Atacante do Corinthians é conduzido por policiais a prestar esclarecimentos no Rio

Atacante do Corinthians é conduzido por policiais a prestar esclarecimentos no Rio

Por Meu Timão

89 mil visualizações 235 comentários Comunicar erro

Clayson falou com a imprensa brevemente: 'Não foi nada demais'

Clayson falou com a imprensa brevemente: 'Não foi nada demais'

Foto: Larissa Lima/Meu Timão

A confusão que marcou o fim de jogo entre Corinthians e Botafogo, na noite desta segunda-feira, no Rio de Janeiro, se estendeu para os bastidores do Estádio Nilton Santos. E pior para o atacante Clayson, do Timão.

Conforme reportado pelas equipes de imprensa presentes no estádio, Clayson foi conduzido ao JECRIM (Juizado Especial Criminal), na unidade localizada no próprio Nilson Santos, acusado de empurrar policiais do GEPE (Grupamento Especial de Policiamento em Estádios).

Leia também: Classificação atualizada: Corinthians tropeça de novo e vê ameaça real ao título do Brasileirão

Após alguns minutos prestando esclarecimento, Clayson foi liberado e falou brevemente com os jornalistas: "Não foi nada demais, cheguei a empurrar na confusão", disse o atacante, que teria tirado a mão de um policial de seu peito.

"Até achei que era do quadro de arbitragem. Só coloquei a mão, abaixei a mão dele", falou.

A confusão citada por Clayson aconteceu logo após o apito final, quando jogadores do Corinthians cercaram a equipe de arbitragem para reclamar de um pênalti não marcado em Jô no último lance da partida. Policiais foram até o local proteger o árbitro Rodrigo Batista.

Veja o 'empurrão' de Clayson

Nota atualizada às 23h31.

Veja mais em: Clayson.

Veja Mais:

  • Elenco fez trabalhos com bola na manhã desta segunda-feira

    Com quatro dúvidas, Corinthians faz penúltimo treino antes de retorno do Brasileirão

    ver detalhes
  • Jonathas (ao fundo) e Avelar (de colete azul) durante treino do Corinthians

    Corinthians aguarda documentações de Avelar e Jonathas, mas acredita em tudo 100% até quarta

    ver detalhes
  • Lateral foi titular em quatro partidas da Copa do Mundo

    Fagner reconhece valorização por Copa, mas não descarta saída do Corinthians

    ver detalhes
  • Último centroavante promovido da base, Carlinhos teve poucas oportunidades entre os profissionais

    Não é só Marciel: Corinthians possui ligação com outros cinco jogadores do Oeste, da Série B

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes