Goleiro Felipe lamenta polêmicas em sua saída do Corinthians: 'Poderia ter feito diferente'

Goleiro Felipe lamenta polêmicas em sua saída do Corinthians: 'Poderia ter feito diferente'

Por Meu Timão

4.9 mil visualizações 69 comentários Comunicar erro

Felipe foi importante no retorno do Timão à elite do futebol nacional

Felipe foi importante no retorno do Timão à elite do futebol nacional

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Embora não guarde mágoas do Corinthians, como fez questão de afirmar recentemente, o goleiro Felipe guarda consigo uma série de arrependimentos. Mais do que deixar o time alvinegro, passa pela sua cabeça como as coisas poderiam ter sido diferentes justamente na condição de seus últimos atos como jogador do Timão. Envolvido em uma polêmica, o arqueiro discutiu abertamente com Andrés Sanchez, presidente do clube na época.

"É um fato que me arrependo muito. A forma como tudo aconteceu. Discuti feio com o Andrés, que era meu amigo, e que para mim foi o maior presidente da história do Corinthians. Como atleta, errei muito. Ambos erraram ali, na verdade, mas eu que era o atleta. A imagem que ficou manchada foi a minha. Depois que fui afastado, fiquei triste, chateado, não aceitei aquela situação pela forma que tudo foi criado. Então, em um momento de irritação, extravasei da forma que não poderia", relembrou arrependido, em entrevista ao Lance!.

Leia também:
Decisão? Duelo com Vasco ganha nova importância no Corinthians
Pelé, sobre infância ligada ao Timão: 'Meu time do botão era corinthiano'
A programa de TV, Jô conta que recebe agradecimentos de rivais e revela apelidos no Corinthians

O estopim para a fatídica discussão era justamente uma possibilidade de deixar o clube - coisa que aconteceu em seguida. Com propostas do Genoa, o ex-camisa 1 alvinegro tinha tudo certo para se mudar para a Europa, mas uma mudança no regulamento da Serie A italiana acabou atrapalhando o desfecho das tratativas. Jovem, o agora maduro jogador acredita que tenha reagido de forma equivocada a todo o imbróglio.

"Falaram que eu tinha pedido para sair no dia que fui viajar. Tinha a proposta da Itália. Aí mudou o número de estrangeiros no campeonato e o time não ia mais fazer negócio. Me arrependo dessa discussão, em rede nacional, isso é única coisa que acho que poderia fazer diferente. Todos erraram, mas eu que era o atleta, não devia ter feito isso. Depois reencontrei o Andrés, que era meu amigo, tudo se acertou, mas poderíamos ter feito tudo diferente e não da forma como foi", comentou.

Contratado pelo Corinthians em 2007, Felipe permaneceu no clube até 2010. Neste período, atuou 193 vezes, sofrendo 194 gols. Com alguns bons momentos, o arqueiro conquistou o a Série B, em 2008, Campeonato Paulista e Copa do Brasil, em 2009. Por fim, envolvido nas polêmicas com o então presidente, deixou o Timão rumo ao Braga, de Portugal.

Veja mais em: Ex-jogadores do Corinthians e Andrés Sanchez.

Veja Mais:

  • Em noite abaixo tecnicamente, Timãozinho dá adeus à Copa São Paulo; Vasco fará final contra São Paulo

    Corinthians sucumbe nos pênaltis e cai na semifinal da Copinha 2019

    ver detalhes
  • Léo Santos está de volta ao time titular; Corinthians busca primeira vitória após volta de Carille

    Carille saca Marllon e define Corinthians para jogo contra Guarani

    ver detalhes
  • A saída de Romero do Corinthians | #113

    VÍDEO: A saída de Romero do Corinthians | #113

    ver detalhes
  • Gustagol estará outra vez no comando de ataque corinthiano; Carille leva 21 jogadores

    Sem Boselli e Manoel, Carille relaciona 21 jogadores para duelo com Guarani

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes