Prodígio de 17 anos do Corinthians/Audax descreve gol do título da Libertadores feminina

Prodígio de 17 anos do Corinthians/Audax descreve gol do título da Libertadores feminina

Por Meu Timão

1.1 mil visualizações 19 comentários Comunicar erro

Ana Vitória conquistou a Libertadores com apenas 17 anos de idade

Ana Vitória conquistou a Libertadores com apenas 17 anos de idade

Foto: Divulgação

Uma jovem e talentosa jogadora do Corinthians/Audax já tem história para contar. E que história! Ana Vitória, de apenas 17 anos de idade, foi a autora do gol do título da Libertadores feminina, em final disputada no último sábado, decidida nas penalidades.

Conforme divulgado pela assessoria de imprensa da atleta nesta quarta-feira, Ana Vitória descreveu o épico gol do título: desde o momento em que se encaminhava até a marca da cal até o instante em que as redes balançaram no estádio de Assunção, no Paraguai.

"A única coisa que passou em minha cabeça naquele momento era o modo de como iria bater o pênalti, pois estava bastante concentrada. Na hora da cobrança era como tivesse apenas eu, a bola e a goleira no estádio, mas eu estava muito concentrada e tive a felicidade em converter a cobrança e de certo modo ajudar a minha equipe", declarou.

Ana Vitória chegou ao Corinthians/Audax no começo deste ano. Ela vinha se destacando com a camisa do Rondonópolis, de Mato Grosso. Não à toa, acumula diversas passagens pelas categorias de base da Seleção Brasileira.

"Individualmente falando o ano foi bastante produtivo, muito bom, minha primeira temporada no futebol feminino profissional, consegui desenvolver um bom trabalho em uma grande equipe (...) O título da Libertadores veio para coroar um ano que foi extremamente produtivo. Para mim esse título significa que estou no caminho certo e estou sendo bem guiada", disse.

Vale lembrar que o Corinthians/Audax conquistou a taça inédita e invicta da Libertadores feminina após empatar sem gols com o Colo-Colo, do Chile, e vencer a decisão por pênaltis.

Veja mais em: Futebol feminino.

Veja Mais:

  • Mauro da Silva (auxiliar), Duílio Monteiro Alves (diretor-adjunto de futebol) e Alessandro (gerente) durante um dos treinos no CT

    Diretoria assume dificuldade por um 9: 'Futebol na América do Sul pagando salários de Europa'

    ver detalhes
  • Duilio Monteiro Alves, diretor-adjunto de futebol do Corinthians

    Diretor do Corinthians sobre renovação de Balbuena: 'Não podemos dar um passo maior do que a perna'

    ver detalhes
  • Ainda não há confirmação se o treino na Arena será aberto à Fiel

    Diretor confirma treino na Arena Corinthians em véspera do clássico contra o Palmeiras

    ver detalhes
  • Matheus foi bastante acionado em seu primeiro treino com bola no Corinthians

    Gol de Matheus, ausência de Balbuena e evolução de Juninho: treino pré-Dérbi do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes