Campeão brasileiro pelo Corinthians pagava a Romarinho 50 reais por assistência em 2009

Campeão brasileiro pelo Corinthians pagava a Romarinho 50 reais por assistência em 2009

Por Meu Timão

Lincom fez parte do elenco corinthiano que venceu o Brasileirão de 2015

Lincom fez parte do elenco corinthiano que venceu o Brasileirão de 2015

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Uma inusitada história marcou o passado "pré-Corinthians" dos atacantes Romarinho e Lincom. E a revelação foi feita apenas nesta terça-feira, em entrevista concedida pelo ex-camisa 31 do Timão e hoje destaque do Al-Jazira ao jornal espanhol El País.

No bate-papo com a jornalista Eleonora Giovio, Romarinho relembrou alguns detalhes de sua trajetória pela interior de São Paulo antes de ser contratado pelo Corinthians. Uma das histórias está relacionada a sua passagem pelo Rio Branco, onde jogou com Lincom em 2009.

De acordo com Romarinho, Lincom pagava R$ 50 para cada assistência recebida do colega que resultasse em gol. O incentivo ajudava o primeiro a se especializar como garçom; e o segundo, artilheiro. De quebra, o xodó corinthiano incrementava seu salário, que era de apenas R$ 500.

Três anos depois, contudo, a vida de Romarinho daria um salto sem precedentes: o atacante nascido na pequena cidade de Palestina, de 11 mil habitantes, foi contratado pelo Corinthians do técnico Tite após passagem de destaque pelo Bragantino. O roteiro a Fiel já conhece: gols contra Palmeiras, Boca Juniors & cia., além dos títulos da Libertadores (2012), do Mundial de Clubes (2012), do Paulistão (2013) e da Recopa Sul-Americana (2013).

Romarinho marcou o gol do Corinthians na primeira final contra o Boca

Romarinho marcou o gol do Corinthians na primeira final contra o Boca

Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Em tempo: aos mais esquecidos, não custa lembrar que Lincom defendeu o Corinthians nos últimos meses de 2015. Ele foi contratado do Bragantino e integrou o elenco hexacampeão brasileiro daquela temporada, tendo disputado três jogos com a camisa alvinegra. Jogou no São Caetano e no Brasil de Pelotas em 2017. No ano que vem, atuará pelo Santo André.

Veja mais em: Ex-jogadores do Corinthians e Ídolos do Corinthians.

Veja Mais:

  • Vice-presidente no início dos anos 2000, Citadini é candidato nas eleições de fevereiro

    Citadini condena submissão do Corinthians à CBF e promete ir à Fifa por mudança no estatuto

    ver detalhes
  • Mateus Vital fará estreia no Corinthians logo como titular

    Vital, Pedrinho & cia: Corinthians rejuvenesce para jogo desta quarta e empolga Fiel

    ver detalhes
  • Corinthians e São Paulo se reencontram neste sábado, no Pacaembu

    Torcedores do São Paulo já se preocupam com clássico contra Corinthians; veja tweets

    ver detalhes
  • Mateus Vital será titular do Corinthians e fará assim sua estreia com a camisa alvinegra

    Carille muda todo o ataque e define Corinthians para pegar Ferroviária; Vital estreia

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes