Torcedor na infância, Carlinhos Bala se desculpa com pai por gol no Corinthians

Torcedor na infância, Carlinhos Bala se desculpa com pai por gol no Corinthians

Por Meu Timão

3.9 mil visualizações 58 comentários Comunicar erro

Atacante de 37 anos lembrou paixão pelo Timão

Atacante de 37 anos lembrou paixão pelo Timão

Foto: Reprodução/Youtube

Antes de ser um profissional do futebol, a esmagadora maioria dos jogadores já tem um time do coração. Mesmo nascido em Recife, Carlinhos Bala não torcia para uma equipe da região. Fã de Marcelinho Carioca, o folclórico atacante, hoje no Taboão da Serra, revelou quais cores dominavam seu coração quando criança.

"Meu time de moleque era o Corinthians", afirmou, em entrevista ao canal Desimpedidos, do Youtube.

Leia também:
Com 100% de presença, Maycon se torna o homem de ferro do Corinthians no BR-17
Flávio Adauto valoriza antecedência de Conselho Técnico para o Campeonato Paulista de 2018
Artilheiro do Corinthians ganha música de banda gospel: 'Tocou no Jô é gol!'

Iniciada a sua carreira, a paixão foi ficando de lado e profissionalismo tomou conta, além, é claro, do carinho criado por times em que atuou. Em um deles, o Sport, Carlinhos teve que tirar um título de seu antigo time do coração. Autor de um dos gols decisivos da Copa do Brasil 2008, o atacante teve de pedir desculpas para seu pai, também corinthiano.

"Então, desculpe aí, pai, eu estava defendendo o meu pão. Meus filhos têm que se alimentar, tem escola, conta para pagar. Se eu não fizesse gol, mas não tenho nada contra o Corinthians. É futebol", brincou.

"Eu estava defendendo o meu pão, como o Corinthians defendia o dele. Então, quando entro em campo, independente de paixão, o que vale é a minha família. Se o Corinthians ganhasse, quem ia sofrer é a minha família", completou.

Veja mais em: Copa do Brasil.

Veja Mais:

  • Jonathas está na mira do Corinthians, que já vê concorrente pelo centroavante brasileiro

    Corinthians vê clube turco demonstrar interesse por Jonathas

    ver detalhes
  • Fagner faz parte da delegação canarinha que busca o hexa na Rússia

    Até rivais se rendem, e Fagner é elogiado após estreia em Copas do Mundo; veja repercussão

    ver detalhes
  • Fagner e Tite trabalharam juntos no Corinthians em 2015 e 2016

    Fagner ou Danilo? Corinthiano leva vantagem nas estatísticas defensivas e ofensivas na Copa

    ver detalhes
  • Os maiores perrengues no Jornalismo feat André Ranieri | #61

    VÍDEO: Os maiores perrengues no Jornalismo feat André Ranieri | #61

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes