Roberto de Andrade não vê problema em campanha de reativação de sócios às vésperas da eleição

1.2 mil visualizações 28 comentários

Por Meu Timão

Roberto de Andrade permanecerá à frente do Corinthians até fevereiro

Roberto de Andrade permanecerá à frente do Corinthians até fevereiro

Marcelo Machado/Ag. Corinthians

Assim como Andrés Sanchez, o atual presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, disse não ver problema na campanha de reativação de sócios iniciada pelo clube na última sexta-feira, a cerca de dois meses da eleição que elegerá seu sucessor.

Qualquer sócio em situação de inadimplência tem direito a 50% de desconto na taxa de reativação do título. Segundo comunicado divulgado pelo site oficial do Timão, o interessado também terá de efetuar o pagamento da mensalidade referente ao mês de janeiro.

O imbróglio, contudo, é que a promoção promovida pelo Corinthians tem sido utilizada para comprar votos para a eleição presidencial, marcada para 3 de fevereiro de 2018. Em áudio obtido pela reportagem do Meu Timão no domingo, o secretário geral do clube, Antônio Jorge Rachid Júnior, garante ser possível regularizar sócios em troca de votos dos mesmos para o conselheiro Paulo Garcia, pré-candidato.

Para Roberto de Andrade, a campanha não configura falta de ética. "Serve a todos, né? Seria antiético se servisse a um candidato. Serve a todos", afirmou o dirigente em fala reproduzida pelo portal GloboEsporte.com.

Leia também:
Protagonismo no Brasil, base 100% do clube, Arena Corinthians... Citadini fala ao Meu Timão
Oposição desde sempre, Romeu Tuma Jr. fala ao Meu Timão: 'Não faço promessas, assumo compromissos'

A declaração de Andrade corrobora a opinião de Andrés Sanchez, um dos quatro candidatos confirmados à cadeira de presidente. O deputado federal (PT-SP) assegura não ter comprado votos, mas que tal permuta acontece "há 107 anos".

Por fim, Andrade também disse que jamais quitou débitos de associados por votos com o objetivo de ser eleito. "Na eleição que eu participei, não houve isso (candidatos reativando sócios). Nas anteriores, não sei te falar", concluiu.

Consequências – Já há um movimento no Parque São Jorge para que sócios reativados por meio da promoção não tenham direito a voto no pleito. O caso deve ser analisado nos próximos dias.

Veja mais em: Eleições no Corinthians, Presidentes, Parque São Jorge e Roberto de Andrade.

Veja Mais:

  • Duilio Monteiro Alves venceu Augusto Melo e Mario Gobbi nas eleições presidencias do Corinthians

    Conheça o histórico e a trajetória de Duilio Monteiro Alves, o novo presidente do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians conquista o bicampeonato da Supercopa de Futsal

    Corinthians repete roteiro da semifinal, supera Pato e é Bicampeão da Supercopa de Futsal

    ver detalhes
  • Duílio é o novo presidente do Corinthians

    Duílio Monteiro Alves vence eleição e é o novo presidente do Corinthians; oito chapas foram eleitas

    ver detalhes
  • Cássio voltou a treinar no CT Joaquim Grava; Corinthians encara Fortaleza na quarta-feira

    Com presenças de Cássio e Ramiro, Corinthians faz segundo treino para enfrentar o Fortaleza

    ver detalhes
  • Mario Gobbi teve o voto de 783 sócios do Corinthians

    Mario Gobbi agradece apoio dos sócios do Corinthians e parabeniza Duilio Monteiro Alves

    ver detalhes
  • As oito chapinhas mais votadas serão parte do Conselho Deliberativo no triênio 2021-2023

    Conselho Deliberativo do Corinthians racha ao meio após eleição; vitalícios serão fiel da balança

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: