Mesmo sem preocupação por empate, Fagner admite tristeza por oscilação do Corinthians

Mesmo sem preocupação por empate, Fagner admite tristeza por oscilação do Corinthians

Por Meu Timão

Lateral reconheceu a queda de rendimento da equipe na segunda etapa

Lateral reconheceu a queda de rendimento da equipe na segunda etapa

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Apesar do bom primeiro tempo, o sentimento da torcida ao deixar a Arena Corinthians foi de insatisfação na noite desta quarta-feira. Com o Racing tocando a bola, o time comandado por Carille apenas cercou e viu os argentinos empatarem com méritos - partida terminou em 1 a 1. O lateral Fagner compartilha da chateação com a torcida, mas acredita na classificação justamente pelo bom rendimento na etapa inicial.

"Chateado pela maneira que a gente se comportou no segundo tempo. Tivemos paciência, jogamos de um lado para o outro. Poderia ter virado o primeiro tempo 3 a 0, 2 a 0. Faltou um pouco do que fizemos no primeiro. A gente acabou roubando e entregando a bola para o adversário. Num lance isolado, eles conseguiram empatar o jogo", lamentou o lateral na zona mista após o confronto.

"Fizemos um grande jogo aqui, temos condições de repetir o jogo que fizemos para que a gente consiga a classificação", completou.

Leia também:
Carille comenta oscilação de Corinthians em empate, mas assegura: 'Não tem alerta'
Cássio afasta 'pressão maior' por sequência do Corinthians e refuta falha em gol do Racing
Jô admite segundo tempo abaixo, mas vê Corinthians forte na briga pela classificação

Com o resultado, o Corinthians chegou a três partidas consecutivas sem vencer na Arena. Mesmo com a queda de rendimento em seus domínios, nada de preocupação. Fagner acompanhou o discurso de Carille e seus companheiros, garantindo que o time mantém o foco e que detalhes tiraram as vitórias da equipe nessas partidas.

"Vou dizer que não (preocupa). Jogo contra o Vitória foi abaixo, onde nós não criamos, de fato não levamos perigo. Jogo contra o Atlético-GO foi onde nós criamos, tivemos volume de jogo. Hoje a mesma situação, poderíamos ter virado 2 a 0, 3 a 0. Preocupa se não tivéssemos criado. Da maneira que a equipe está se comportando, sabendo que cabe mais, podemos melhorar mais, questão do passe, concentração, para que a gente possa voltar a vencer", concluiu.

Veja mais em: Fagner e Copa Sul-Americana.

Veja Mais:

  • Depois de quase deixar o Timão no início do ano, Rodriguinho não pensa em sair

    Rodriguinho 'esquece' Europa e evita pensar em Seleção: 'Outros estão na minha frente'

    ver detalhes
  • Reunião da comissão técnica deve vetar férias antecipadas no Corinthians

    Reunião da comissão técnica deve vetar férias antecipadas no Corinthians

    ver detalhes
  • Nesta quarta-feira, o Timãozinho perdeu o Dérbi por 1 a 0

    Corinthians é superado na Arena e decide título da Copa do Brasil Sub-17 fora de casa

    ver detalhes
  • Os dois únicos tricampeões pelo Corinthians

    VÍDEO: Os dois únicos tricampeões pelo Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes