'Clássico é clássico': Jadson se põe à disposição para pegar Ferroviária, mas já pensa no Majestoso

1.7 mil visualizações 29 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Jadson quer estar em campo no primeiro clássico contra o São Paulo em 2018

Jadson quer estar em campo no primeiro clássico contra o São Paulo em 2018

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

O meia Jadson foi o centro das atenções no Corinthians nesta segunda-feira. Autor de dois gols na vitória por 4 a 0 sobre o São Caetano, o meia foi escolhido para conceder entrevista coletiva à imprensa após o treino da tarde. Entre diversos assuntos, o camisa 10 comentou a possibilidade de ser preservado da partida de quarta-feira, contra a Ferroviária, que antecederá o primeiro Majestoso de 2018.

“Não sei o que o Carille fará no trabalho de amanhã (terça-feira), vi que na entrevista ele falou que terá mudanças. Amanhã ele deve conversar com o grupo. Independentemente de quem estiver em campo, temos que buscar a vitória”, afirmou Jadson.

Como antecipou o Meu Timão, a ideia de Carille é mandar a campo contra a Ferroviária um time misto, já que não haverá tempo hábil para recuperação. Dessa maneira, aqueles atletas considerados titulares terão a semana cheia antes do clássico diante do São Paulo, sábado, no Pacaembu.

“Sempre quero jogar, mas a comissão técnica e o pessoal têm o pensamento de poupar ou não. Contra o São Paulo, pode ser Paulista ou Brasileiro, mas clássico é clássico. Espero que possamos vencer”, valorizou o meio-campista, que já projeta o embate do fim de semana:

Por ser um clássico, é sempre importante (vencer). Independentemente de qual time seja, entrar e vestir a camisa do Corinthians, é um orgulho enorme. Esse é um jogo grande, que todo mundo quer jogar. Primeiro temos esse desafio contra a Ferroviária. Tomara que nossa equipe esteja bem e consiga a vitória”, disse.

Depois de perder pênalti na estreia do Corinthians no Paulista, Jadson foi decisivo e eleito um dos melhores em campo diante do São Caetano. Questionado sobre o que o torcedor pode esperar dele e da equipe de Fábio Carille, o armador traça paralelo entre 2018 e o ano passado.

“Pela grandeza da camisa, o Corinthians sempre entra como favorito, mesmo com a desconfiança por não ter contratado muitos jogadores. É mais pelo trabalho, a forma como a comissão leva os jogadores. Ano passado sofremos críticas e conseguimos dois títulos. Independentemente de ter contratação cara ou não, o importante é o grupo estar fechado e com objetivo de vencer”, concluiu.

O Corinthians enfrenta a Ferroviária nesta quarta-feira, às 19h30, no estádio do Pacaembu, pela terceira rodada do Campeonato Paulista.

Veja mais em: Jadson, Majestoso e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Em meio a crise, Fábio Carille seguirá no comando do Corinthians

    Diretor do Corinthians garante permanência de Fábio Carille

    ver detalhes
  • Corinthians foi superior, mas não soube converter suas chances em gol em Joinville

    Com briga no fim e vacilos, Corinthians sai atrás nas quartas da Liga Futsal

    ver detalhes
  • Com apenas 5,6, o volante Ralf foi eleito o melhor em campo pela Fiel

    Torcida do Corinthians poupa Ralf em noite de médias extremamente baixas; reserva é o pior em campo

    ver detalhes
  • Jogadoras do Corinthians Feminino se classificaram em primeiro lugar para as quartas de final

    Corinthians conhece adversário das quartas de final da Libertadores Feminina; saiba os detalhes

    ver detalhes
  • Corinthians leva a virada e perde para o Cruzeiro por 2 a 1 em Itaquera; Carille foi expulso no segundo tempo

    Corinthians não consegue afastar crise e perde de virada para o Cruzeiro pelo Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthians perdeu de virada para o Cruzeiro na noite deste sábado

    Com nova derrota, Corinthians pode terminar rodada fora do G6 do Brasileirão; veja tabela

    ver detalhes

Comente a notícia: