Entre os maiores ídolos do Corinthians, Sócrates falecia há seis anos

960 visualizações 18 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Ídolo do Timão, Sócrates foi um dos pilares da Democracia Corinthiana

Ídolo do Timão, Sócrates foi um dos pilares da Democracia Corinthiana

Divulgação

No futebol, um jogador fica marcado, sobretudo, pelo que faz dentro de campo. No caso de Sócrates Brasileiro Sampaio de Souza Vieira de Oliveira foi diferente. Um dos grandes nomes da história do Corinthians, o ex-camisa 8 escreveu seu nome também por tudo que representava sem as bolas nos pés. Nesta segunda-feira, a morte do Doutor, como era conhecido, completa seis anos.

No mesmo dia em que perdeu o grande ídolo, a Fiel comemorou. Como era desejo do volante, Sócrates faleceu em um domingo com o Corinthians campeão. Horas depois da confirmação de sua morte, o Timão entrou em campo para enfrentar o Palmeiras. Precisando do empate para sagrar-se penta do Brasileirão, o time comandado por Tite segurou o 0 a 0 e ergueu o troféu e os punhos em homenagem ao Doutor.

Leia também:
Há seis anos, Corinthians empatava Dérbi e garantia pentacampeonato do Brasileirão
Relembre sete recordes impressionantes do Corinthians de Fábio Carille na temporada 2017

Mas, não foi só com inspiração que Sócrates ajudou a rechear a galeria de títulos do clube alvinegro. Dentro de campo, o histórico camisa 8 foi diretamente responsável pelas conquistas do Paulistão em 1982 e 1983. Além das conquistas, os anos também foram marcados pela Democracia Corinthiana, movimento liderado pelo jogador e que tinha como lema “Ganhar ou perder, mas sempre com democracia”.

Aquela equipe, liderada por Sócrates, Casagrande, Zenon, Biro-Biro, Zé Maria e Wladimir, a equipe foi uma das principais representantes da luta nacional pelo fim da ditadura no país.

Sócrates atuou 298 vezes com a camisa do Corinhtians, clube que defendeu durante seis anos. Nesse período, marcou 172 gols e conquistou o Campeonato Paulista em três oportunidades. O ex-volante deixou o Timão para reforçar a Fiorentina, da Itália. Mesmo assim, sua passagem pelo Parque São Jorge nunca é ou será esquecida pela torcida corinthiana.

Veja mais em: Ídolos do Corinthians.

Veja Mais:

  • Janderson e Gustavo marcaram para o Timão

    Corinthians toma a virada, mas marca de pênalti no fim e empata com o Goiás

    ver detalhes
  • Janderson fez o primeiro gol do Corinthians no Serra Dourada

    Janderson faz o seu primeiro gol pelo time profissional do Corinthians

    ver detalhes
  • Timão bateu o Botafogo em casa por 3 a 0

    Corinthians vence o Botafogo e terá Majestoso pela frente no Brasileiro Sub-20

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians costuma levar bons públicos à Arena

    Para onde vai o dinheiro que a Fiel gasta com segundo ingresso mais caro do Brasil

    ver detalhes
  • Jogadores do Sub-23 do Corinthians e do Sub-20 do Canaã posam no CT da base do Timão

    Sub-23 do Corinthians perde amistoso contra time que se prepara para primeira Copinha

    ver detalhes
  • Araos está emprestado à Ponte Preta até o fim da temporada

    Araos quase faz golaço em estreia na Ponte Preta e ganha atenção na imprensa chilena

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: