Carille cumpre promessa, vai à residência de torcedor do Corinthians e emociona familiares

27 mil visualizações 111 comentários Comunicar erro

Carille foi até a casa de Juliano na cidade de Sertãozinho

Carille foi até a casa de Juliano na cidade de Sertãozinho

Reprodução/Instagram

Juliano César de Oliveira, de 29 anos, é portador de Distrofia Muscular de Duchenne, doença genética de caráter degenerativo e incapacitante. Morador de Sertãozinho, cidade onde Fábio Carille cresceu, Juliano tem no futebol, no Corinthians e no treinador seus motivos diários de divertimento, distração e confortamento pela doença que o fez começar a perder os movimentos das pernas e dos braços aos sete anos e o próprio pai que, ao saber da confirmação da doença, o abandonaria aos 14 anos - Luzia, sua mãe, é quem sempre esteve ao seu lado.

O treinador corinthiano soube da história de Juliano no último dia 23 de novembro, em meio à reta final do Brasileirão. A história chegou a Carille por meio de Beatriz Braz, prima da fisioterapeuta que cuida diariamente do torcedor. Como acontece em toda cidade pequena do interior, conseguir o número de telefone foi tão fácil e rápido quanto a própria resposta do treinador. No dia seguinte, por meio de um vídeo, o ex-auxiliar prometeu: 'Nas férias, quando eu estiver na cidade, vamos nos encontrar. Pode esperar...'.

E a promessa foi cumprida. No fim da tarde desta quarta-feira, Carille foi até a residência do torcedor que evita sair de casa por receio de lugares com aglomerações. Juliano assistia a um jogo do Campeonato Inglês na ESPN Brasil quando Beatriz e outras pessoas entraram na sala e perguntaram se o mesmo estava pronto para ir ao encontro do seu ídolo no Corinthians e na própria cidade. Carille ficou escondido para surpreendê-lo (vídeo abaixo).

Carille, então, apareceu, o cumprimentou e, de cara, o questionou se aquele jogo na televisão era ao vivo, já que acontecia perto do Natal. Durante cerca de 10 minutos, o papo rolou solto. Como não poderia ser diferente, o futebol e o Corinthians foram os temas. Com direito a uma discussão em torno da idade de Ángel Romero.

Enquanto Carille garantia que o paraguaio tinha 27 ou 28 anos, Juliano mostrava segurança na informação que o atacante do Timão tinha menos de 26 anos.

'O Romero tem menos de 26 anos, Fábio'.

'Eu acho que não, hein. Ele tem 27 ou 28 anos'.

'Não, Fábio. Tenho certeza: ele tem menos de 26'.

Beatriz Braz, então, pegou o celular, entrou na internet e deu o veredicto: Romero tem 26 anos, Juliano estava correto e Carille equivocado. Todos riram.

'Ele ama futebol e sabe tudo do Corinthians, placares dos jogos, até a idade dos jogadores. O Fábio é maravilhoso, foi um querido de ter ido lá, foi emocionante para todos nós. É Fábio é gente como a gente', contou a biomédica, em conversa com a reportagem do Meu Timão.

Outro momento inusitado foi quando Carille perguntou se gostaria de ganhar uma camisa do Corinthians. Ao ser questionado qual número seria mais legal, Juliano respondeu:

'G, tamanho G'.

Carille, então, corrigiu e pediu que o torcedor escolhesse o número atrás da camisa.

'Tem a 12? Queria a do Jô, mas ele foi para o Japão. Então, quero a 12'.

'Você gosta do Cássio, é?'

'Sim, gosto. Queria a do Jô, mas ele foi embora. Então, quero a 12 do Cássio'.

Carille, então, prometeu que assim que assim que voltasse das férias (dia 3 de janeiro) enviaria a camisa do goleiro titular até a casa do torcedor na cidade de Sertãozinho.

Veja mais em: Fábio Carille e Torcida do Corinthians.

Veja Mais:

  • Marllon deve formar dupla com Bruno Méndez no embate com o Cruzeiro no sábado

    Corinthians se reapresenta, e Carille prepara zaga reserva para jogo contra o Cruzeiro

    ver detalhes
  • Corinthians não conseguiu forçar terceiro jogo final no torneio estadual

    Corinthians perde força nos dois últimos quartos e fica com o vice do Paulista de Basquete

    ver detalhes
  • Jogador tem passagens pela Seleção Brasileira

    Zagueiro com passagem pela Seleção Brasileira diz que sonha em jogar no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcedor foi agredido em frente à sub-sede da Torcida Jovem por passar pelo local com camisa do Corinthians

    Torcedor do Corinthians é agredido por integrantes de organizada do Santos

    ver detalhes
  • Vic Albuquerque durante comemoração do primeiro gol da vitória corinthiana

    Corinthians supera colombianas na Libertadores Feminina e encaminha vaga para próxima fase

    ver detalhes
  • Momento em que Dudu, do Goiás, toca na bola com o braço

    'Zerado' no primeiro semestre, Corinthians chega ao quarto pênalti em 2019; veja curiosidades

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: