Corinthians mantém domínio, mas tem posições ameaçadas na seleção da Bola de Prata

Corinthians mantém domínio, mas tem posições ameaçadas na seleção da Bola de Prata

Por Meu Timão

1.2 mil visualizações 22 comentários Comunicar erro

Cássio e Guilherme Arana estão bem perto de perder lugar na seleção Bola de Prata

Cássio e Guilherme Arana estão bem perto de perder lugar na seleção Bola de Prata

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Dominando a seleção da Bola de Prata desde o primeiro turno, o Corinthians começa a ter seus principais nomes ameaçados na lista dos melhores do Brasileirão. Com a queda de desempenho individual nas últimas partidas, pelo menos três dos cinco presentes na equipe ideal do campeonato podem perder suas posições em breve.

Até a 27ª rodada, Cássio, Fagner, Balbuena, Guilherme Arana e Jô são os alvinegros presentes na seleção da Bola de Prata, da Espn. Jô e Fagner seguem liderando bem suas posições. O lateral tem nota média de 5,70 e lidera com folga - 0,26 a frente de Rodinei, do Flamengo. O centroavante, por sua vez, tem 6,63 e lidera também a briga pela Bola de Ouro.

A lista de jogadores que têm sua posição ameaçada começa com Cássio. Embora esteja na segunda colocação geral da Bola de Ouro, o arqueiro corinthiano já vê Vanderlei, do Santos, se aproximar. Com 6,62 de média, o camisa 12 alvinegro está apenas 0,08 a frente do jogador do rival.

Leia também:
Jô cobra concentração do Corinthians e comenta ida de Cássio à área do Bahia: 'Desnecessário'
Corinthians retoma maior média de público do país em 2017
Mesmo na reserva, Marquinhos Gabriel e Clayson são os maiores garçons do Corinthians no BR-17

O caso é parecido com o do lateral Guilherme Arana. Após a 27ª rodada do Brasileirão, apenas 0,06 pontos separam o corinthiano de Fábio Santos, ex-jogador alvinegro. O camisa 13 do Timão tem 5,75 de nota média. Quem já perdeu uma posição foi Balbuena. Antes líder entre os zagueiros, agora o paraguaio ocupa o segundo lugar da posição, com 6,14 - 0,07 atrás de Pedro Geromel, do Grêmio. Apesar da queda, ele se mantém na seleção, com vantagem de 0,18 para o terceiro melhor defensor do Brasileirão.

A queda das notas é um reflexo do desempenho coletivo abaixo da expectativa dos comandados de Carille. Durante o primeiro turno, o time alvinegro tinha vários nomes entre os cinco primeiros de cada posição. Agora, apenas Rodriguinho, Pablo e Gabriel aparecem nos ranking. O meia tem a terceira melhor nota da posição, enquanto zagueiro e volante ocupam a quarta na sua função.

Veja mais em: , Cássio, Fagner, Balbuena e Guilherme Arana.

Veja Mais:

  • Sub-20 faz clássico contra o São Paulo em final da Copa do Brasil

    Libertadores, Brasileirão e decisão no Sub-20: a agenda do Corinthians na semana

    ver detalhes
  • Roger fez seu primeiro gol pelo Corinthians

    Corinthians cede empate ao Sport e perde chance de reassumir liderança do Brasileirão

    ver detalhes
  • Juninho Capixaba não agradou a Fiel em Recife

    Carille analisa atuação e projeta melhora defensiva de Capixaba; torcida critica lateral

    ver detalhes
  • Corinthiano Mantuan durante jogo contra o Sport, pelo Campeonato Brasileiro

    Fiel 'esquece' Roger e elege dois defensores como craques do Corinthians no empate contra Sport

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes