Pai de Carlinhos entra na Justiça para cobrar dívida do Corinthians

Pai de Carlinhos entra na Justiça para cobrar dívida do Corinthians

Por Meu Timão

14 mil visualizações 143 comentários Comunicar erro

Carlinhos, já profissional, é considerado promessa da base do Corinthians

Carlinhos, já profissional, é considerado promessa da base do Corinthians

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians terá de responder judicialmente por mais um de seus inúmeros calotes dados a outros clubes e empresas representantes de atletas nos últimos anos. A ação da vez possui relação com a chegada do centroavante Carlinhos ao Timão, ainda em 2014. O pai do artilheiro da Copa São Paulo de juniores 2017 cobra mais de R$ 300 mil do clube. A informação foi publicada nesta terça-feira pelo site Espn.com.br.

Carlinhos, à época com 17 anos, foi adquirido pelo Corinthians junto ao Novorizontino. Para acertar a contratação de 50% dos direitos econômicos da jovem promessa, a equipe alvinegra decidiu dividir os R$ 500 mil solicitados pelo time do interior paulista da seguinte forma: uma parcela de R$ 100 mil; outras oito de R$ 50 mil, totalizando a pedida total.

Ocorre que a diretoria do Timão passou a dar indícios do calote poucos meses depois. No início de 2017, duas notificações extrajudiciais cobrando o valor devido foram enviadas ao clube. A cúpula alvinegra, então, realizou outros dois pagamentos de R$ 100 mil, mas voltou a atrasar o repasse ao Novorizontino e, assim, foi acionada na Justiça.

Leia também:
Com três reforços do profissional, Corinthians confirma dois amistosos do Sub-20 na Espanha
Evitando erros de familiares no futebol, Carlinhos revela seu maior conselheiro no Corinthians

Ainda segundo o portal, o processo tem como autores Carlos de Lima, pai do jogador, o técnico José Antonio Domingos e outras duas companhias: Jr. Souza Esporte e Marketing e I-9 Sports Gestão, Consultoria e Intermediações de Negócios. Ao todo, eles reivindicam R$ 336.418,90 do Corinthians, que ainda não foi notificado por nenhum oficial de Justiça.

Recentemente, o Timão ganhou imbróglios judiciais por dívidas referentes às negociações por Vilson, Kazim, Marlone, Vinícius Del’Amore, entre outros.

Veja mais em: Diretoria do Corinthians, Roberto de Andrade, Base do Corinthians e Carlinhos.

Veja Mais:

  • Clayson, Luan, Sornoza, Marciel e Matheus Matias: confira o vaivém no Corinthians neste fim de 2018

    Corinthians no mercado da bola: veja quem chega e quem sai do clube para 2019

    ver detalhes
  • Ramiro possui contrato com Grêmio até 2021; Timão contatou pai do atleta

    Corinthians consulta pai de Ramiro, do Grêmio, e mostra interesse no meia

    ver detalhes
  • Reunião do Conselho do Corinthians aconteceu no Parque São Jorge

    Conselho do Corinthians se reúne e aprova previsão orçamentária de 2019; Rosenberg causa irritação

    ver detalhes
  • Corinthians e São Paulo se enfrentaram pelas quartas de final da Copa RS

    Corinthians é derrotado pelo São Paulo nos pênaltis e dá adeus à Copa RS de 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes