Xodó do Barcelona, Paulinho relembra recusa de proposta em 2011 e 'fico' no Corinthians

Xodó do Barcelona, Paulinho relembra recusa de proposta em 2011 e 'fico' no Corinthians

Por Meu Timão

9.7 mil visualizações 43 comentários Comunicar erro

Paulinho já é tido como xodó pelos torcedores do Barcelona

Paulinho já é tido como xodó pelos torcedores do Barcelona

Foto: Divulgação / Site oficial do Barcelona

Hoje xodó de um dos mais renomados elencos de futebol do mundo, Paulinho poderia ter seguido um caminho totalmente diferente não fosse uma decisão (claramente acertada) tomada lá atrás em 2011, quando ainda era jogador do Corinthians. O volante do Barcelona, em entrevista concedida ao jornal local El Periódico, relembrou uma situação na qual recusou proposta da Inter de Milão para seguir no Timão comandado por Tite.

Leia também:
Corinthians recebe pagamento do Barcelona pela compra de Paulinho
Carille recorda passagem de Paulinho pelo Corinthians e 'festeja' transferência ao Barça
'Alto nível': passagem de Paulinho pelo Corinthians é citada por dirigente do Barcelona

No bate-papo com o veículo de imprensa catalão, Paulinho citou Tite e Ralf como personagens da história que selou sua permanência no Corinthians em 2011. Na ocasião, o volante disputava o título do Brasileirão daquela temporada (que viria a ser conquistado). No ano seguinte, se consagraria campeão da Libertadores e do Mundial de Clubes da Fifa.

"Foi Tite que me deu a oportunidade de ser campeão de tudo. Tenho grande conexão com ele. Me ajudou muito, por exemplo, em 2011. Eu tinha algumas ofertas. Meu agente então me chamou para conversar no centro de treinamento do Corinthians: 'Tem oferta da Inter, mas tem de decidir hoje mesmo, em cinco minutos'. Entrei no vestiário chorando e Ralf, um dos meus companheiros, me perguntou o que estava acontecendo", lembrou.

"'Em cinco minutos tenho de decidir se vou para a Inter', respondi. Fui falar com Tite. Ele foi muito sincero comigo: 'A decisão é sua. Não creio que seja o melhor momento para sair, mas você quem decide'. Voltei para o vestiário com lágrimas nos olhos, pensei então e disse: 'Eu fico'. Me vesti rapidamente para treinar e, quando saí ao gramado, com um gesto com o polegar para cima apontando para Tite, fiz o sinal de que seguiria no Corinthians", completou.

Somente dois anos após tal episódio é que Paulinho deixou o Corinthians, vendido ao Tottenham, da Inglaterra. No Velho Continente, em princípio, não se deu bem. E acabou transferido ao Guangzhou Evergrande, da China. Somente no mês passado é que o volante titular da Seleção Brasileira foi "resgatado" por um gigante europeu: o Barcelona.

Algum arrependimento da recusa à famigerada proposta da Inter de Milão, Paulinho?

"Tomei a decisão em cinco minutos e não me arrependi de nada. Muito pelo contrário. Ganhamos todos os títulos e prolonguei minha bonita história com o Corithians. Aí em 2013 recebi duas ofertas, da Roma e do Tottenham. No Brasil já havia vendido tudo. Então fui para a Inglaterra, o Vilas-Boas, treinador, me queria muito", resumiu.

Superação

Paulinho, a exemplo do que aconteceu no Corinthians quando chegou desacreditado do Bragatino, teve de superar muitas críticas de torcedores e jornalistas da Catalunha para começar a se dar bem com a camisa do Barcelona - o primeiro gol pela equipe catalã, com direito a assistência de Messi, foi inclusive objeto de texto aqui no Meu Timão.

"Sempre passei por coisas parecidas nos clubes. Muita gente falava de mim, das minhas condições, do meu jogo, e você descobre que essa gente fala sem saber. Antes era muito difícil entender os comentários de pessoas que me maltratavam sem nem saber minha história ou da minha família, o que vivi e sofri. Me sucedi no Corinthians e agora aqui (no Barcelona). Também fui criticado quando saí do Bragantino. Nunca escutei nem deixei me abater por isso. Só quis trabalhar e dar meu melhor para minha família", desabafou.

Veja mais em: Paulinho, Ex-jogadores do Corinthians e Ídolos do Corinthians.

Veja Mais:

  • Carille mudou o time do Corinthians para o Dérbi

    Sem centroavante, Carille confirma escalação do Corinthians com três mudanças para Dérbi

    ver detalhes
  • Juninho Capixaba não será titular contra o Palmeiras neste sábado, na Arena

    Decisão de preservar Juninho foi tomada após conversa olho no olho de Carille com o jogador

    ver detalhes
  • Matheus Matias está liberado para atuar, mas não será inscrito no Paulistão

    Sem Matheus, Corinthians confirma os dois últimos inscritos no Paulistão; jovem aparece no BID

    ver detalhes
  • Juninho Capixaba será opção para Carille no banco de reservas

    Com Capixaba, Corinthians relaciona 23 jogadores para o Dérbi

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes