Conselheira é vetada da chapa de Andrés Sanchez no Corinthians e alega machismo: 'Fiquei sem chão'

Conselheira é vetada da chapa de Andrés Sanchez no Corinthians e alega machismo: 'Fiquei sem chão'

Por Lucas Faraldo e Rodrigo Vessoni

Semana passada, chapa de Andrés Sanchez havia prometido duas mulheres na diretoria

Semana passada, chapa de Andrés Sanchez havia prometido duas mulheres na diretoria

Foto: Reprodução/Instagram

A possibilidade de o Corinthians ter a vice-presidência compartilhada por duas mulheres no triênio 2018/19/20 em caso de vitória da chapa da situação foi aparentemente por água abaixo. Ao menos de acordo com uma mensagem da conselheira Maria Lourdes Jacob Mattavo, que circula pelas redes sociais nas últimas horas - a autoria do texto foi checada pela reportagem do Meu Timão.

O plano de duas mulheres assumirem os cargos de 1ª e 2ª vice-presidências do Corinthians partiu do grupo Renovação & Transparência, que tem Andrés Sanchez como candidato A chapa situacionista, na semana passada, havia prometido colocar na diretoria as conselheiras Edna Murad Hadlik e Maria de Lourdes Jacob Mattavo.

Leia também: Reunião definirá situações de diretores dissidentes; contratações podem ser impactadas

O problema é que, segundo Lourdes, houve uma espécie de veto, no Parque São Jorge, à delegação dos cargos da vice-presidência a duas mulheres. Assim, uma delas teria de abrir mão - Edna segue na chapa; Lourdes é quem dá fica de fora. Andrés Sanchez ainda não confirma oficialmente o veto à conselheira.

"Me foi comunicado que, devido a questões de duas mulheres como vice-presidentes em um clube de futebol ser inadmissível, fui cortada da chapa. Confesso que na hora me senti chateada, triste com o que havia acontecido. De certo modo fiquei sem chão. Hoje, percebi que estes acontecimentos me ensinaram muito. Que na política todos são descartáveis em nome do poder e que o futebol infelizmente ainda é extremamente machista no Brasil", escreveu.

"Visto isso, por enquanto me afastarei da política do clube, e peço por gentileza que momentaneamente respeitem meu espaço evitando tocar no assunto. Mas nunca se esqueçam, a luta não para. E que sempre aconteça o melhor ao Corinthians", completou.

Confira o texto de Lourdes na íntegra

A vida é surpreendente, às vezes precisamos de alguns choques para compreender a realidade e evoluirmos como seres humanos. Pois bem, como muitos sabem e de acordo como anunciado na mídia, fui convidada a concorrer pelo cargo de 2ª Vice-Presidente do Corinthians na próxima gestão, ao lado do Andrés Sanchez. Após certa insistência e pensando no bem do clube, aceitei a proposta com alegria, pois eu via muitas oportunidades de contribuir com algo que faz parte da minha vida há 40 anos. No entanto, no dia de ontem, me foi comunicado que devido a questões de duas mulheres como vice presidentes em um clube de futebol ser inadmissível, fui cortada da chapa. Confesso que na hora me senti chateada, triste com o que havia acontecido. De certo modo fiquei sem chão. Hoje, percebi que estes acontecimentos me ensinaram muito. Que na política todos são descartáveis em nome do poder, e que o futebol infelizmente ainda é extremamente machista no Brasil. Visto isso, por enquanto me afastarei da política do clube, e peço por gentileza que momentaneamente respeitem meu espaço evitando tocar no assunto. Mas nunca se esqueçam, a luta não para. E que sempre aconteça o melhor ao Corinthians.

Veja mais em: Andrés Sanchez, Presidentes e Parque São Jorge.

Veja Mais:

  • Sob comando de Coelho, Timãozinho cai nas oitavas da Copinha

    Falhas individuais custam caro, e Corinthians é eliminado da Copinha

    ver detalhes
  • Superado pelo Avaí, o Timãozinho deu adeus à Copinha de 2018

    Em partida sem craques, Fiel não perdoa Corinthians por eliminação na Copa São Paulo de 2018

    ver detalhes
  • Bilu esconde choro após derrota do Timão para o Avaí

    Corinthianos deixam campo às lágrimas após queda na Copinha; Coelho: 'Perdemos para nós mesmos'

    ver detalhes
  • Alessandro é homem forte do futebol corinthiano neste início de 2018

    Alessandro abre o jogo sobre Henrique Dourado e busca do Corinthians por camisa 9

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes