Corinthians sofre calote por transferência de Matheus Pereira e aciona Fifa contra clube italiano

Corinthians sofre calote por transferência de Matheus Pereira e aciona Fifa contra clube italiano

Por Meu Timão

Revelado na base do Corinthians, Matheus Pereira deixou o clube em julho de 2016

Revelado na base do Corinthians, Matheus Pereira deixou o clube em julho de 2016

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

A transferência do meio-campista Matheus Pereira ao Empoli (ITA), realizada em julho de 2016, ainda traz preocupações para o Corinthians. Após ser cobrado na Justiça pelo empresário Fernando Garcia por meio da Sociedade Esportiva Vitória, pelos diretos econômicos do jogador, o clube do Parque São Jorge entrou em uma ação na Fifa. O time alega que não recebeu a segunda parcela relativa a transferência do atleta. As informações são do portal Uol Esporte.

Na época de sua transferência à Itália, Matheus Pereira pertencia ao Corinthians, mas grande parte de seus direitos econômicos estavam ligados a Sociedade Vitória. Apenas 5% do passe do jogador eram corinthianos. Ligado a um grupo de empresários liderados por Fernando Garcia, o clube engatou um processo judicial contra o Timão afirmando não ter recebido sua fatia na venda do meio-campista – equivalente a R$ 2,4 milhões. A questão, contudo, é que o time do Parque São Jorge também alega não ter recebido o que devia na negociação.

O Empoli, que adquiriu o jogador em parceira com a também italiana Juventus, entrou com um acordo de três pagamentos ao Timão. Dentre os valores envolvidos, apenas o 1 milhão de euros de imediato pelo jogador foram acertados. O time da Itália ainda mantém uma dívida de duas parcelas com o Corinthians: 700 mil euros, que estão em aberto desde 15 de abril, e outros 700 mil euros, que devem ser recebidos em 15 de dezembro.

Leia também:
Ex-zagueiro do Corinthians relembra gol decisivo em Majestoso e projeta jogo difícil neste domingo
Justo? Fifa deixa Tite fora dos finalistas ao prêmio de melhor técnico do mundo
Cinco anos depois, Corinthians recebe parte da venda de Lucas Moura por ser clube formador

De acordo com o portal, o advogado Sergio Engelberg, representante do Corinthians, montou um processo pedindo intervenção à Fifa sobre a situação, na última sexta-feira. A intenção é o que o clube alvinegro possa ter o que lhe é de direito, para que o nó pela transferência do jogador de 19 anos se resolva.

“No contrato de transferência do Matheus Pereira ao Empoli, não foi paga a segunda parcela já vencida (700 mil euros, ou R$ 2,6 milhões aproximadamente). O Corinthians apresentou à Fifa, aos órgãos disciplinares dela, informando que o Empoli não pagou e o intimando a se manifestar e pagar. O processo não teve decisão da Fifa, mas é totalmente incontroverso que o Empoli deve a segunda parcela e por isso fomos à Fifa”, comentou Eldenberg.

"Os processos da Fifa não têm a mesma velocidade de processos judiciais no Brasil. A Fifa ainda trabalha com sistema de fax, então toda a movimentação por escrito ocorre assim e dá o prazo para o clube pagar. É difícil dizer quanto tempo deve demorar”, completou o advogado do Corinthians, frisando a movimentação da ação na entidade futebolística.

Inicialmente, seguindo o regulamento Fifa, o Empoli pode ser advertido e receber uma reprimenda por conta da situação. O clube corre o risco de ser multado e, em último caso, banido do registro de novos jogador por uma ou duas janelas de transferências seguidas. O banimento é uma medida drástica tomada pela entidade futebolística reservada para casos graves e envolvendo clubes reincidentes.

Revelado nas categorias de base do Corinthians e campeão brasileiro em 2015 como profissional, Matheus Pereira deixou o futebol italiano e seguiu rumo a Bordeaux, da França, no último mês de agosto – a poucas horas do fim da janela de transferências do país. A contratação do jogador não demandou custos dos franceses, já que a ex-promessa do Timão permanecerá emprestada pela Juventus até 30 de junho de 2018. Até o momento, o jogador ainda não estreou pelo novo clube.

Veja mais em: Matheus Pereira, Mercado da bola e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians foi hexacampeão brasileiro em 2015

    CBF define valores de premiação do Brasileirão-2017; Corinthians leva bolada se for campeão

    ver detalhes
  • Fernandinho tem contrato com o Grêmio até dezembro

    Meia-atacante do Grêmio despista sobre possível interesse do Corinthians para 2018

    ver detalhes
  • Gabriel durante jogo contra o Grêmio na Arena Corinthians

    Gabriel rebate críticas contra returno do Corinthians e vê hepta 'encaminhado'

    ver detalhes
  • Pablo deve retornar ao time na próxima segunda-feira

    Pablo tem boa evolução e pode voltar ao Corinthians contra o Botafogo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes