'Caso Gilberto' e atrito político: por que Corinthians ainda pode contratar Henrique Dourado

'Caso Gilberto' e atrito político: por que Corinthians ainda pode contratar Henrique Dourado

Por Meu Timão

85 mil visualizações 326 comentários Comunicar erro

Henrique Dourado ainda pode reforçar Corinthians em 2018

Henrique Dourado ainda pode reforçar Corinthians em 2018

Foto: Lucas Merçon/Fluminense F.C.

Apesar de o presidente Roberto de Andrade ter anunciado a desistência das tratativas por Henrique Dourado, o Corinthians ainda pode contratar o centroavante do Fluminense. Em reportagem publicada nesta terça-feira, o portal GloboEsporte.com listou os motivos.

A principal razão pela qual Dourado pode voltar à pauta corinthiana é o "caso Gilberto". A busca pelo atacante ex-São Paulo se tornou prioridade no Corinthians a pedido de Roberto de Andrade. O problema é que a rejeição da torcida alvinegra, que chegou até mesmo à página do atleta na Wikipédia, já faz muita gente de dentro do clube repensar a possível contratação.

Leia também:
Entenda por que o Corinthians volta a abrir as portas para Emerson Sheik
Tevez traça futuro até aposentadoria e acaba com chances de retorno ao Corinthians
Clube português entra na disputa com Corinthians pelo atacante Gilberto, diz site

Na medida em que a negociação com Gilberto se torna cada vez mais complicada, Dourado volta a surgir como opção para preencher a lacuna deixada pela venda de Jô. Os dois últimos, afinal de contas, dividiram a artilharia do último Brasileirão com 18 gols cada um.

E um racha político pode interferir na eventual retomada das conversas: Andrés Sanchez e Roberto de Andrade, aliados na chapa situacionista, já não se entendem tão bem nos bastidores do Parque São Jorge. O ex-presidente e atual candidato é favorável à contratação de Dourado e até mesmo fez um telefonema nos últimos dias para o presidente do Fluminense, Pedro Abad. Há quem acredite num final feliz nas negociações com o clube carioca mesmo que apenas após a eleição presidencial do Timão - marcada para 3 de fevereiro.

Leia também:
Citadini rebate impugnação, ataca Conselho e promete ir às últimas instâncias
Citadini tem candidatura à presidência do Corinthians impugnada

Em tempo: a primeira proposta colocada sobre a mesa pelo Corinthians foi de cerca de R$ 8 milhões por 50% dos direitos econômicos de Dourado. O jogador já teria acertado as bases de salários, luvas e premiações com o Timão. Resta o Fluminense aceitar a oferta.

Vale lembrar que a estreia do Corinthians no Campeonato Paulista acontece já na noite desta quarta-feira, contra a Ponte Preta, no estádio do Pacaembu. Ainda sem um substituto para Jô, o Timão deve ter Kazim como titular, a exemplo do que aconteceu nos jogos da Florida Cup na semana passada.

Veja mais em: Mercado da bola, Andrés Sanchez e Roberto de Andrade.

Veja Mais:

  • Corinthians de Romero foi derrotado pelo Grêmio por 1 a 0 no fim do primeiro turno

    Cruzeiro só empata, Corinthians mantém posição, mas vê distância para o G6 aumentar

    ver detalhes
  • Fessin anotou o único gol do Corinthians no José Liberatti

    Com goleiro Filipe, Corinthians sai atrás, empata, mas é superado pelo Palmeiras no Paulista Sub-20

    ver detalhes
  • Corinthians caiu para o Grêmio, na Arena Corinthians

    Corinthians chega a 16 derrotas em 2018; falta uma para igualar pior temporada nesta década

    ver detalhes
  • Time comandado por Arthur Elias conquistou nova vitória na temporada de 2018

    Cacau sai do banco, marca golaço e dá vitória ao Corinthians feminino fora de casa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes