Rodriguinho não tira pressão do Corinthians após perdas: 'Somos o time a ser batido'

Rodriguinho não tira pressão do Corinthians após perdas: 'Somos o time a ser batido'

Por Meu Timão

2.5 mil visualizações 43 comentários Comunicar erro

Rodriguinho abraça Jô, vendido neste início de 2018; Arana também se foi

Rodriguinho abraça Jô, vendido neste início de 2018; Arana também se foi

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Embora atual campeão paulista e brasileiro, o Corinthians deixou de ser apontado como principal candidato a títulos em 2018 por parte da imprensa especializada. Muito em função das saídas de Pablo (fim do empréstimo), Guilherme Arana (vendido ao Sevilla) e Jô (vendido ao Nagoya Grampus), todos titulares do hepta. Ainda assim, Rodriguinho vê o Timão como time a ser batido nesta temporada.

Em entrevista ao programa FOX Sports Rádio nesta terça-feira, o meia corinthiano frisou que o clube se reforçou para manter-se no patamar que atingiu em 2017. A intenção da equipe alvinegra é brigar de igual para igual com os concorrentes (e rivais) e, consequentemente, colecionar novos troféus.

“Lógico, lógico que coloco (o Corinthians no mesmo patamar). O Palmeiras está contratando bastante, mas a gente também se reforçou, supriu as necessidades das saídas dos jogadores. Temos o Kazim, o Júnior Dutra que chegou, não sei ainda se a diretoria ainda tem a intenção de trazer outro centroavante. Mas a gente já vai vir forte da mesma forma e, falo mais uma vez, a gente é o time a ser batido. Esperamos fazer um grande ano”, avisou Rodriguinho.

“Com a saída de alguns, a gente acabou trazendo outros jogadores para suprir a necessidade. Com certeza, dá pra gente tentar fazer um ano maravilhoso. Já começamos com a confiança alta pelo que foi 2017, com os reforços chegando para nos ajudar, a gente espera repetir o ano de 2017 vitorioso para todos nós”, acrescentou o meio-campista.

Um dos principais nomes do atual elenco do Corinthians, Rodriguinho elegeu os times que devem fazer frente ao elenco de Fábio Carille na Série A, que terá início em meados de maio. Para ele, o arquirrival Palmeiras, até pelo investimento milionário que tem feito, é forte adversário, embora reitere a importância de não fazer lá tantas projeções antes de a bola rolar.

“Falando de Campeonato Brasileiro, existem muitos times que têm elencos de grandes nomes, por exemplo, Cruzeiro, Palmeiras, Flamengo... Vários times que você pode colocar no papel e ver que realmente são times que podem causar muitas dificuldades pra gente e ir muito bem no Campeonato Brasileiro. Mas só quando começar realmente que você pode afirmar com certeza a equipe que vem mais forte”, explicou.

Há quem aponte outra equipe paulista como “quarta força do Estado”: o Santos, que perdeu atletas como Lucas Lima e Ricardo Oliveira para Palmeiras e Atlético-MG, respectivamente. Experiente, o meia do Timão dá de ombros para o assunto e coloca o rival entre aqueles que têm condições de brigar por títulos.

“O Santos é sempre uma equipe que tem muita tradição, jogar na Vila é muito difícil. Temos que tomar cuidado e não podemos colocar o Santos de quarta força. É só quando começa que podemos ter uma ideia da equipe pode evoluir dentro da competição. Temos que ter cuidado com o Santos também”, completou.

Provavelmente sem Rodriguinho, o Corinthians volta a campo nesta quarta-feira, contra a Ferroviária, às 19h30, no estádio do Pacaembu. O duelo é válido pela terceira rodada do Paulistão.

Veja mais em: Rodriguinho, Campeonato Brasileiro e Dérbi.

Veja Mais:

  • Balbuena segue sem estender vínculo com o Corinthians

    Corinthians aciona Vampeta para tentar ajudar na renovação de Balbuena; pedida dos agentes assusta

    ver detalhes
  • Emerson Sheik participou do jogo-treino desta terça após atuar no segundo tempo do dia anterior

    Vital marca em jogo-treino, mas Corinthians faz repeteco e volta a empatar com Red Bull

    ver detalhes
  • Ralf foi apresentado pelo Corinthians no início da tarde desta terça-feira, no CT

    Apresentado, Ralf fala em 'momento de Gabriel', mas avisa: 'Vou buscar meu espaço'

    ver detalhes
  • Matheus Vidotto segue treinando separado do grupo do Corinthians

    Corinthians e agente de Vidotto costuram acordo; objetivo é evitar um 'novo Danilo Fernandes'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes