Romeu Tuma Jr. garante Alessandro, mas projeta mudança de estrutura na diretoria do Corinthians

2.5 mil visualizações 35 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Romeu Tuma Jr. imagina diretoria alvinegra com outra estrutura

Romeu Tuma Jr. imagina diretoria alvinegra com outra estrutura

Meu Timão / Larissa Lima

Neste sábado, os associados do Corinthians vão às urnas para decidir o presidente do clube pelos próximos três anos. Mais do que o cargo máximo, a tendência é que ocorram mudanças em outros setores. Um nome, porém, pode permanecer. Um dos cinco candidatos, Romeu Tuma Jr. garante que Alessandro, atual gerente de futebol, não deixará o Timão.

"Fica, claro. Tem que dar para ele assessor, dar condição de trabalho a ele. É uma coisa que eu quero conversar e ver se ele está bem-servido. Mas o modelo para mim é esse, e o presidente tem de dar respaldo", afirmou o candidato, em entrevista ao Lance!.

Leia também:
Corinthians anuncia nova patrocinadora para 2018; estreia será neste domingo
Pesquisa do Ibope aponta empate entre dois candidatos à presidência do Corinthians
Andrés Sanchez não descarta volta de Guerrero: 'Não desrespeitou o Corinthians'

Apesar da permanência do ex-lateral, nem tudo deve permanecer igual no Corinthians caso Romeu Tuma Jr. seja eleito. Isso porque o candidato prevê uma mudança na estrutura da diretoria alvinegra, com a inserção de um vice de futebol, tirando do diretor o "peso" máximo dentro da direção.

"Acho que tem que ter um diretor, um adjunto, um gerente e dar para o gerente mais um assessor. Mas tem de mudar algumas coisas. Na hora que você eleva o cargo de diretor para vice-presidente, fica mais transparente e não tem o apoio irregular no conselho", projetou.

"Além disso, quando tem reunião fora, mostra que há um vice-presidente representando o clube. Tem lá uma reunião, daí tem o vice de futebol do Boca, o vice do Flamengo, o vice do Palmeiras e o diretor do Corinthians. Os caras olham e pensam que o Corinthians não está dando importância por mandar um diretor. Mas daí você vai explicar que o diretor é o cargo máximo, está abaixo do presidente, para não achar que está menosprezando. Então, vou elevar o diretor para a condição de vice", completou.

Veja mais em: Eleições no Corinthians e Alessandro.

Veja Mais:

  • Dentinho comemora o gol contra o Botafogo - o gol de número 10 mil da história do Corinthians

    Autor de gol 10 mil do Corinthians, Dentinho revela palpite para quem será o dono do 11 mil

    ver detalhes
  • Janderson, Carlos, Vital e Pedrinho durante conversa com Andrés Sanchez

    Um mês após criticá-los, Carille apostou em 'meninos' suas últimas fichas no Corinthians

    ver detalhes
  • Arena Corinthians deve receber público razoável na noite de sábado

    Corinthians anuncia parcial de ingressos vendidos e dois setores esgotados contra o Cruzeiro

    ver detalhes
  • Marllon deve formar dupla com Bruno Méndez no embate com o Cruzeiro no sábado

    Corinthians se reapresenta, e Carille prepara zaga reserva para jogo contra o Cruzeiro

    ver detalhes
  • Símbolo foi utilizado em amistosos em 1916

    Departamento do Corinthians descobre símbolo usado pelo clube há mais de 100 anos

    ver detalhes
  • Corinthians não conseguiu forçar terceiro jogo final no torneio estadual

    Corinthians perde força nos dois últimos quartos e fica com o vice do Paulista de Basquete

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: