Sub-20 do Corinthians é goleado por Deportivo La Coruña em amistoso na Espanha

Sub-20 do Corinthians é goleado por Deportivo La Coruña em amistoso na Espanha

Na Espanha, Sub-20 do Corinthians foi derrotado por 7 a 0 nesta quinta-feira

Na Espanha, Sub-20 do Corinthians foi derrotado por 7 a 0 nesta quinta-feira

Foto: Reprodução Youtube/Corinthians TV

Enquanto aqui no Brasil o relógio ainda marcava 15h, na Espanha, já às 20h, a bola rolava para o Sub-20 do Corinthians, que enfrentou o Deportivo La Coruña, em Coruña, e foi goleado por 7 a 0. O amistoso correspondeu ao 19º Torneio Victoria “Memorial Moncho Rivera”. O valor de 38 mil euros (cerca de 140 mil reais) arrecadado com o jogo será destinado ao fortalecimento de causas sociais.

Na ocasião, o técnico do Timãozinho, Dyego Coelho, mandou a campo uma equipe formada pelos seguintes jogadores: Filipe, Samuel, Thiago, Franklin, Igor; Renan Areias e Guilherme Mantuan; Ramon, Rodrigo Figueiredo e Marquinhos; Carlinhos. A partida foi exibida ao vivo pelo canal oficial do clube no YouTube, a CorinthiansTV.

Vale ressaltar que na tarde desta quarta-feira, o coletivo alvinegro foi goleado pelo Racing de Ferrol por 5 a 0, em jogo-treino.

Jogado equilibrado, mas com pouca criação

A partida entre os espanhóis e brasileiros começou agitada. Antes mesmo que o relógio apontasse o minuto inicial do confronto, o goleiro alvinegro Filipe teve de se atentar à jogada perigosa pelo lado esquerdo do gramado. Os donos da casa investiram em ligação direta e, novamente, chegaram bem pela esquerda.

Sem conseguir emendar uma jogada de contra-ataque nos momentos iniciais da partida, o Timãozinho teve de se concentrar em sua defesa, uma vez que o La Coruña fazia pressão por ali. Após reposição de bola de Filipe, os corinthianos tentaram avançar pela lateral-esquerda, mas a marcação adversária estava atenta e retomou a posse no fundo do campo.

Aos sete minutos, também pelo setor esquerdo, os visitantes ofereceram, pela primeira vez, perigo, em jogada protagonizada pelo atacante Carlinhos. Na sequência, os europeus responderam com contra-ataque e chutaram rumo ao gol do Timão, mas a pelota parou na defesa alvinegra.

Quando não encontravam espaços para tentar um lance promissor, os mandantes recuavam a bola para sua área defensiva e, assim, começavam a jogada de novo, de pé em pé. Marquinhos arrastou a marcação e tentou avançar à área, mas foi parado. O volante Renan Areias, aproveitando boa bola, mandou chute do meio-campo, mas a pelota passou direto pelo lado esquerdo do goleiro Francis.

Em seguida, após bola cruzada na área do Corinthians, o antagonista chegou com perigo a fim de cabecear, sem efetividade, no entanto. O Deportivo se manteve na intermediária alvinegra fazendo pressão. O time paulista, por sua vez, teve poucas chances de avançar para tentar abrir o placar do duelo. Mesmo quando recuperava a posse após erro dos antagonistas, os corinthianos não conseguiam segurar a pelota.

Em jogada pelo lado direito do campo, Carlinhos tentou se mandar rumo às redes, mas, bem marcado, foi desarmado. E a pressão seguiu. O La Coruña criou novo lance perigoso dentro da área do Timãozinho, que viu sua zaga afastar de cabeça.

Com um pouco mais de bola nos pés, os comandados do técnico Dyego Coelho passaram a criar mais. A questão é que, não finalizando para o fundo do gol, a garotada perdia a redonda e tinha de correr, uma vez que os espanhóis não diminuíram o ritmo, sempre se mandando em contra-ataque.

Aos 22 minutos, em cruzamento, os opositores se depararam com oportunidade promissora, entretanto a defesa do Timão afastou com chute forte. Aos 23 minutos, nova chance pela direita para os donos da casa. Aos 25, o meio-campista Rodrigo Figueiredo, capitão do time na ocasião, foi parado com falta e a bola seguiu com os brasileiros.

Aos 28 minutos, a jogada que mais apontou clareza de ser convertida no primeiro tento do jogo até então, saiu dos pés dos espanhóis, que mandaram chute cruzado e obrigaram o arqueiro Filipe se esticar e ver a bola passar muito próxima de suas redes.

A pressão, na grande maioria do tempo, foi protagonizada pelo Deportivo La Coruña. O time do Parque São Jorge pouco se aventurou no setor defensivo antagonista, sempre marcando bem os atletas rivais. Já aos 31 minutos, o volante Guilherme Mantuan, jogador do elenco profissional do Corinthians, tentou jogada pelo lado esquerdo, mas foi travado no fundo do campo.

Aos 35, Zakaria Bakkali, rival, recebeu bom passe e correu, sozinho, ficando cara a cara com o goleiro Filipe, que nada fez, já que o adversário mandou a bola para fora dos gramados. Carlinhos devolveu o perigo na área do La Coruña, sem conseguir finalizar bem. Aos 36 minutos, novo perigo levado pelos europeus pelo lado esquerdo, abafado, contudo, pelos corinthianos.

A partida, a essa altura, já estava mais disputada, com o Corinthians tendo mais espaço para a criação de jogadas, mas, também, para marcar e defender. Em troca de passes depois de escanteio cobrado pelos opositores, os brasileiros tentaram emendar contra-ataque, mas a defesa do Desportivo chegou rasgando para afastar pela lateral do campo.

Aos 40 minutos, porém, o Deportivo encontrou as redes com Oscar Pinchi, de rebote, e inaugurou o marcador. 1 a 0. Os visitantes mantiveram o estilo de jogo, com o arqueiro Filipe, inclusive, apoiando seus companheiros e pedindo reação. Ainda houve tempo para que Rodrigo Figueiredo se machucasse e caísse no gramado, nada grave porém. Com esse panorama, o árbitro do duelo mandou as equipes para o vestiário. Fim do primeiro tempo.

E veio a goleada!

De volta para a etapa complementar do confronto, o Corinthians esboçou, nos instantes iniciais, uma postura mais ofensiva, chegando à área com Carlinhos e Marquinhos, mas tendo chance afastada pela zaga opositora. Trabalhando a bola em sua defesa, o Deportivo trocou passes até encontrar espaço para avançar, o fazendo pelo lado esquerdo do campo e exigindo que o arqueiro Filipe espalmasse a bola.

Pouco depois, o Corinthians tentou contra-atacar, mas foi parado. Em seguida, após cobrança de escanteio feita pelos adversários, Raul Albentosa encontrou a bola nos pés e chutou rasteiro no canto do gol alvinegro, ampliando, antes dos cinco minutos de jogo, o placar para 2 a 0.

O La Coruña seguiu pressionando. Mesmo à frente no marcador, buscou converter todas as suas jogadas em perigo para Filipe. Aos nove minutos, após nova cobrança de escanteio, os espanhóis chegaram com perigo novamente, dando em seguida, a chance dos corinthianos protagonizarem contra-golpe, que não deu em nada.

Filipe trabalhou na sequência, após bom chute em direção ao seu gol. Aos 11 minutos, entretanto, os donos da casa chegaram novamente com arremate. O arqueiro falhou na defesa e, no rebote, o Deportivo marcou. 3 a 0. Instantes depois, mais um gol dos mandantes, dessa vez anotado por Edu Exposto. 4 a 0.

O técnico Dyego Coelho sacou o volante Guilherme Mantuan e mandou a campo o também volante Guilherme Borges. A essa altura, os corinthianos se concentraram em seu setor defensivo, local onde Filipe fez duas ótimas defesas, uma seguida da outra.

Em meio a gritos pontuais de 'Vai, Corinthians', o Timãozinho se manteve no seu setor de defesa, com raríssimas vezes se lançando ao ataque. Lá e cá, a partida seguiu. Muito mais lá do que cá, uma vez que os paulistas tiveram em poucos momentos a bola nos pés. Aos 21 minutos, o arqueiro do Timão ficou cara a cara com Borja Valle e não conseguiu parar o atacante, que o encobriu e marcou mais um tento para a sua equipe. 5 a 0.

Na sequência, Filipe sofreu novo susto, dessa vez quando a pelota foi cruzada em sua área e passou por cima de suas redes. Com o relógio passando dos 30 minutos, após cruzamento na área, Luisinho encontrou a pelota e cabeceou para o fundo do gol. 6 a 0.

O Timãozinho teve boa chance com Carlinhos, mas a defesa do La Coruña chegou tranquila para retomar a posse. Já aos 37 minutos, mais uma oportunidade de deixar a goleada ainda mais elástica, não fosse a má pontaria do atacante rival. Um minuto depois, porém, mais um gol do Desportivo, assinado, de cabeça, por Raul Albentosa. 7 a 0. Sem tempo - e fôlego - para mais nada, o confronto foi encerrado.

O Sub-20 do Corinthians retorna ao Brasil na madrugada do próximo domingo. No sábado, entretanto, os jogadores da equipe de base que ficaram em São Paulo para a disputa do Campeonato Paulista entram em campo no estádio Alfredo Schürig, a Fazendinha, às 15h, para medir força com o Juventus. O jogo põe fim à fase de grupos do estadual.

Escalação do Deportivo La Coruña

Francis, Fernando Navarro, Bentosa, Çolak; Bakkali e Borja Valle; Bruno Gama, Gerard Valentín e Edu Exposto; Osmar Pinchi

Veja mais em: Base do Corinthians e Corinthians Sub-20.

Veja Mais:

  • Com bandeirões e muita festa, Fiel incentivou Timão no último treino aberto

    Corinthians abre à torcida último treino antes do jogo da taça

    ver detalhes
  • Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    ver detalhes
  • Volante pode seguir os passos de Arana, também revelado pelo Corinthians

    Por possível transferência, agente de Maycon viaja à Europa nesta semana

    ver detalhes
  • Jô e Jadson voltaram a treinar no campo nesta quinta-feira

    Treino do Corinthians tem retornos, academia lotada e possível trote de despedida

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes