Maycon critica Justiça Desportiva e lembra 'galinha' de rival e ônibus corinthiano apedrejado

Maycon critica Justiça Desportiva e lembra 'galinha' de rival e ônibus corinthiano apedrejado

Por Meu Timão

Maycon citou episódio do ônibus corinthiano apedrejado no Morumbi

Maycon citou episódio do ônibus corinthiano apedrejado no Morumbi

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O elenco do Corinthians não parece nem um pouco disposto a ficar calado em meio às recentes denúncias da Justiça Desportiva contra jogadores alvinegros. A entrevista coletiva concedida pelo volante Maycon, de apenas 20 anos, nesta quarta-feira, deixou isso claro.

O jovem titular corinthiano, em conversa com a imprensa no CT Joaquim Grava, saiu primeiramente em defesa do colega de posição Gabriel e rebateu a denúncia do Superior Tribunal de Justiça Desportiva. O órgão acusa o camisa 5 do Timão de faltar à "moral desportiva" por conta da comemoração extrapolada no clássico do último domingo, contra o São Paulo, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro.

Leia também:
Maycon cobra concentração para sequência decisiva do Corinthians no Brasileirão
Corinthians tem quatro jogadores denunciados por confusão na Sul-Americana

"São coisas que não dá para entender, tantas coisas que acontecem no futebol e não tem julgamento. Nosso ônibus foi apedrejado e ninguém falou nada. Mas Gabriel está tranquilo, esperamos que ele não pegue nada, já pediu desculpas, erros acontecem, ficou para trás", declarou, lembrando o ataque sofrido pela delegação corinthiana no entorno do Morumbi por torcedores são-paulinos que aguardavam o ônibus do Timão.

Outro episódio lembrado por Maycon na entrevista foi a comemoração provocativa do então zagueiro são-paulino Maicon em Majestoso disputado no primeiro semestre desse ano. Na ocasião, o beque imitou uma galinha na tentativa de ironizar o Corinthians, não se desculpou (ao contrário do que Gabriel fez) e mesmo assim não foi sequer denunciado pelo STJD.

"O que o Maicon fez no Paulista imitando uma galinha justifica? Agora com o Gabriel vai justificar? Não teve punição nenhuma para o Maicon, não pediu desculpas, falou que era uma comemoração dele. Não era. Infelizmente aconteceu, Gabriel está sofrendo com isso. Futebol é alegria, ele extrapolou, mas outros também. Espero que não pegue nenhuma punição. Se acontecer, tem jogadores para suprir", ponderou Maycon.

Gabriel, vale lembrar, foi enquadrado no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. O texto fala em "assumir atitude contrária à disciplina ou à moral desportiva, em relação a componente de sua representação, representação adversária ou de espectador". A previsão de pena é de um a seis jogos de suspensão.

Veja mais em: Maycon, Gabriel, STJD, Campeonato Brasileiro e Majestoso.

Veja Mais:

  • Com saída de Adriano, Marquinhos herdou a camisa 10 do Timão na Libertadores 2012

    Campeão em 2011, Marquinhos diz ter celebrado hepta do Corinthians e ensaia retorno

    ver detalhes
  • Golaço de Rodriguinho sobre o Sport entrou em vídeo de emissora italiana

    Canal de esportes da Itália produz vídeo com cinco gols mais belos do hepta do Corinthians

    ver detalhes
  • Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    ver detalhes
  • Com bandeirões e muita festa, Fiel incentivou Timão no último treino aberto

    Corinthians abre à torcida último treino antes do jogo da taça

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes