Corinthians garante dois títulos no mesmo ano pela oitava vez; relembre temporadas super campeãs

1.5 mil visualizações 19 comentários Comunicar erro

Goleiro Cássio ergue taça do Paulistão 2017, a primeira do Timão no ano

Goleiro Cássio ergue taça do Paulistão 2017, a primeira do Timão no ano

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

O heptacampeonato brasileiro do Corinthians, consumado na noite desta quarta-feira, na Arena, em Itaquera, representa um feito pouco comum na história do clube. Pela oitava vez, o Timão, também campeão paulista 2017, coleciona dois títulos numa mesma temporada.

No primeiro semestre, a equipe de Fábio Carille, rotulada por parte da imprensa como “quarta força de São Paulo”, bateu os principais adversários e faturou o Estadual. O trabalho de sucesso foi mantido para o Campeonato Brasileiro, e o esquadrão, que chegou a ficar 34 jogos sem perder, conquistou a Série A com três rodadas de antecipação.

LEIA MAIS ESPECIAL:
Os números e os momentos marcantes da campanha do Corinthians até o hepta brasileiro
Corinthians se torna maior campeão da era dos pontos corridos do Brasileirão
Segundo mais jovem treinador campeão brasileiro pelo Corinthians, Carille repete feitos de 95 e 99
Sem fax! Corinthians ultrapassa rivais e se isola como maior campeão brasileiro desde 1971
Danilo iguala Dinei e se torna o segundo tricampeão brasileiro da história do Corinthians
Arena Corinthians, três títulos em três anos; Fiel, maior média do Brasileiro pela décima vez
Jô: segundo título brasileiro, artilheiro de tudo, recordes empilhados e consagrado no Corinthians
O goleiro que virou lenda: Cássio conquista o sétimo título em seis temporadas de Corinthians
Com hepta do Brasileirão, Corinthians se isola como maior campeão da década no país
Décadas douradas em preto e branco: Corinthians conquista 20º título em 20 anos
Copinha vira talismã e Corinthians volta a ganhar título no mesmo ano; relembre conquistas
Com estaduais à parte, Corinthians é o maior vencedor do futebol brasileiro no Século 21
Dois Brasileiros em três anos! Atual elenco do Corinthians possui doze remanescentes de 2015

O Corinthians só havia obtido duas taças no mesmo ano em outras sete oportunidades – relembre todas abaixo. Nem em 2015, quando o Timão contou com o retorno de Tite ao comando técnico e celebrou o hexacampeonato ao término da temporada, tal feito ocorreu.

Para conferir a lista completa de títulos do Corinthians aqui no Meu Timão, clique aqui.

Relembre as outras sete temporadas em que o Corinthians colecionou duas taças

#1) 1942

Timão despachou Palmeiras na decisão do Quinela de Ouro

Timão despachou Palmeiras na decisão do Quinela de Ouro

Arquivo/Folha da Noite

O Timão, à época estrelado pelo ídolo e artilheiro Uriel Fernandes, o Teleco, conquistou o Torneio Quinela de Ouro (também chamado de Taça Supremacia) e a Taça Cidade de São Paulo. Foi a primeira vez que a equipe do Parque São Jorge ergueu dois troféus de expressão em uma única temporada.

#2) 1995

Primeira Copa do Brasil do Timão foi conquistada sobre o Grêmio

Primeira Copa do Brasil do Timão foi conquistada sobre o Grêmio

Reprodução

Tal feito voltaria a se repetir cinco décadas depois, em 1995. Sob a condução de Eduardo Amorim, que assumiu o comando técnico após a saída de Mário Sérgio, o Corinthians se sagrou campeão paulista e da Copa do Brasil, obtendo assim a classificação à Copa Libertadores da América de 1996. Ronaldo Giovanelli, Sylvinho, Marcelinho Carioca e Viola defenderam as cores alvinegras em campo naquele ano.

#3) 1999

Time de 1999 também chegou às quartas da Libertadores, mas foi derrotado pelo arquirrival

Time de 1999 também chegou às quartas da Libertadores, mas foi derrotado pelo arquirrival

Reprodução

Um dos grupos mais vencedores da história do Corinthians. Assim pode ser classificado o elenco de 1999, campeão do Campeonato Paulista e do Campeonato Brasileiro. Na época em questão, o time alvinegro, formado por atletas como Gamarra, Vampeta, Rincón e Marcelinho, esbanjava bom futebol e conquistava taças como ninguém. A bem dizer, a equipe venceria também o Mundial organizado pela Fifa, pela primeira vez, no ano seguinte, contra o Vasco, no Maracanã.

#4) 2002

Foto do elenco campeão da Copa do Brasil 2002

Foto do elenco campeão da Copa do Brasil 2002

Reprodução

O torcedor corinthiano mal havia festejado o Mundial de Clubes (2000) e o bicampeonato brasileiro (1998 e 1999) e logo voltou a soltar o grito de campeão. Em 2002, um Corinthians composto por jogadores do porte de Dida, Vampeta, Fábio Luciano, Kléber, Gil, Ricardinho e Deivid (goleador daquela equipe) conquistou o Torneio Rio-São Paulo e a Copa do Brasil (a segunda do clube). Destaque para a campanha do Timão no mata-mata: sete vitórias, dois empates e só duas derrotas em 11 partidas.

#5) 2009

No vestiário do Beira-Rio, Dentinho e Ronaldo posam com a taça da Copa BR

No vestiário do Beira-Rio, Dentinho e Ronaldo posam com a taça da Copa BR

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A temporada 2009 representa capítulo à parte na história alvinegra. Afinal, ela marcou o início da era Ronaldo Fenômeno no Timão (que pouco durou, é verdade) e a mudança de status do clube nos cenários nacional e internacional. Um ano depois de vencer a Série B, a equipe do Parque São Jorge, liderada por R9 e o técnico Mano Menezes, levantou os troféus do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil. Detalhe: gol do então centroavante em ambas as decisões, contra Santos e Internacional.

#6) 2012

Invicto, Corinthians venceu inédita Libertadores em 2012

Invicto, Corinthians venceu inédita Libertadores em 2012

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

O Corinthians acabara de ser pentacampeão brasileiro, mas a pressão para que o time conquistasse a América, feito jamais alcançado, era colossal. Sob o comando de Tite, hoje à frente da Seleção Brasileira, o Timão fez campanha histórica na Libertadores e foi campeão invicto, com direito a triunfo sobre o antes temido Boca Juniors, da Argentina. Já no Mundial, disputado no Japão, vitória diante dos ingleses do Chelsea. Inesquecível!

#7) 2013

Em 2013, Renato Augusto encobriu Ceni e ajudou Corinthians a levar Recopa

Em 2013, Renato Augusto encobriu Ceni e ajudou Corinthians a levar Recopa

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Ressaca que nada! Na temporada seguinte à que foi bicampeão mundial, o Corinthians não tirou o pé do acelerador. Reforçado pelas contratações de Gil, Renato Augusto e Alexandre Pato, o time de Tite voltou a vencer o Paulistão e, por ser o atual campeão da Libertadores, ganhou a chance de jogar a Recopa Sul-Americana contra um de seus principais rivais, São Paulo. Dois Majestosos, duas vitórias corinthianas e festa da Fiel no estádio do Pacaembu.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil, Títulos do Corinthians, História do Corinthians, Jogos Históricos e Heptacampeonato brasileiro.

Veja Mais:

  • Marllon deve formar dupla com Bruno Méndez no embate com o Cruzeiro no sábado

    Corinthians se reapresenta, e Carille prepara zaga reserva para jogo contra o Cruzeiro

    ver detalhes
  • Corinthians não conseguiu forçar terceiro jogo final no torneio estadual

    Corinthians perde força nos dois últimos quartos e fica com o vice do Paulista de Basquete

    ver detalhes
  • Jogador tem passagens pela Seleção Brasileira

    Zagueiro com passagem pela Seleção Brasileira diz que sonha em jogar no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcedor foi agredido em frente à sub-sede da Torcida Jovem por passar pelo local com camisa do Corinthians

    Torcedor do Corinthians é agredido por integrantes de organizada do Santos

    ver detalhes
  • Vic Albuquerque durante comemoração do primeiro gol da vitória corinthiana

    Corinthians supera colombianas na Libertadores Feminina e encaminha vaga para próxima fase

    ver detalhes
  • Momento em que Dudu, do Goiás, toca na bola com o braço

    'Zerado' no primeiro semestre, Corinthians chega ao quarto pênalti em 2019; veja curiosidades

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: