Reunião definirá situações de diretores dissidentes; contratações podem ser impactadas

Reunião definirá situações de diretores dissidentes; contratações podem ser impactadas

Presidente vai definir na tarde desta quinta-feira a saída ou não de Flávio Adauto

Presidente vai definir na tarde desta quinta-feira a saída ou não de Flávio Adauto

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Marcada para a tarde desta quinta-feira, uma reunião do presidente Roberto de Andrade com Flávio Adauto e Emerson Piovezan definirá a situação dos dois diretores que, respectivamente, comandam os departamentos de futebol e financeiro. O encontro acontecerá no Parque São Jorge.

A intenção é de que seja tomada uma decisão definitiva sobre a dupla, anunciada nas últimas horas como candidatos aos cargos de primeiro e segundo vice da chapa de Paulo Garcia, que tentará chegar à presidência do Corinthians pela quarta vez nos últimos dez anos.

Leia também:
Andrés Sanchez pode perder foro privilegiado se cumprir promessa de campanha no Corinthians
Dentinho publica fotos de 'poker alvinegro' com ex-goleiro do Corinthians e mesa personalizada

A tendência é que ambos sejam desligados de suas funções, evitando assim ocupar cargos importantes na atual gestão sendo candidatos da oposição contra Andrés Sanchez, representante situacionista e apoiado pelo próprio Roberto de Andrade.

"Vamos sentar e conversar. O que o Roberto achar melhor será feito. Queremos que seja tudo feito da maneira mais tranquila possível, sem maiores complicações. Vamos pensar no que for melhor para o nosso clube", afirmou Flávio Adauto, em entrevista ao Meu Timão.

Por mais que as partes neguem ou tentem minimizar, a saída do diretoria de futebol causaria impacto no planejamento do futebol corinthiano para a temporada 2018. Adauto e Alessandro Nunes (gerente de futebol) são os únicos que têm autonomia para negociar com outros clubes. A dupla trouxe Junior Dutra e Renê Júnior, além de manterem conversas diária na tentativa de Tréllez e outros.

Veja mais em: Roberto de Andrade e Flávio Adauto.

Veja Mais:

  • Vice-presidente no início dos anos 2000, Citadini é candidato nas eleições de fevereiro

    Citadini condena submissão do Corinthians à CBF e promete ir à Fifa por mudança no estatuto

    ver detalhes
  • Mateus Vital fará estreia no Corinthians logo como titular

    Vital, Pedrinho & cia: Corinthians rejuvenesce para jogo desta quarta e empolga Fiel

    ver detalhes
  • Corinthians e São Paulo se reencontram neste sábado, no Pacaembu

    Torcedores do São Paulo já se preocupam com clássico contra Corinthians; veja tweets

    ver detalhes
  • Mateus Vital será titular do Corinthians e fará assim sua estreia com a camisa alvinegra

    Carille muda todo o ataque e define Corinthians para pegar Ferroviária; Vital estreia

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes