Corinthians mantém domínio, mas tem posições ameaçadas na seleção da Bola de Prata

Corinthians mantém domínio, mas tem posições ameaçadas na seleção da Bola de Prata

Por Meu Timão

Cássio e Guilherme Arana estão bem perto de perder lugar na seleção Bola de Prata

Cássio e Guilherme Arana estão bem perto de perder lugar na seleção Bola de Prata

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Dominando a seleção da Bola de Prata desde o primeiro turno, o Corinthians começa a ter seus principais nomes ameaçados na lista dos melhores do Brasileirão. Com a queda de desempenho individual nas últimas partidas, pelo menos três dos cinco presentes na equipe ideal do campeonato podem perder suas posições em breve.

Até a 27ª rodada, Cássio, Fagner, Balbuena, Guilherme Arana e Jô são os alvinegros presentes na seleção da Bola de Prata, da Espn. Jô e Fagner seguem liderando bem suas posições. O lateral tem nota média de 5,70 e lidera com folga - 0,26 a frente de Rodinei, do Flamengo. O centroavante, por sua vez, tem 6,63 e lidera também a briga pela Bola de Ouro.

A lista de jogadores que têm sua posição ameaçada começa com Cássio. Embora esteja na segunda colocação geral da Bola de Ouro, o arqueiro corinthiano já vê Vanderlei, do Santos, se aproximar. Com 6,62 de média, o camisa 12 alvinegro está apenas 0,08 a frente do jogador do rival.

Leia também:
Jô cobra concentração do Corinthians e comenta ida de Cássio à área do Bahia: 'Desnecessário'
Corinthians retoma maior média de público do país em 2017
Mesmo na reserva, Marquinhos Gabriel e Clayson são os maiores garçons do Corinthians no BR-17

O caso é parecido com o do lateral Guilherme Arana. Após a 27ª rodada do Brasileirão, apenas 0,06 pontos separam o corinthiano de Fábio Santos, ex-jogador alvinegro. O camisa 13 do Timão tem 5,75 de nota média. Quem já perdeu uma posição foi Balbuena. Antes líder entre os zagueiros, agora o paraguaio ocupa o segundo lugar da posição, com 6,14 - 0,07 atrás de Pedro Geromel, do Grêmio. Apesar da queda, ele se mantém na seleção, com vantagem de 0,18 para o terceiro melhor defensor do Brasileirão.

A queda das notas é um reflexo do desempenho coletivo abaixo da expectativa dos comandados de Carille. Durante o primeiro turno, o time alvinegro tinha vários nomes entre os cinco primeiros de cada posição. Agora, apenas Rodriguinho, Pablo e Gabriel aparecem nos ranking. O meia tem a terceira melhor nota da posição, enquanto zagueiro e volante ocupam a quarta na sua função.

Veja mais em: , Cássio, Fagner, Balbuena e Guilherme Arana.

Veja Mais:

  • Depois de quase deixar o Timão no início do ano, Rodriguinho não pensa em sair

    Rodriguinho 'esquece' Europa e evita pensar em Seleção: 'Outros estão na minha frente'

    ver detalhes
  • Reunião da comissão técnica deve vetar férias antecipadas no Corinthians

    Reunião da comissão técnica deve vetar férias antecipadas no Corinthians

    ver detalhes
  • Nesta quarta-feira, o Timãozinho perdeu o Dérbi por 1 a 0

    Corinthians é superado na Arena e decide título da Copa do Brasil Sub-17 fora de casa

    ver detalhes
  • Os dois únicos tricampeões pelo Corinthians

    VÍDEO: Os dois únicos tricampeões pelo Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes