Segurança do Corinthians rebate filho de Eurico Miranda e dá nova versão sobre confusão na Arena

Segurança do Corinthians rebate filho de Eurico Miranda e dá nova versão sobre confusão na Arena

Por Lucas Faraldo e Marco Bello

Eurico Brandão concedeu entrevista na Arena Corinthians

Eurico Brandão concedeu entrevista na Arena Corinthians

Foto: Reprodução/Youtube

A confusão que marcou o pós-jogo da vitória do Corinthians por 1 a 0 sobre o Vasco na Arena, no fim de tarde desse domingo, ganhou nova versão nesta manhã de segunda-feira. Em contato com o Meu Timão, o coronel Waldir Dutra, chefe de segurança do clube do Parque São Jorge, rebateu as acusações do vice de futebol vascaíno Eurico Brandão.

De acordo com Dutra, o cartola, que é filho do presidente vascaíno Eurico Miranda, foi quem desrespeitou os funcionários que trabalhavam na Arena durante a partida. Ele tentou acessar o gramado nos minutos finais do jogo para proibir os jogadores do Vasco de concederem entrevista. Foi o próprio Eurico Brandão quem conversou com a imprensa posteriormente.

"O Eurico estava muito alterado, consegui acalmá-lo mas estava disparando pra todo lado", alegou Dutra.

Leia também:
Vídeo flagra Gabriel 'enlouquecido' comemorando gol do Corinthians nas arquibancadas da Arena
Fiel faz bonito na Arena Corinthians e celebra vitória sobre Vasco; veja fotos

"Eu conversei bastante com ele, estava alterado. Ele mandou o segurança tomar no c*, presenciado inclusive pelo André Stepan (assessor do Corinthians). Simplesmente ele queria subir no túnel sem qualquer credenciamento e foi barrado pela segurança e pelos fiscais da Federação. Não foi desrespeitado e sim desrespeitou. Várias pessoas que estavam nas proximidades da entrada do túnel visualizaram isto", esclareceu.

Eurico Brandão, na entrevista coletiva concedida na Arena após a derrota de sua equipe, fez um barraco ao acusar seguranças do Corinthians e da Federação Paulista de mal-tratarem a delegação do Vasco e trabalharem com parcialidade favorecendo o clube mandante. Houve até mesmo alegação de que funcionários teriam anotado detalhes da confusão para "dedurar" à equipe de arbitragem ao término do jogo.

Veja mais em: Arena Corinthians e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Com bandeirões e muita festa, Fiel incentivou Timão no último treino aberto

    Corinthians abre à torcida último treino antes do jogo da taça

    ver detalhes
  • Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    ver detalhes
  • Jô e Jadson voltaram a treinar no campo nesta quinta-feira

    Treino do Corinthians tem retornos, academia lotada e possível trote de despedida

    ver detalhes
  • Corinthians relembrou os dois títulos conquistados em 2017

    Nas redes sociais, Corinthians relembra dois títulos no ano e provoca antis

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes