Mesmo com dor, Jô garante presença na Bahia; atacante mantém sonho por Rússia

Mesmo com dor, Jô garante presença na Bahia; atacante mantém sonho por Rússia

Por Meu Timão

Panturrilha incomoda, mas Jô quer jogar na Bahia

Panturrilha incomoda, mas Jô quer jogar na Bahia

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Jô foi desfalque na partida contra o Cruzeiro na rodada passada devido a uma contratura na panturrilha direita. Com um tempo extra para se recuperar, devido à parada das Eliminatórias, o centroavante retornou à equipe diante do Coritiba e, como virou rotina, marcou um dos gols da equipe. Nesta sexta-feira, o camisa 7 comentou sobre o problema médico que, segundo ele, ainda o incomoda.

"É um músculo que vai te incomodar em qualquer movimento que você faça. Mas estou mais com cansaço, nada que preocupe para o próximo jogo. É um músculo que tem de ser cuidado, mas vou no meu limite para ajudar a equipe", explicou, garantindo que pretende estar em campo no domingo, no duelo contra o Bahia, em Salvador.

Leia também:
Com 21 gols, Jô diz que desempenho na temporada é acima do esperado até por ele
Cássio e Balbuena em preleção emocionante: 'Quem manda aqui somos nós!'
Dupla retorna contra o Bahia, mas Pablo ainda é dúvida no Corinthians

O atacante relacionou à situação de sua panturrilha ao desempenho da equipe diante dos paranaenses. Na visão de Jô, nessa reta final de campeonato, será preciso um sacrifício de todos os jogadores, independentemente da condição física.

"Depois do jogo eu falei na nossa oração final que independentemente da partida que a gente fez, em termos de técnica, voltamos a correr. Pude ver mais uma vez a entrega. Mesmo com um pouquinho de dor na panturrilha, tem que correr, ir para o sacrifício, isso é Corinthians. Fui feliz, dei um bom passe, o Léo (Príncipe) cruzou bem e conseguimos a virada. Vai ser assim até o fim do campeonato, até buscarmos o objetivo", afirmou.

Seleção Brasileira e fico em 2019

Jô voltou a falar sobre a possibilidade de disputar a Copa do Mundo de 2018, que será realizada em julho, na Rússia. O centroavante, que chegou a ser cotado para as convocações anteriores, garantiu que mantém esperança de ser um dos 23 jogadores chamados por Tite para defender a Seleção Brasileira. Mas sem criar falsa expectativa para não se frustrar...

"Eu estou muito tranquilo. Em relação à Seleção Brasileira, acho que é consequência do bom trabalho. Ainda tem as convocações até a lista final, e eu tenho trabalho. Como ele deixou em aberto, isso dá mais esperança ainda. Deixo tudo nas mãos de Deus. Tem pessoas competentes olhando, e temos de esperar a oportunidade", lembrou.

O camisa 7 também voltou a falar sobre a permanência no Corinthians na próxima temporada - ele já havia abordado o assunto após o duelo ainda na Arena. Com contrato até fim de 2019, o jogador se viu recentemente, por meio dos jornais italianos, em meio à possibilidade de um retorno à Europa, mais precisamente no futebol italiano.

"Sobre a questão da permanência, eu tenho contrato. Sou muito grato ao Corinthians por ter confiado em mim. Tem sondagens e especulações, mas isso é uma coisa natural para o artilheiro do líder do campeonato. Vou ficar tranquilo, ir passo a passo e depois entrar de férias para lá na frente não ser julgado", finalizou.

Veja mais em: , Corinthianos na Seleção e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • O Timão não conseguiu passar pelo Sorocaba na tarde deste domingo

    Gol ilegal e confusão da torcida: Corinthians/UNIP fica com o vice da Liga Paulista de Futsal

    ver detalhes
  • Carille comanda o Corinthians apenas nesta segunda no Rio de Janeiro

    Sem jogo do Corinthians, domingo tem encontro importante na briga pelo título; veja jogos e tabela

    ver detalhes
  • Corinthians/Guarulhos disputou a segunda rodada da Superliga de Vôlei neste domingo

    De virada, Corinthians/Guarulhos vence Minas e conquista primeira vitória na Superliga

    ver detalhes
  • Léo Príncipe, Maycon e Fagner estão na lista de jogadores divulgada pelo Corinthians

    Sem Pablo e Pedrinho, Corinthians relaciona 22 jogadores contra o Botafogo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes