Promovido aos 16 anos, Arana se despede do Corinthians domingo; relembre trajetória

4.2 mil visualizações 45 comentários Comunicar erro

Arana, em 2014, treinando com o Sub-20 no Parque São Jorge pouco antes de ser promovido

Arana, em 2014, treinando com o Sub-20 no Parque São Jorge pouco antes de ser promovido

Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Em meio à festa do heptacampeonato brasileiro prevista para o jogo entre Corinthians e Atlético-MG, a Arena, em Itaquera, será palco de ao menos um episódio triste neste domingo: a despedida de Guilherme Arana, que deve fazer sua última partida pelo Timão.

Conforme publicado semana passada aqui no Meu Timão, o Corinthians planeja utilizar jogadores titulares contra o Atlético-MG e reservas e/ou jovens oriundos da base diante do Sport, na última rodada do Brasileirão. Arana, portanto, não viaja para Recife.

O próprio lateral-esquerdo sinalizou sua saída do Corinthians após a confirmação do título, semana passada, na vitória por 3 a 1 sobre o Fluminense, também na Arena. Os torcedores, assim, terão uma última oportunidade de ver Arana de perto (e se despedir do jovem).

Guilherme Arana, de apenas 20 anos de idade, tem em mãos uma proposta do Sevilla, da Espanha. O jogador, que tem 40% dos direitos econômicos ligados ao Corinthians, entrou no radar do clube espanhol por indicação de Jorge Sampaoli, hoje técnico da seleção argentina.

Cria da base corinthiana, Arana fez parte da safra que revelou nomes como Malcom e Maycon. Foi promovido ao elenco profissional em 2014, com apenas 16 anos de idade, quando Mano Menezes era o técnico do Timão. Passou menos de três meses emprestado ao Atlético-PR em 2015 e então voltou ao elenco que seria hexacampeão brasileiro.

Leia também: Corinthians estabelece condição para vender Arana ao Sevilla

Titularidade e destaque vieram mesmo em 2017, sob comando de Fábio Carille. Logo que retornou do Sul-Americano Sub-20, pela Seleção Brasileira, assumiu a vaga então ocupada por Moisés (e cujo dono anterior era Uendel). E dali não saiu mais: foi eleito melhor lateral-esquerdo do último Paulistão e é disparado favorito ao posto na atual edição do Brasileirão.

Guilherme Arana foi um dos principais jogadores do Corinthians em 2017

Guilherme Arana foi um dos principais jogadores do Corinthians em 2017

Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

No total, em seus quatro anos como jogador profissional do Corinthians, Arana soma 85 jogos, três gols, nenhuma expulsão e três títulos. Números expressivos para um jogador ainda recém-formado e prestes a desbravar o mundo - com selo alvinegro de aprovação!

Estatísticas de Arana no Corinthians

Jogos disputados: 85

Vitórias: 50

Empates: 24

Derrotas: 11

Aproveitamento: 68.24%

Gols: 3

Cartões amarelos: 11

Expulsões: 0

Títulos de Arana no Corinthians*

Campeonato Brasileiro de 2015

Campeonato Paulista de 2017

Campeonato Brasileiro de 2017

*Leva em consideração apenas competições profissionais

Veja mais em: Guilherme Arana, Mercado da bola, Heptacampeonato brasileiro, Arena Corinthians e Torcida do Corinthians.

Veja Mais:

  • Janderson e Gustavo marcaram para o Timão

    Corinthians toma a virada, mas marca de pênalti no fim e empata com o Goiás

    ver detalhes
  • Janderson fez o primeiro gol do Corinthians no Serra Dourada

    Janderson faz o seu primeiro gol pelo time profissional do Corinthians

    ver detalhes
  • Timão bateu o Botafogo em casa por 3 a 0

    Corinthians vence o Botafogo e terá Majestoso pela frente no Brasileiro Sub-20

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians costuma levar bons públicos à Arena

    Para onde vai o dinheiro que a Fiel gasta com segundo ingresso mais caro do Brasil

    ver detalhes
  • Jogadores do Sub-23 do Corinthians e do Sub-20 do Canaã posam no CT da base do Timão

    Sub-23 do Corinthians perde amistoso contra time que se prepara para primeira Copinha

    ver detalhes
  • Araos está emprestado à Ponte Preta até o fim da temporada

    Araos quase faz golaço em estreia na Ponte Preta e ganha atenção na imprensa chilena

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: