Ex-volante do Corinthians relembra festa pelo Brasileirão de 2005 e vê amigo perto de novo título

Ex-volante do Corinthians relembra festa pelo Brasileirão de 2005 e vê amigo perto de novo título

Por Meu Timão

3.8 mil visualizações 28 comentários Comunicar erro

Volante atuou em parte da campanha campeã em 2005

Volante atuou em parte da campanha campeã em 2005

Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC

Mesmo com todo o investimento da parceria com a MSI, em 2005, o Corinthians utilizou inúmeros pratas da casa na conquista do Brasileirão. Wendel, um dos campeões formados pelo clube, relembra com carinho da mescla da equipe alvinegra. A lembrança principal é da celebração, organizada em parceria com o amigo de longa data Jô.

"Eu relembro muito de quando a gente foi campeão. Na comemoração lá em Goiânia tava todo mundo reunido, a gente faz uma roda de samba. Eu e o Jô compramos os instrumentos e a gente fez a roda de samba lá na churrascaria mesmo. Foi bem marcante, porque estavam todos ali reunidos. Foi onde marcou e eu guardo até hoje", relembrou, em entrevista ao Torcedores.com.

"Aquela época foi muito boa, tinha muita molecada da base. Muita mesmo. E teve a rapaziada que veio contratada também. Mas muita gente que foi contratada era da nossa idade, que nem o Tevez e Mascherano, eu já tinha jogado contra na seleção de base, o Carlos Alberto também era da nossa idade. Quem era fora da idade era o Gustavo Nery, Fábio Costa e o Roger, que era um pouco mais velho, mas nem tanto", completou.

Leia também:
Provável titular contra o Corinthians, zagueiro adversário garante atenção redobrada com Jô
Com 100% de presença, Maycon se torna o homem de ferro do Corinthians no BR-17
Artilheiro do Corinthians ganha música de banda gospel: 'Tocou no Jô é gol!'

Parceiros na organização da roda de samba, Jô e Wendel seguem amigos. O centroavante, de volta ao Corinthians, é artilheiro do Brasileirão e está cada vez mais perto de repetir o feito conquistado em 2005. Para o ex-volante alvinegro, hoje sem clube, a sensação é de felicidade pelo amigo, que passou por momentos bastante delicados recentemente - chegou, inclusive, cercado de desconfiança no Timão.

"O Jô é um ‘parceiraço’. Em 2005 a gente concentrava junto. Então construímos uma relação de amizade legal. Passamos a última virada de ano juntos, que agora estou morando no Rio de Janeiro e ele mora aqui perto, então passamos a virada juntos lá na casa dele. É uma parceria forte. Fico feliz por ele ter conseguido novamente se reerguer no futebol", destacou.

Com três anos de clube e 119 partidas disputadas, Wendel ainda acompanha o Corinthians. Por conta do que vem assistindo, afirma que Jô está realmente perto de reconquistar o título nacional. Embora reconheça a chance do Grêmio, o jogador não consegue evitar o favoritismo para os comandados de Carille.

"O Corinthians está com um ótimo time, está com grandes chances de consagrar campeão. Porém está com o Grêmio na cola, que é uma grande equipe. Acho que o título ficará entre esses dois times mesmo, o Corinthians com uma leve vantagem de dois, três jogos, que no Brasileirão é uma vantagem imensa. Então o Corinthians tem tudo para se consagrar campeão", concluiu

Veja mais em: e Ex-jogadores do Corinthians.

Veja Mais:

  • Revelação de 2017, Pedrinho reforça Corinthians diante do Red Bull Brasil

    Com Pedrinho, Carille relaciona 23 no Corinthians para duelo com Red Bull Brasil

    ver detalhes
  • Livro 'Sócrates Eterno' será lançado na noite desta segunda, em São Paulo

    Viúva de Sócrates lança autobiografia do ex-jogador do Corinthians nesta segunda em São Paulo

    ver detalhes
  • Sem contusão, Clayson treinou normalmente e deve pegar Red Bull

    Após exames, Clayson treina no Corinthians e deve enfrentar Red Bull

    ver detalhes
  • Pedrinho conversou com o Meu Timão na noite deste sábado em evento da Nike

    Crédito no cartão do Burger King acaba; Pedrinho se diverte ao contar como descobriu

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes