Após notícia de colunista, Corinthians confirma valor real da venda de Jô ao Japão

Após notícia de colunista, Corinthians confirma valor real da venda de Jô ao Japão

Por Meu Timão

76 mil visualizações 588 comentários Comunicar erro

Jô foi vendido pelo Corinthians ao futebol japonês neste começo de 2018

Jô foi vendido pelo Corinthians ao futebol japonês neste começo de 2018

Divulgação

A transferência do centroavante Jô para o Nagoya Grampus, do Japão, firmada pelo Corinthians nos primeiros dias de 2018, não rendeu e nem renderá 10 milhões de euros aos cofres alvinegros. Segundo informação revelada pelo blog do Juca Kfouri e confirmada pelo gerente de futebol Alessandro Nunes, a transferência foi fechada por 10 milhões de dólares.

A divergência sobre qual a moeda utilizada na transação entre Corinthians e Nagoya não é nada animadora ao clube brasileiro: dos R$ 39,5 milhões divulgados inicialmente, o valor a ser embolsado pelo Timão pelo artilheiro do Campeonato Brasileiro de 2017 sequer ultrapassa R$ 32 milhões – “prejuízo” de R$ 7 milhões.

O desencontro de informações não para por aí. Ainda de acordo com a última publicação de Juca Kfouri, o Corinthians pagou 3 milhões de dólares (R$ 9,5 milhões) de comissão a empresários pela negociação. A quantia seria acima da taxa de 10% praticada no mercado da bola.

Leia também:
Alessandro abre o jogo sobre Henrique Dourado e busca do Corinthians por camisa 9
Corinthians anuncia Mateus Vital, quarta contratação para 2018

Em entrevista coletiva concedida na noite desta terça-feira, no CT Joaquim Grava, Alessandro confirmou que a ida de Jô ao Japão foi selada em dólares, não euros. Em contrapartida, o homem forte do futebol corinthiano disse desconhecer a quantia repassada a agentes.

“O Jô foi vendido por 10 milhões de dólares. A comissão é padrão, não sei te precisar, mas o valor é praxe, 10% do valor total. Eu estou dizendo que o Jô foi vendido por 10 milhões de dólares, se existe outra composição, eu desconheço. O que tem a mais para ser esclarecido, tem que falar com financeiro. Desconheço (comissão de 3 milhões de dólares)”, limitou-se.

Em suma: o Corinthians recebeu algo próximo de R$ 22 milhões pelo craque do último Brasileirão.

Veja mais em: , Mercado da bola, Alessandro e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Na segunda partida da temporada, Corinthians de Carille já conheceu o sabor da derrota

    Corinthians marca no início, mas leva virada e sofre primeira derrota no Campeonato Paulista

    ver detalhes
  • Gustagol sobe de cabeça contra zaga do Guarani; camisa 19 é ponto alto do Timão

    Gustagol é eleito craque, e trio de defensores decepciona na primeira derrota do Corinthians em 2019

    ver detalhes
  • Argentino Mauro Boselli já treina com bola e pode estrear no fim de semana

    Carille é cauteloso, mas não descarta estreia de Boselli contra Ponte Preta

    ver detalhes
  • Arana voltou a atuar pelo Sevilla, mas segue na mira do Corinthians

    Duílio garante que rumo das negociações não mudam após Arana voltar a atuar pelo Sevilla

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes