A portal, conselheiros do Corinthians destrincham acordos nocivos à Arena

A portal, conselheiros do Corinthians destrincham acordos nocivos à Arena

Por Meu Timão

Andrés Sanchez assinou vínculos que, hoje, têm dado prejuízos ao Timão

Andrés Sanchez assinou vínculos que, hoje, têm dado prejuízos ao Timão

Foto: Rodrigo Vessoni/Meu Timão

Um grupo de conselheiros do Corinthians analisou dois contratos vigentes entre o clube e a Omni. Ao portal Uol, a comissão provou que o Timão tem levado prejuízo em ambos os vínculos, e que a empresa, presente no Parque São Jorge desde 2007, é quem mais tem a ganhar com os acordos assinados pelo ex-presidente Andrés Sanchez.

O primeiro dos contratos tem ligação com a administração do estacionamento da Arena Corinthians. A Omni, que se coloca no mercado como empresa de tecnologia prestadora de serviços, assumiu a operação do estabelecimento em outubro de 2014, mas só obteve autorização para tal dois anos depois, em setembro de 2016.

De acordo com os conselheiros que decidiram destrinchar o vínculo, a Omni embolsa 70% da receita líquida do estacionamento da Arena, enquanto os 30% restantes são repassados ao Corinthians, dono do espaço. Os impostos são deduzidos da renda bruta.

Para piorar, o Corinthians não possui sequer controle sobre o negócio. Por exemplo, apenas a Omni tem poder para rescindir o acordo – por parte do Timão, a aliança só seria quebrada caso a empresa não pagasse ao clube os valores devidos ou descumprisse alguma cláusula firmada.

Leia também:
Andrés Sanchez diz que Omni é a melhor empresa do Brasil e garante que lucro é irrisório
Arena, Roberto de Andrade, naming rights, Tite, eleição, Carille... Andrés Sanchez fala ao Meu Timão

Fiel Torcedor ou 'Fiel Omni'?

Outro contrato que tem rendido dor de cabeça ao Corinthians se refere ao Fiel Torcedor, programa de fidelização do clube. A divisão dos lucros é complexa e envolve o número de membros ativos.

Levando em consideração o dinheiro arrecadado somente com os primeiros 15 mil sócios-torcedores, a Omni obtém remuneração de 75%. O Corinthians, 25%. Já dos valores obtidos com os associados de 15 mil a 25 mil, 60% são abocanhados pela prestadora de serviço, fazendo com que o Timão fature 40%.

A distribuição das receitas, portanto, é escalonada, e a equipe alvinegra só aumentará seus lucros com o Fiel Torcedor no momento em que obter mais sócios adimplentes. Atualmente, pouco mais de 124 mil corinthianos estão cadastrados no programa, o que coloca o Corinthians no topo do ranking dos clubes com mais associados.

O vínculo com a Omni ligado ao Fiel Torcedor já é motivo de preocupação para a Fiel há bastante tempo. No ano passado, o presidente Roberto de Andrade, pressionado pela torcida, articulou a quebra do contrato com a cúpula da Omni, mas não teve sucesso.

Leia também:
Satisfeito com mandato, Roberto de Andrade revela candidato que vai apoiar nas eleições
Ao menos três cargos já são disputados no Corinthians em caso de retorno de Andrés à presidência

Como dito acima, ambos os acordos tiveram aval de Andrés Sanchez, que presidiu o Corinthians entre 2007 e 2011 e participou diretamente do mandato de seu sucessor, Mário Gobbi (2012 a 2015).

Andrés, aliás, deve se candidatar ao cargo de presidente do Timão pelos próximos três anos. Ele é o principal nome para representar a chapa “Renovação e Transparência”, no comando da agremiação justamente desde 2007.

Veja mais em: Andrés Sanchez, Arena Corinthians, Parque São Jorge, Diretoria do Corinthians, Roberto de Andrade e Impeachment.

Veja Mais:

  • Com bandeirões e muita festa, Fiel incentivou Timão no último treino aberto

    Corinthians abre à torcida último treino antes do jogo da taça

    ver detalhes
  • Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    ver detalhes
  • Jô e Jadson voltaram a treinar no campo nesta quinta-feira

    Treino do Corinthians tem retornos, academia lotada e possível trote de despedida

    ver detalhes
  • Corinthians relembrou os dois títulos conquistados em 2017

    Nas redes sociais, Corinthians relembra dois títulos no ano e provoca antis

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes