Arana fala em jogo da vida, cita algodão na orelha e brinca com o amigo palmeirense

7.4 mil visualizações 40 comentários

Arana falou sobre a vitória no Dérbi

Arana falou sobre a vitória no Dérbi

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Uma das músicas mais cantadas neste domingo na Arena Corinthians falava em jogo da vida, para mostrar aos jogadores a importância de vencer o Palmeiras. Após o triunfo por 3 a 2, o lateral-esquerdo Guilherme Arana garantiu que o Dérbi válido pelo returno do Brasileirão foi o jogo mais importante de sua carreira - jogador tem 20 anos.

"Antes do jogo, trocando mensagens com meus amigos, eu falei que seria o jogo mais importante da minha vida. Graças a Deus, saímos com a vitória", afirmou.

Leia também:
Veja as selfies tiradas por Romero em campo no clássico entre Corinthians e Palmeiras
Felipe Melo arremessa objeto em Clayson; corinthiano responde em entrevista
Carille exalta ano 100% em Dérbi, mas faz alerta sobre euforia do Corinthians

Um dos amigos que trocou mensagem com Arana foi Rafael Bu, citado após o triunfo alvinegro no Allianz Parque. Palmeirense, o amigo de Arana o questionou antes de a bola rolar em Itaquera.

"Antes do jogo, ele perguntou se eu estava nervoso. A gente sempre tem um friozinho na barriga, que é normal. Eu falei para ele que seria o jogo mais importante da minha vida", repetiu.

Arana falou mais do melhor amigo. E brincou com seu humor após a terceira vitória do Timão no Dérbi nesta temporada.

"Independentemente do resultado, a gente tá junto, deixando o clubismo de lado, é meu irmão, meu amigo. Agora vou pra casa, vou chamá-lo, ele deve estar um pouco bravo, mas é um parceiro que levarei para a vida toda", lembrou.

Algodão na orelha?

O camisa 13 voltou a jogar neste domingo. Após diversas apresentações ruins após retornar da lesão, Arana foi bem defensivamente e também ofensivamente. O jogador falou sobre a melhora e de como foi conviver com as críticas.

"A gente sabia que faltava um algo a mais, falando de mim mesmo: eu não vinha tão bem depois da lesão, estava muito abaixo. Concentração, treinamento... fiz uma excelente partida. No clássico deve ser sempre assim, sempre concentrado", afirmou.

"Muitos se machucaram, também era o que todos falavam no começo do ano: que era a quarta força, não ia brigar por nada. Mas o algodãozinho estava na ouvido, deixando as críticas de lado, trabalhando forte em busca de fazer o melhor", completou.

Veja mais em: Arena Corinthians, Guilherme Arana e Dérbi.

Veja Mais:

  • Arthur Cabral foi cogitado para o ataque do Corinthians

    Mercado da bola do Corinthians: atacante cogitado, movimentações no feminino e situação de Siston

    ver detalhes
  • Arthur Cabral, do Basel, passou a fazer parte das ideias do Corinthians no setor

    Corinthians discute nome de centrovante ex-Palmeiras convocado por Tite, diz site

    ver detalhes
  • Diogo Siston deve deixar o Corinthians

    Diogo Siston deve deixar o Corinthians após eliminação na Copinha; clube já estuda substitutos

    ver detalhes
  • Cacau ainda não teve seu futuro definido pelo Corinthians

    Atacante ainda sem destino anunciado pelo Corinthians é apontada como reforço de rival

    ver detalhes
  • Mantuan foi um dos pedidos da Fiel para Sylvinho em 2021

    Mantuan começa temporada como atacante de referência e pode desbancar Jô no Corinthians

    ver detalhes
  • Liana Salazar é o quarto reforço do Corinthians para a temporada

    Experiência internacional e toque de classe: saiba quem é Salazar, reforço do Corinthians Feminino

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x