Companheiros de zaga elogiam Capixaba após assumir publicamente erro quase fatal

21 mil visualizações 67 comentários

Fagner elogiou Capixaba por ter assumido erro diante da Ferroviária

Fagner elogiou Capixaba por ter assumido erro diante da Ferroviária

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Recém-contratado no Corinthians, Juninho Capixaba quase foi responsável por um lance que mudaria o resultado da vitória alvinegra na noite desta quarta-feira. O lateral assumiu que tomou a decisão errada na escolha de perna no lance que quase resultou no segundo gol da Ferroviária - o atacante Hygor chegou a marcar, mas em posição de impedimento. Após a partida, Capixaba foi bastante elogiado por seus três companheiros de zaga no Timão.

Para Balbuena, que é um dos líderes do elenco, a atitude do camisa 6 é a prova que tem tudo para dar certo com a camisa do Corinthians.

"Faz parte. A melhor maneira de melhorar é reconhecer os erros. Ele sabe como tinha de ter ido, numa parecida certamente fará da maneira correta, é isso aí. Ninguém é perfeito, todo mundo pode cometer falhas. Tanto o Juninho quanto o Romão estão trabalhando forte para poder adquirir a filosofia da zona defensiva, com os treinamentos vamos conseguir na hora de defender", afirmou o defensor.

Leia também:
Paraná tenta empréstimo de dupla encostada por Carille no Corinthians
Clayson projeta Majestoso e evita 'escolher lado' na briga pelo comando de ataque do Corinthians
Com Sheik e Danilo, primeiro treino do Corinthians para o Majestoso tem coletivo só com reservas

Outro com larga experiência de Corinthians que saiu em defesa de Juninho Capixaba foi o lateral-direito Fagner. O camisa 23 acredita que a atitude de assumir o erro publicamente demonstra um crescimento do recém-chegado companheiro.

"Ele vem de uma outra escola, vai do período e do feeling de cada atleta, dentro de campo a gente vai tentando ajudar. Tem o pessoal do CIFUT (Centro de Inteligência de Futebol do clube) que pode mostrar materiais para ele para ir ajustando certos posicionamentos, certas decisões", lembrou.

"Mas vai muito do jogador também, de sentir algumas jogadas, o mais importante é ele ter reconhecido que poderia ter ido diferente. Isso já mostra um crescimento do atleta. E tenho certeza que logo ele está habituado a fazer aquilo que a linha de quatro está acostumada a fazer já faz um tempo", completou Fagner.

Balbuena e Pedro Henrique contra a Ferroviária

Balbuena e Pedro Henrique contra a Ferroviária

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Pedro Henrique, apesar de jovem, já fala com a experiência de quem vive a terceira temporada na equipe principal do Corinthians. O papo do zagueiro com Juninho Capixaba aconteceu minutos depois do apito final, ainda no vestiário do estádio do Pacaembu.

"São novos, têm pouco tempo de trabalho. O professor tem trabalhado muito com a linha de quatro e tenho certeza que, no final do jogo, a cabeça não pensa. Aliás, a cabeça pensa, mas o corpo não vai. Ele estava cansado ali, até falei para ele ir com a perna direita porque ele tiraria a bola com tranquilidade e ele acabou indo com a esquerda. Conversas... Ir conversando no dia a dia. Ele pegando essa linha de quatro que o Corinthians tem tão perfeita em todos os anos", lembrou o camisa 34, que completou:

"É conversar e trabalhar para melhorar. Foi isso que eu falei para ele no vestiário. Trabalhar na semana também porque tem muita coisa a melhorar, como eu tenho a melhorar, como o time tem a melhorar. É jogo a jogo, treino a treino, e ele vai melhorar", finalizou.

Veja mais em: Pedro Henrique, Balbuena, Fagner, Juninho Capixaba e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Banco BMG deve mudar as cores de seu logo no novo uniforme do Corinthians

    Patrocinador desafia torcida do Corinthians e condiciona logotipo preto e branco a novas contas

    ver detalhes
  • Corinthians ficou no empate por 1 a 1 com o Ituano no último compromisso antes da paralisação

    Governador de São Paulo indica prazo para anunciar retorno do Paulistão; saiba previsão

    ver detalhes
  • VÍDEO: Nova camisa do Corinthians não é só no futebol: olha essa história do Free Fire do Timão

    ver detalhes
  • Manhã foi de trabalhos coletivos no CT Joaquim Grava

    Tiago Nunes comanda trabalhos coletivos em reapresentação do Corinthians após folga; veja fotos

    ver detalhes
  • Gabriel Pereira vem treinando com os profissionais do Corinthians

    Técnico que trouxe Gabriel Pereira ao Corinthians analisa chegada do meia ao profissional

    ver detalhes
  • Elenco trabalha com bola desde a última quarta-feira

    Corinthians inicia segunda semana de trabalhos com bola no CT; relembre como foram primeiros dias

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: