Diretoria admite Corinthians abaixo de rivais no mercado, mas traça estratégia para 2018

Diretoria admite Corinthians abaixo de rivais no mercado, mas traça estratégia para 2018

Por Meu Timão

Alessandro prometeu elenco qualificado para Carille em 2018

Alessandro prometeu elenco qualificado para Carille em 2018

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

"Isso é um tema extremamente importante para todos os clubes, como para o Corinthians nesse momento. É um momento importante de busca de título, mas também de olhar para frente, para 2018 como planejamento. Estamos fazendo já desde alguns meses atrás, antes mesmo de oficializarmos a renovação no Carille, já vínhamos conversando sobre atletas, sobre composição de elenco, já vinha desenhando o que ele imagina para 2018 e temos ciência de bastante coisa."

A fala acima foi pronunciada pelo ex-lateral e atual gerente de futebol do Corinthians Alessandro Nunes, nesta sexta-feira, em entrevista ao programa Bate Bola, da ESPN Brasil. Durante entrevista à emissora, o dirigente alvinegro se aprofundou nas explicações a respeito da postura do Timão no mercado da bola para a temporada de 2018.

Leia também: Alessandro confirma que Corinthians monitora situação de lateral rival; Carille faz elogios

Grosso modo, o torcedor do Corinthians pode esperar uma postura bastante ativa do clube nas negociações por possíveis reforços. O que não se verá no CT Joaquim Grava, por outro lado, são investimentos altos em novos jogadores. Contratação a custo baixo é a bola da vez:

"Tem um lado financeiro que ele não é nada fácil para o futebol brasileiro, a dificuldade de você viabilizar uma aquisição hoje envolvendo valores, hoje, ela é complexa, todos nós sabemos. Ao término do ano a gente espera direcionar, intensificar um pouco mais essa parte econômica para alguns atletas qualificarem tecnicamente o elenco, que é o que mais precisamos. Você vem de uma temporada como essa, vem de título do 1º turno, briga pelo 2º turno… É óbvio que o torcedor cria uma expectativa muito maior em 2018. Então precisamos atender essa expectativa com bastante cuidado e segurança, comprometimento com as finanças do clube", argumentou Alessandro.

Leia também:
Presidente do Corinthians confirma interesse em meia do Bahia e possível troca
Segundo portal, Corinthians é favorito para contratar centroavante do Botafogo
Pablo diz que voltou a conversar com o Corinthians e mantém confiança: 'Quero ficar'

Outro ponto a se destacar entre as promessas da diretoria do Corinthians para 2018 é a manutenção do elenco. A tendência, ao menos de acordo com as expectativas da alta cúpula alvinegra, é se desfazer do menor número possível de jogadores - assumindo assim uma postura distinta da vista nas últimas temporadas no clube do Parque São Jorge.

"Esse trabalho, quando não se tem recursos econômicos importantes, se intensifica mais ainda. A busca de atletas, as avaliações, o monitoramento, a relação no mercado com os empresário e com os clubes ela tem de ser maior e isso estamos fazendo pontualmente. Porque sabemos que não vamos fazer uma revolução no nosso elenco, pelo contrário. Eles provaram competência ao longo do ano, então a manutenção desse elenco ela é importante e o acréscimo técnico ela é normal", explicou o gerente.

Por fim, Alessandro fez questão de ressaltar que o Corinthians, ao contrário de dois ou três rivais do futebol brasileiro, não tem poder econômico para cometer "grandes loucuras" na próxima janela de transferências. Ainda assim, mostrou-se otimismo na melhora do elenco para a disputa das competições da próxima temporada:

"Mas lembrando que o mercado hoje ele não é favorável. Com exceção de duas, três equipes que tem um poder econômico bastante importante e fazem aquisições bem expressivas e não é o caso do Corinthians. Mas o torcedor tenha a confiança, assim como está tendo esse ano, pode acreditar que 2018 vai ser melhor ainda. E nosso desafio é melhorar a qualidade técnica da equipe para 2018 e nós faremos isso para o Carille", declarou Alessandro.

Veja mais em: Mercado da bola e Alessandro.

Veja Mais:

  • Com saída de Adriano, Marquinhos herdou a camisa 10 do Timão na Libertadores 2012

    Campeão em 2011, Marquinhos diz ter celebrado hepta do Corinthians e ensaia retorno

    ver detalhes
  • Golaço de Rodriguinho sobre o Sport entrou em vídeo de emissora italiana

    Canal de esportes da Itália produz vídeo com cinco gols mais belos do hepta do Corinthians

    ver detalhes
  • Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    ver detalhes
  • Com bandeirões e muita festa, Fiel incentivou Timão no último treino aberto

    Corinthians abre à torcida último treino antes do jogo da taça

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes