Evitando erros de familiares no futebol, Carlinhos revela seu maior conselheiro no Corinthians

Evitando erros de familiares no futebol, Carlinhos revela seu maior conselheiro no Corinthians

Por Meu Timão

3.9 mil visualizações 38 comentários Comunicar erro

Carlinhos trabalha em busca de seu espaço no time profissional do Corinthians

Carlinhos trabalha em busca de seu espaço no time profissional do Corinthians

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Integrado ao profissional e aguardando novas oportunidades, o atacante Carlinhos, de apenas 20 anos, tem depositada em si grande esperança da torcida do Corinthians. Além da Fiel, quem também espera muito dele é sua família. Não só pelo óbvio carinho, mas também pelo histórico de nomes que ficaram no "quase" como jogador. As experiências ruins servem como aprendizado para o garoto, que não quer cometer os erros de seu pai e irmão.

"Tenho exemplos dentro de casa mostrando que álcool e futebol não combinam. Meu pai foi um craque de bola, mas não virou por causa de bebida. Tento seguir o exemplo que ele me passa. Álcool e drogas com futebol: não compensa. Ele deveria ter sido profissional, não foi porque bebia muito. Mas na minha cidade, em Jaú, todo mundo fala: se for igual ao seu pai dentro de campo, vai dar certo", contou o atacante, em entrevista ao Globoesporte.com.

"Minha família inteira é de jogadores. Esse meu irmão teve problemas com noitada, mulherada, acabou não virando. Ele agora tem cinco filhos. Ele ia do XV de Piracicaba para o Flamengo, acabou não dando certo por causa de tudo isso. Vai fazer 31 anos. Jogava bem para caramba. Todos os meus irmãos jogavam muito, mas ele engravidou bastante gente (risos). De Natal, tenho de gastar dinheiro para caramba. Se não der presente para todo mundo, dá m...", completou.

Leia também:
Marciel no lugar de Moisés? Carlinhos no de Kazim? Técnico do Corinthians esclarece
Após estreia, Carlinhos revela principal diferença entre jogos da base e do profissional
Carlinhos faz sua estreia na equipe profissional do Corinthians: 'Bom e ruim ao mesmo tempo'

Junto dos conselhos da família, o centroavante se apoia no que dizem os mais experientes do elenco corinthiano. Embora exista uma brincadeira de que Jô, pela semelhança, é seu padrinho, o camisa 7 não é seu principal conselheiro no plantel.

"É o Cássio. Apesar de ele ser goleiro. Ele, o Walter, eles me cobram muito. Quando eu erro o gol em treino de finalizações, ele dá dicas, fala para atacar a bola, chutar de frente, fala para eu usar minha velocidade. Além de excelentes profissionais, me dão essas dicas. Fora Jô, Bastos, Jadson, Gabriel, Arana, que é meu parceiro... Sempre bom ouvir esses caras. Mas o Cássio sempre está no meu pé. Quando eu erro, ele pode estar lá no outro gol que grita. Gosto muito dele. Gosto de todo mundo aqui, mas o Cássio... O Vilson também, sempre me ajuda", destacou.

Enquanto absorve as dicas dos mais velhos, Carlinhos cresce junto com outros pratas da casa do Timão. No atual elenco, o meia Pedrinho, também querido pela torcida, é um de seus principais amigos. Os garotos convivem muito dentro e fora de campo.

"O Pedrinho é um craque de bola. Somos tipo irmãos, nos falamos direto, moramos perto. Quando ele vai comer, me chama também. Ainda não cheguei a comer hambúrguer com ele. Minto, fui com ele uma vez. Ele que pagou, fez a boa (risos). Um irmão para a vida toda. Fiquei muito feliz por ele, pelo gol que ele fez (contra o Patriotas, pela Copa Sul-Americana). Sempre falo para ele continuar assim. Ele não vai deixar escapar as oportunidades. Somos parceiros demais", concluiu.

Veja mais em: Carlinhos.

Veja Mais:

  • Sornoza, à esquerda, deve ser anunciado ainda nesta quarta como reforço do Corinthians

    Sornoza desembarca para fechar com Corinthians e brinca com rival são-paulino

    ver detalhes
  • Elenco do Corinthians oscilou muito e chega com "patamares alterados" para 2019

    Do início ao fim: a trajetória do elenco do Corinthians durante o ano e como cada um chega para 2019

    ver detalhes
  • Mantuan será jogador da Ponte Preta em 2019

    Corinthians empresta volante Guilherme Mantuan à Ponte Preta

    ver detalhes
  • Desejado pelo Atlético-MG, Clayson quer ficar e retomar alto nível no Timão em 2019

    Clayson freia saída e faz Atlético-MG analisar outros corinthianos; acordo por Luan é mantido

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes