Roberto de Andrade faz balanço positivo de mandato no Corinthians: 'Dou nota 10'

Roberto de Andrade faz balanço positivo de mandato no Corinthians: 'Dou nota 10'

Por Meu Timão

3.8 mil visualizações 129 comentários Comunicar erro

Roberto de Andrade está prestes a deixar seu cargo de presidente do Corinthians

Roberto de Andrade está prestes a deixar seu cargo de presidente do Corinthians

Rodrigo Vessoni/Meu Timão

Presidente do Corinthians desde 2015, Roberto de Andrade encerra seu mandato neste sábado, mesmo dia da eleição presidencial no clube. Depois de três anos à frente do Timão, o dirigente deixa o cargo com dois títulos do Campeonato Brasileiro e um Paulistão na bagagem. Para ele, o período é motivo de orgulho e uma nota generosa.

"Dou nota 10. Você concorda? Estou falando do mandato de presidente. Para mim, foi 10. Não precisa concordar. Nada depende do presidente, principalmente quando dá certo. Quando dá errado, é o filho da p... da vez", afirmou, em entrevista ao GloboEsporte.com.

"Conduzi o Corinthians com a maior seriedade possível. Como sempre agi com tudo o que se refere ao Corinthians. Isso me orgulha bastante", completou.

Leia também:
Andrés Sanchez não descarta volta de Guerrero: 'Não desrespeitou o Corinthians'
Com panfletagem e 'agrados', candidatos à eleição no Corinthians intensificam campanha no PSJ
Presidente de comissão do Corinthians sofre ameaças após impugnações de candidatos

Com o currículo que acumulou, Roberto se vê satisfeito, mas não imagina como será lembrado pelo torcedor alvinegro. Mesmo com os vários problemas políticos do período, chegando a encarar até um processo de impeachment, as memórias de mais lamentação são dentro de campo, com eliminações, derrotas e temporada (2016) sem erguer um caneco.

"Não tenho ideia de como serei lembrado. Depende de como você vai fazer a análise, depende do foco de quem for falar. Se for perguntar para o Neto, ele vai ter uma opinião. Para outro, ele vai dar outra. O importante é o que acho, o que sinto, e o que vou levar para casa. Fiz um trabalho honesto, sério, dedicado... E ainda ganhei títulos. Estou triste? Não!", frisou o presidente alvinegro.

"Quando a gente não conquista, é chateação. Eliminação, derrota, passar um ano sem conquistar nada, como em 2016. De três anos (na presidência), conquistamos títulos em 2015 e 2017. Podemos dizer que o saldo é bem positivo", concluiu.

Veja mais em: Roberto de Andrade e Eleições no Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians deu passo importante na luta pelas primeiras colocações do Brasileirão

    Rodada do Brasileirão chega ao fim com Corinthians mais perto dos líderes; veja classificação

    ver detalhes
  • Avelar publica foto no meio da torcida

    Danilo Avelar assiste vitória do Corinthians da arquibancada; jogador faz brincadeira no Twitter

    ver detalhes
  • Corinthians igualou recorde mundial de vitórias consecutivas

    Corinthians goleia Ferroviária e iguala recorde mundial de vitórias consecutivas

    ver detalhes
  • Mônica deixa o clube do Parque São Jorge após menos de quatro meses

    Mônica e Corinthians rescindem contrato e zagueira não defende mais as cores do Timão; entenda

    ver detalhes

Comente a notícia: