Vereador primo de candidato do Corinthians propõe R$ 350 milhões de incentivo à Arena

Vereador primo de candidato do Corinthians propõe R$ 350 milhões de incentivo à Arena

Por Meu Timão

Arena Corinthians pode receber mais incentivos da prefeitura de São Paulo

Arena Corinthians pode receber mais incentivos da prefeitura de São Paulo

Foto: Bruno Teixeira Rolo

Uma emenda de plenário que pode beneficiar o Corinthians - mais precisamente a Arena - está sendo discutida na Câmara Municipal de São Paulo. O vereador Eduardo Tuma (PSDB) apresentou a proposta de pagamento de R$ 350 milhões à Caixa em CIDs (Certificados de Incentivo ao Desenvolvimento) pela prefeitura, em 2018, para ajudar a pagar o estádio.

A informação foi publicada pelo jornal Folha de S.Paulo.

Apesar de desagradar a Secretaria de Finanças da Prefeitura de São Paulo, a proposta foi aprovada em primeira votação. Até o fim da semana, deve ser analisada novamente pelos vereadores. Se aprovada, entrará no orçamento municipal e assim será encaminhada para análise do prefeito João Dória (PSDB).

Importante destacar: Eduardo Tuma é primo de Romeu Tuma Júnior, conselheiro do Corinthians e candidato à presidência do clube no pleito do próximo mês de fevereiro, no Parque São Jorge. Assim, há quem considere a proposta do vereador uma manobra inconstitucional - violaria a impessoalidade, um dos cinco princípios explícitos na carta magna sobre administração pública.

Também vale mencionar que o Corinthians recebeu R$ 420 milhões em CIDs da prefeitura em contrapartida aos benefícios que a construção da Arena gerou na Zona Leste. Atualmente, com correção e juros, tal montante está avaliado em R$ 490 milhões de acordo com o clube. Ou seja, caso a emenda de Eduardo Tuma seja aprovada em todos os trâmites exigidos pela lei, o Timão conseguiria vender R$ 350 milhões desses R$ 490 milhões.

Em tempo: apesar de possuir os tais R$ 420 milhões em CIDs, o Corinthians só conseguiu reverter algo próximo de R$ 50 milhões desse montante em dinheiro. Isso porque os referidos papéis não vêm sendo muito procurados no mercado - na prática, uma empresa, por exemplo, compra tais títulos em troca da isenção de impostos.

Veja mais em: Presidentes e Arena Corinthians.

Veja Mais:

  • Sob comando de Coelho, Timãozinho cai nas oitavas da Copinha

    Falhas individuais custam caro, e Corinthians é eliminado da Copinha

    ver detalhes
  • Superado pelo Avaí, o Timãozinho deu adeus à Copinha de 2018

    Em partida sem craques, Fiel não perdoa Corinthians por eliminação na Copa São Paulo de 2018

    ver detalhes
  • Bilu esconde choro após derrota do Timão para o Avaí

    Corinthianos deixam campo às lágrimas após queda na Copinha; Coelho: 'Perdemos para nós mesmos'

    ver detalhes
  • Alessandro é homem forte do futebol corinthiano neste início de 2018

    Alessandro abre o jogo sobre Henrique Dourado e busca do Corinthians por camisa 9

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes