Rodriguinho pede desculpas ao elenco do Corinthians por expulsão, mas opta pelo silêncio

27 mil visualizações 190 comentários

Por Vinícius Souza e Rodrigo Vessoni

Rodriguinho deixou El Cilindro sem conversar com a imprensa

Rodriguinho deixou El Cilindro sem conversar com a imprensa

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O meia Rodriguinho pediu desculpas aos companheiros de Corinthians depois do empate que custou a eliminação do clube na Copa Sul-Americana, para o Racing, da Argentina, na noite desta quarta-feira, em Buenos Aires. Diversos integrantes da delegação alvinegra que foi a Avellaneda, incluindo o centroavante e o diretor de futebol Flávio Adauto, confirmaram o arrependimento do camisa 26 sobre o episódio.

“Ele pediu desculpa, disse que não era a intenção dele prejudicar a gente. A gente super entende, estamos juntos com ele. É claro que ficar com um a menos é ruim, sabemos do caráter dele, sabemos que não fez por querer. Ele só se desculpou, todo mundo ficou muito tranquilo e vida que segue agora”, afirmou o centroavante Jô, que também acabou expulso nos minutos finais, à reportagem do Meu Timão.

Leia também:
Diretor do Corinthians detona arbitragem na Argentina: 'Verdadeiros artistas'
Após eliminação, Carille admite que Corinthians 'caiu na pilha' do Racing

Rodriguinho iniciou a partida no banco de reservas e foi chamado por Carille para atuar aos 17 minutos do segundo tempo, no lugar de Jadson. Menos de dois minutos depois, no entanto, deu uma solada em Gonzáles e recebeu cartão vermelho.

“Rodriguinho ficou chateado, pediu desculpas, deu uma entrada dura. E está tudo bem, agora é pensar no São Paulo, ganhar e prosseguir com uma boa campanha no Brasileiro”, corroborou Adauto, que acompanhou o elenco alvinegro na Argentina assim como o gerente de futebol Alessandro Nunes.

Leia também:
Revoltado, Balbuena dispara contra árbitro uruguaio após eliminação: 'Muito caseiro!'
Rodriguinho entra, é expulso em menos de dois minutos e alcança Trending Topics mundiais

Após o empate em 0 a 0, Rodriguinho optou pelo silêncio e não concedeu entrevistas na zona mista do estádio Presidente Perón. O jogador deve se pronunciar nesta quinta-feira, quando o Corinthians embarca de volta ao Brasil. No domingo, o Timão enfrenta o rival São Paulo, às 11h (de Brasília), no Morumbi.

Veja mais em: Copa Sul-Americana e Rodriguinho.

Veja Mais:

  • Boca Juniors vai pagar menos por casos de racismo do que Corinthians por infração a artigo que trata de propaganda no banco de reservas

    Conmebol multa Boca por racismo; valor é menor que pena ao Corinthians por propaganda no banco

    ver detalhes
  • Vítor Pereira foi anunciado há exatos três meses pelo Corinthians; seu primeiro jogo, porém, aconteceu dias depois

    Vítor Pereira completa três meses de Corinthians com 52.63% de aproveitamento; relembre trajetória

    ver detalhes
  • Caio Mello não faz mais parte do quadro de funcionários do Corinthians

    Fisioterapeuta deixa o Corinthians após mais de 13 anos

    ver detalhes
  • Abimael, à direita, assinou com o Corinthians por dois anos

    Corinthians acerta contratação de lateral-esquerdo ex-Palmeiras para o Sub-20

    ver detalhes
  • Fagner correu ao redor do gramado nesta segunda-feira, no CT Joaquim Grava

    Fagner inicia transição e elenco do Corinthians faz treino em casa após empate no Majestoso

    ver detalhes
  • Torcedor do Corinthians precisa parar de procurar problema onde não tem

    [Mayara Munhoz] Torcedor do Corinthians precisa parar de procurar problema onde não tem

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x