'Não estamos poupando ninguém, esse é o último título que falta ao Corinthians', avisa Carille

'Não estamos poupando ninguém, esse é o último título que falta ao Corinthians', avisa Carille

3.1 mil visualizações 67 comentários Comunicar erro

Carille em entrevista coletiva no palco do jogo desta quarta-feira

Carille em entrevista coletiva no palco do jogo desta quarta-feira

Foto: Meu Timão / Rodrigo Vessoni

Guilherme Arana, que sentiu dores musculares após a vitória sobre o Vasco, ficou no Brasil. Foi o único titular do Corinthians que não viajou à Argentina para enfrentar o Racing, nesta quarta-feira, às 21h45, pela Copa Sul-Americana. Na visão de Fábio Carille, uma prova que a comissão técnica, a diretoria e os jogadores estão levando o torneio à vera.

Questionado sobre o fato de o brasileiro ter uma visão diferente do restante do continente quanto à importância da Sul-Americana, o treinador lembrou que se trata do último troféu que o Timão ainda não levantou entre todos que são possíveis nos dias de hoje para um clube brasileiro.

"É um campeonato importantíssimo para o Corinthians, é um título que nos falta. Estamos levando muito a sério, tanto que não estou poupando ninguém, só tirando três jogadores (por dores musculares). É muito importante para nós, para minha carreira, meu primeiro torneio internacional, então levo muito a sério", avisou.

Leia também:
Racing Club vende ingressos com preços e forma diferentes do Corinthians
Energia de sobra! Veja fotos do treino do Corinthians na Argentina
Apesar de polêmica, treinador do Corinthians vê Jô pronto para decidir contra o Racing

Fábio Carille acredita que, mesmo com o resultado do primeiro jogo na Arena Corinthians, o Racing não ficará apenas atrás na busca pelo empate sem gols que daria a vaga às quartas.

"O Racing tem uma forma definida de jogar, não acho que com 50 mil torcedores aqui vão ficar atrás. Espero algo muito parecido com o que foi em São Paulo, é assim que eles têm jogado, é o estilo do treinador", lembrou o comandante, que completou:

"É a primeira vez em que não temos vantagem fora de casa. Não espero um jogo fácil, espero o Racing querendo o resultado. Jogador que joga no Corinthians está acostumado a enfrentar pressão. Não gosto de muitas reuniões, os atletas veem o que está acontecendo, ainda mais em um desafio Argentina x Brasil", finalizou.

O Corinthians joga por qualquer vitória no estádio El Cilindro. Empate sem gols, dá Racing. Empate por 1 a 1, decisão nos pênaltis. Igualdade por dois gols (ou mais) dará a vaga à equipe de Fábio Carille.

Veja mais em: Fábio Carille e Copa Sul-Americana.

Veja Mais:

  • Titular diante do Botafogo, Roger é 'baixa inesperada' para clássico no Morumbi

    Roger sofre entorse e desfalca Corinthians no Majestoso; veja três possibilidades de escalação

    ver detalhes
  • Por que o Morumbi é o Salão de Festas do Corinthians | 68

    VÍDEO: Por que o Morumbi é o Salão de Festas do Corinthians | 68

    ver detalhes
  • Clayson reforça Timão no primeiro clássico pós-Copa do Mundo; Roger está fora

    Sem Roger, Loss relaciona Douglas e ganha retorno de atacante para clássico contra São Paulo

    ver detalhes
  • Douglas foi apresentado na tarde desta sexta-feira no CT

    Apresentado no Corinthians, Douglas se diz 200% curado de doença e já se coloca à disposição

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes