de Corinthians perto da Seleção

Presente em todas as listas de Tite, Fagner vê companheiros de Corinthians perto da Seleção

Por Meu Timão

Lateral faz nova temporada em alto nível e 'espera' companheiros na Seleção

Lateral faz nova temporada em alto nível e 'espera' companheiros na Seleção

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Entre os principais nomes do Corinthians desde a conquista do Brasileirão, em 2015, Fagner tem sua regularidade premiada com constantes convocações para a Seleção Brasileira. Fazendo nova temporada de alto nível, o lateral é, até aqui, o único presente em todas as listas de Tite. Ciente da boa fase de sua equipe, o camisa 23 acredita que vários de seus companheiros podem aparecer em futuras listas de convocação.

"Tenho certeza que a Seleção Brasileira não chega a ser um objetivo distante para ninguém do Corinthians. Futebol é muito do momento. Aí você tem uma equipe como a do Corinthians, com a campanha que faz, e alguns jogadores se destacam. É normal", afirmou Fagner antes do empate em 1 a 1 com a Colômbia, nesta terça-feira, em Barranquilla.

"Nossa prioridade sempre foi o coletivo, mas naturalmente acontecem destaques com totais condições de irem para a Seleção. Todos estão sendo observados, porque o Tite estuda muito, acompanha todos os jogos", concluiu.

Leia também:
Jogador mais convocado da era Tite, Fagner festeja e relaciona sucesso ao Corinthians
'Queridinho' de Carille, setor defensivo do Corinthians se apresenta como incógnita para 2018

As afirmações do jogador já foram comprovadas até mesmo pelo técnico da Seleção. Antes representante solitário do Timão com a camisa amarela, Fagner já viu Rodriguinho ser convocado e agora divide os vestiários do time nacional com Cássio, arqueiro em excelente fase no Corinthians. O goleiro teve a convocação valorizada pelo lateral.

"Às vezes acontece de o jogador entrar numa zona de conforto, mas o Cássio olhou para si mesmo e viu que precisava mudar hábitos, melhorar coisas na vida pessoal para refletir na vida profissional. E é notável, quem convive com ele vê a diferença e o quanto essa mudança tem feito bem para ele e para nós. Ficamos felizes dele poder estar indo para a Seleção, como amanhã ou depois podem estar indo mais, porque temos condições de colocar mais jogadores lá dentro", disse.

Torcendo pelos companheiros, Fagner também vive expectativa grande. Perto da Copa do Mundo, o lateral ainda não se sente 100% seguro de que estará na lista final para a competição mais importante que a Seleção disputa. Experiente, ele sabe que o segredo para se manter entre os escolhidos é seu desempenho no Timão.

"Se eu parar de fazer o que venho fazendo no Corinthians esse sonho pode não virar realidade. futebol é muito do momento, então a cada dia de treinamento, de apresentação lá, tem sempre que render e mostrar que estar bem para voltar. O que eu espero é terminar o ano bem e começar bem ano que vem para estar na Copa", concluiu.

Veja mais em: Fagner e Corinthianos na Seleção.

Veja Mais:

  • Pablo não deve enfrentar o Atlético Mineiro no domingo

    [Marco Bello] Pablo não deve enfrentar o Atlético Mineiro no domingo

    ver detalhes
  • Corinthians anuncia uniforme especial para partida contra Atlético-MG

    Corinthians anuncia uniforme especial para partida contra Atlético-MG

    ver detalhes
  • Ralf ergueu troféu do hexa do Brasileirão antes de deixar Corinthians

    Ralf diz que não jogaria em rival do Corinthians, explica saída e opina sobre Gabriel

    ver detalhes
  • Pré-temporada de 2018 teve início nesta semana para jogadores do Timão

    Corinthians se antecipa, e jogadores realizam exames cardiológicos para 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes